Advertisements
Anúncios

Banco Central se nega a dar detalhes de transações do Corinthians em paraísos fiscais

Recentemente, a FOLHA divulgou que o Corinthians realizou dez transações financeiras, totalizando US$ 2,1 milhões, no Panamá, conhecido paraíso fiscal.

O clube respondeu que tratava-se de pagamento para uma empresa, sediada no local, que seria proprietária do jogador Defederico.

Como dados, números e pagadores não batem com outras declarações oriundas da mesma diretoria, o Blog do Paulinho, amparado na Lei de Acesso a Informação, questionou o Banco Central sobre o assunto.

Pedimos detalhes, como destinatário, datas, e, se possível, documentos sobre as referidas transações.

Lamentavelmente, o BACEN negou-se, em resposta datada de ontem, a detalhar o procedimento.

Procedimento estranho para um órgão que deveria ser dos mais interessados em elucidar esse tipo de “mistério”.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: