Advertisements

Antes de morrer, Sócrates comentou a omissão dos craques de 70

“Imaginem se no momento de sua derrubada (João Saldanha) seus comandados tivessem reagido e afrontado a decisão que veio de cima? Ou mesmo se um único atleta como Pelé houvesse se manifestado de forma clara contra todos os desmandos que atacavam a nossa juventude?”

SÓCRATES, em trecho de livro, ainda a ser lançado, escrito meses antes de sua morte

Advertisements

Facebook Comments

28 Responses to “Antes de morrer, Sócrates comentou a omissão dos craques de 70”

  1. Edu Says:

    Queria ver se o socrates ia abrir a boca naquela epoca……

  2. H@milton Says:

    Não da para esperar que o Pelé agisse como um Sócrates!
    Até pq não tinha cérebro para tanto.
    Omisso foi a vida inteira fora dos campos, como diz o Romário, é um poeta calado, acredito que ele tinha isso no sub consciente e se calava!
    Enquanto Sócrates lutava pela democracia onde estava Pelé?

  3. Ronaldo, A Orca Says:

    Paulinho,

    na copa de 82 houve algum manifesto da seleção contra a ditadura?

  4. Fernando Gentil Rodrigues Says:

    Tem algum pai por aqui,que gostaria que o Socrates,servisse de exemplo aos seus filhos…quero ver,ficar falando é facil…

  5. Euclides Says:

    Vivi nas duas épocas, a de Pelé e a de Sócrates. Duvido que Sócrates tivesse coragem de fazer em 1970 o que sugeriu a Pelé. Em 1982 já vivíamos o final de feira, era moda bater na ditadura, mas ai de quem desse um “piu” em 1970. Papel em branco aceita qualquer coisa, difícil é fazer.

  6. Mário Says:

    Sócrates…
    O mesmo sujeito que em um palanque no Centro de São Paulo, no “famoso dia do fico”, PROMETEU aos presentes que se votassem em favor das “DIRETAS”, o mesmo continuaria no Brasil, pois na época o jogador negociava com a Fiorentina e 2 meses depois se apresentou ao clube italiano!?

  7. Asiatico Says:

    Respeito muito o Sócrates pelo craque que foi, mas nessa, mais uma vez ele mostrou ser alguém que desconhece a história do futebol brasileiro. Segue abaixo um trecho retirado do site do Milton Neves com relato do PCV, um jornalista ético e imparcial:

    “De 4 de fevereiro de 1969 a 17 março de 1970, João Saldanha dirigiu a seleção brasileira de futebol. Teve mais erros do que acertos. Apesar do time caminhar bem nas eliminatórias e se classificar para a Copa de 70, no México, João se perdeu no meio do caminho. Em seu temperamento e, principalmente, em seu desequilíbrio. O jornalista Paulo César Vasconcelos acredita que isso foi ponto preponderante para a queda de Saldanha: “Ele saiu porque o processo de desgaste com os jogadores estava muito acentuado, e conseqüentemente, com a comissão técnica. Ele disse que o Pelé não poderia jogar a Copa porque estava cego. Ele tentou invadir o Retiro dos Padres pra dar um tiro no Yustrich (técnico do Flamengo). O fator determinante para a sua saída foi seu desequilíbrio”

    Como podemos ver no texto acima, o próprio João Saldanha não estava tendo uma boa relação com outros membros da seleção incluindo jogadores e comissão técnica. Somados a isso o auxiliar técnico da seleção batia boca com o Saldanha. Segue abaixo o que o João Havelange disse sobre o caso:

    ” Segundo João Havelange, então presidente da CBD, o esquema adotado por João Saldanha de dois pontas abertos (Jair e Edu) e o meio-campo desprotegido do Brasil, que adotava o esquema 4-2-4, não iria a lugar nenhum. Daí a demissão de João Saldanha e, depois de uma tentativa de se contratar Dino Sani, ele foi substituído por Mário Zagallo, ex-jogador de futebol e ganhador de duas copas: Copa do Mundo de 1958 e Copa de 1962, com seu tradicional e eficiente (na época) 4-3-3, montando a equipe com Félix; Carlos Alberto Torres, Brito, Piazza e Marco Antônio (depois Everaldo); Clodoaldo, Gérson e Rivelino; Jair, Tostão e Pelé.”

    Logo se nota que a relação João Saldanha – Seleção + esquema técnico não confiável = demissão de João Saldanha.

    A TV cultura até mostrou reportagens do Saldanha dizendo dos atritos com o Presidente Médici, mas aquilo não foi a razão principal da demissão do Saldanha que era comunista. Foi sugerida a convocação de Dadá que jogava um bolão, mas em nenhum momento o Presidene Médici disse que o demitiria, mesmo porque ele não tinha poder pra demitir e nem pensava nisso. A verdade que ele foi demitido porque a relação dele na seleção e o ciclo dele na seleção tinha acabado.

  8. Carlitus Says:

    Sócrates foi apenas um (mais um) ignorante escolarizado, seduzido pelo esquerdismo etílico.

  9. Terêncio Trindade Says:

    Imagino, inclusive que o Brasil poderia não ter sido campeão. Imagina isto. Sócrates é um grande ídolo e muito acima do padrão dos jogadores e de muito jornalista na dimensão intelectual. Mas vale para ele aquele ditado de que em terra de cego quem tem um olho é rei. Suas posições são super valorizadas. Em um mundo de gente intelectualizada seria apenas mais um.

  10. Asiatico Says:

    Esse Hamilton só fala bobagens baseando em clubismo. O Pelé foi atleta do século e foi o cara que participou dos três titulos mundiais na seleção, o que ele é hoje não apaga as contribuições que o Pelé fez nos campos.

    Sócrates foi um craque, porém, apesar da genialidade dele, ele foi incapaz de conseguir atingir a quantidade de títulos que Pelé, Gerson, e cia teve. Conseguiu ter alguns títulos regionais e só em nivel de clubes, na seleção não teve muitos títulos. Contudo, não apago as contribuições que ele fez na seleção contra a URSS, Argentina e tantos outros jogos memoráveis. Família do Sócrates é uma familia bem de vida que teve 2 craques um é o Sócrates e outro Rai que também foi um ícone no futebol, conquistando vários titulos no SP tanto em campos brasileiros como em campos da Europa, Japão, etc…

  11. Marcello Says:

    Outra época, completamente diferente, em 70 o bicho pegava. Quando Sócrates jogou a situação era outra, mesmo no governo do General Figueiredo. A anistia já estava em vigor, os exilados tinham voltado ao Brasil. O ambiente político estava sendo distendido, os costumes liberados. Os movimentos pós-anistia nunca lutaram contra a ditadura, aliás, muito marketeiro, como o Sr. Olivetto, se aproveitou da situação.

  12. Divanio Says:

    Concordo com você Ronaldo e repito a sua pergunta: ocorreu alguma manifestação dos jogadores da seleção de 1982?

  13. Sou Curintiano Corrupto e Pilantra Says:

    Apesar que o Pele ser o zero a esquerda fora de campo, o Socrates so falou da boca pra fora, hoje o Ronaldo Traveco esta fazendo pior, aliou-se a banda podre.

  14. Divanio Says:

    Vou mais recente: houve alguma manifestação do Sócrates contra os desmandos do molusco?

  15. Fred Says:

    Não torço pro time das Galinhas, mas respeito caras como Sócrates, o são paulino Casagrande, Wladimir entre outros q se posicionaram politicamente, formando a democracia corintiana que usaram sua fama e contribuiram mto pra redemocratização do nosso Brasil, lutando pelas diretas já….

    Onde estava Pele nesse periodo?? As noticias do Pele na época era do seu “romance” com a Xuxa q ele pagava e mto por sua companhia… Pra que reclamar?? rico, famoso e sempre andou de braços dados com o poder….Vidinha boa

    Pele era um genio dentro de campo. Fora dele, um babaca burro ignorante safado e vendido. “Um poeta calado”, como sempre disse o “profeta” Romário

  16. valmir Says:

    se os comunista assumissem o poder teriam implantado a ditadura do proletariado e o senhor sócrates teria mamado na teta, ou alguem acredita que os caras queriam democracia?

  17. Estéfano Says:

    O João Saldanha não agradava muitos jogadores, até mesmo o Tostão nunca negou a importância de Zagalo para a formação tática
    da equipe. Abs Paulinho.

  18. Leandro Says:

    Paulinho, dá uma olhada nessa notícia:

    http://www.istoe.com.br/reportagens/316231_NORA+PROTEGIDA?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

  19. H@milton Says:

    O pele, assim mesmo com letras minúsculas, nunca foi e nem será exemplo para ninguém! O que esperar de uma pessoa que não reconhece a própria filha?
    Sou pai de 3 filhos e SÓCRATES É UM EXEMPLO A SER SEGUIDO SIM! Médico de formação que infelizmente perdeu a luta contra essa DROGA LEGALIZADA que é o ÁLCOOL! Tirante isso o que falar desse CIDADÃO? Homem culto e sempre preocupado com os rumos políticos do pais e que jamais fugiu de suas responsabilidades. Lançou as bases para um novo tipo de jogador de futebol que infelizmente foi perdido devido ao ANALFABETISMO IMPERANTE EM TODOS OS SENTIDOS NO FUTEBOL!

    SÓCRATES, HOMEM, CIDADÃO E ÍDOLO! E NÃO SOMENTE DO CORINTHIANS(como pensa alguns APEDEUTAS DO BLOG), não sou eu quem estou dizendo, procurem por jornais, no dia de sua morte, em todo o mundo foi reconhecido pelo conjunto de sua OBRA!

  20. Divanio Says:

    Sou torcedor do Santos, mas ao primeiro jogo que assisti foi Corinthians e Palmeiras no ano de 1979, no Morumbi, para ver o Sócrates jogar. O admirava como jogador. Todos nós temos defeitos, inclusive o Doutor. Ele não deveria cobrar do Pelé o que ele não fez em 1982; além do mais ele não só bebia, como fumava cigarros e tinha um grande amigo chamado Casão; muita gente na Penha conhece este rapaz.

  21. Ronaldo, A Orca Says:

    Estéfano, o Tostão disse que ambos (zagallo e saldanha) foram importantes, mas veja o que ele falou do Saldanha:

    coluna do Tostão:

    Em outubro de 1969, fui operar o olho nos Estados Unidos. João foi ao aeroporto e afirmou, do seu jeito, aos repórteres: “Espero o Tostão se recuperar até no vestiário do dia do primeiro jogo”.

    Eu só fui convocado por causa do Saldanha. Fiquei seis meses totalmente parado, alguns médicos diziam que não voltaria a jogar. Iniciei os treinamentos para a Copa depois dos outros jogadores e tive de fazer uma preparação especial até o Mundial.

    Outro treinador não me convocaria. João me tratou como se eu fosse imprescindível, um Gerson, um Carlos Alberto.

  22. H@milton Says:

    Sócrates foi reconhecido como CIDADÃO e não apenas como jogador de futebol!
    É a prova incontestável que para ser ÍDOLO não precisou de títulos e sim de IDEAIS E IDÉIAS!

  23. edson dos Santos Says:

    Hamilton, corinthiano, despeitado e frustrado, não sabe nada de historia, nao viveu este periodo, portanto, não pode falar nada, que meter o pau no Pele? meta o pau no Rivellino antes, seu racista idiota, voce não tem reserva moral pra falar de Pele, um genio dentro das quatro linhas, gente como voce que mistura o Pelé ao Edson,um ser humano provavelmente não tão mediocre quanto voce, fez as escolhas que quis para a vida e não será agora um merda como voce a cagar regra.Crie seus filhos, pague seus impostos e contas em dia, que pra gente de inteligencia limitada como a sua já está bom demais.Racista idiota!!!

  24. H@milton Says:

    Racista que prática o CANDOMBLÉ!
    Essa é nova! Sou neto de negros e índios por parte da minha avó materna, hj estaria em qualquer faculdade devido minha cota de cor e raça e não teria a mínima vergonha disso, será que aceitariam minha cota para iniciar meu mestrado? Vou pesquisar!
    Não há padrão de cor de pele para a falta de caráter!
    O Brasil esta nessa situação devido pessoas com esse pensamento genial do edson santos, gênio dentro do campo e aí?
    O que fez além disso para aparecer na mídia?
    Inventou a Xuxa? Esse nem é um demérito!
    Agora tendo condições e não reconhecer uma filha, deve ser o tipo de gente que vc se mistura, que acredita que família deve ser igual cachorro, faz e larga! OMISSO e POETA CALADO, vá discutir com o Romário!
    Não caguei regra nenhuma, a verdade é que vc idolatra ídolos de pés de barro e sua inteligência o faz segui-lo só isso!
    Não tenho nenhuma razão para falar mal do Rivellino apesar de não ter feito nada pelo SCCP, não consta que seja um homem de caráter duvidoso!
    Sócrates foi e sempre será EXEMPLO DE CIDADANIA E SER HUMANO PREOCUPADO COM O PRÓXIMO!
    Já o pelé tenho muitas duvidas…

  25. alviverdesp Says:

    Bom, pode ser até que os jogadores de 1970 fossem apolíticos e omissos quanto à repressão e a ditadura militar, mas eles estavam lá para JOGAR BOLA…e COMO JOGARAM!!!!

  26. Estéfano Says:

    Caro Ronaldo, A Orca.
    Legal a lealdade do Saldanha com o Tostão,
    eu não sabia disso. Porém, meu comentário não foi relativo ao caráter de A ou B, mas apenas à questão futebolística. Abs p vc e Paulinho.

  27. Marcio Dias Says:

    O Sócrates quer falar o que? Morreu de Cirrose Hepática, com um bandana no cabelo…
    É essa a imagem que ele queria que outros passasem?

  28. Jorge L Baleia Says:

    Na década de 70 jogador poderia contestar o regime ? Sim. Já ouviram falar de um jogador chamado Afonsinho ?

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: