Advertisements
Anúncios

O Galo tem que jogar no ritmo de Raul Seixas para vencer a LIbertadores

“Controlando a minha maluquez. Misturada com minha lucidez… Vou ficar. Ficar com certeza. Maluco beleza”

Em mais uma épica batalha de sua história, o Atlético precisará fazer das tripas coração se quiser vencer a ótima equipe paraguaia do Olímpia pelo placar necessário à conquista da inédita Libertadores da América.

O estilo “Galo Doido”, que virou marca da equipe no estádio Independência, em que reverteu duas outras desvantagens de dois gols, terá que ser adequado ao palco da decisão, o Mineirão, e também à força do adversário, melhor tecnicamente que os anteriores.

Há de se ter uma mescla da “Maluquez”, na busca incessante pelo resultado, com a “lucidez” de saber trocar a bola no momento certo, sem afobação.

Somente assim o torcedor poderá, assim como os atletas da equipe, cantar ao final, após, se tudo der certo, a grande conquista do torneio, que está “maluco beleza” de felicidade.

Sim, os atletas devem seguir os ensinamentos de Cuca, ótimo treinador, mas não custa, se espelhar também nos versos, quem sabe premonitórios, do inesquecível Raul Seixas, transformando o Mineirão numa louca casa de comemoração.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: