Advertisements
Anúncios

Banco Central se nega a dar detalhes de transações do Corinthians em paraísos fiscais

Recentemente, a FOLHA divulgou que o Corinthians realizou dez transações financeiras, totalizando US$ 2,1 milhões, no Panamá, conhecido paraíso fiscal.

O clube respondeu que tratava-se de pagamento para uma empresa, sediada no local, que seria proprietária do jogador Defederico.

Como dados, números e pagadores não batem com outras declarações oriundas da mesma diretoria, o Blog do Paulinho, amparado na Lei de Acesso a Informação, questionou o Banco Central sobre o assunto.

Pedimos detalhes, como destinatário, datas, e, se possível, documentos sobre as referidas transações.

Lamentavelmente, o BACEN negou-se, em resposta datada de ontem, a detalhar o procedimento.

Procedimento estranho para um órgão que deveria ser dos mais interessados em elucidar esse tipo de “mistério”.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: