Advertisements

O “Pay-per-View” da ACEESP

Não é só a Rede Globo que vende pacotes de “pay-per-view” para as principais competições de futebol realizadas no estado de São Paulo.

Presidida por um presidente omisso, submisso ao grupo capitaneado por Milton Neves, e que tem dificuldade em dizer a verdade, a ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) trabalha para, e pela “patota”.

Jornalista que é contrário aos “ideais” dessa gente, tem a solicitação de trabalho recusada.

Agora, se pertencer aos “amigos”, nem jornalista precisa ser para receber a carteirinha, que é vendida pela ACEESP.

la 2

Há casos, como por exemplo, do apresentador Raul Gil, ou do “fofoqueiro” Nelson Rubens, que, evidentemente nada tem a ver com jornalismo esportivo, mas frequentam jogos do Corinthians, devidamente credenciados pela entidade, tomando o lugar de jornalistas que poderiam estar trabalhando.

Existem ainda, atores, animadores, ex-jogadores, ex-árbitros, puxador de samba dos Gaviões da Fiel e até modelos.

Ou seja, basta pagar para ver.

O Blog do Paulinho, que já contribuiu para a ACEESP quando a gestão tinha um presidente de verdade, expulsando jornalistas bandidos do local, é agora um dos perseguidos pela “patota”, que insiste em não nos credenciar.

“O Milton está me pressionando… e não só ele… se te credenciar estou frito”, disse o atual presidente, num telefonema em tom lacrimoso para este jornalista.

Agora, que a verdade veio à tona, diz que os processos que respondemos, muitos dos quais nos orgulhamos, são empecilhos para o credenciamento.

Basta puxar a ficha corrida de boa parte dos membros da entidade para notar que a desculpa é absolutamente esfarrapada.

É nas mãos dessa gente que o jornalismo esportivo de São Paulo está refém, o que, por sinal, explica muita coisa.

Em tempo: ter ou não credencial da ACEESP em nada acrescenta ou diminuiu o trabalho do Blog do Paulinho, que é escrito por jornalista diplomado, razão pela qual a matéria serve realmente para abrir os olhos do público e da classe jornalistica para os desmandos da entidade.

Advertisements

Facebook Comments

16 Responses to “O “Pay-per-View” da ACEESP”

  1. Adimilson Anderson Nunes Says:

    Sabe cara, o mais legal disso tudo é ouvir um cara como o PVC. No Bate-Bola 1ª edição, eles discutiam a questão dos preços dos ingressos, aquela coisa terrível (assunto chato) e o PVC falando que ele compra os ingressos para os jogos do Palmeiras pelo sistema do Sócio-Torcedor – ele é um dos defensores ferrenhos deste sistema (o qual acho que vale a pena mesmo, quando bem feito o sistema).

    Pra você ver a diferença entre gente séria e estes energúmenos, vampiros, etc.

  2. bob_pop Says:

    Não ter essa credencial te credencia ainda mais como um raro (e excelente) jornalista.
    Continue sem ela Paulinho! Se resolverem te dar, recuse!

  3. PAULO Says:

    FAZ TEMPO QUE O JORNALISMO ESPORTIVO FOI JOGADO NO LIXO. MILTON NEVES NÃO VALE NADA. IMPRESTÁVEL. SUJEITO MENTIROSO E DA PIOR ESPECIE. SUBIU PUXANDO O SACO.
    NETO ENTÃO PODE JOGAR NO LIXO. RENATA FAN CONSEGUIU COMO SUA BOQUINHA ? BASTA OLHAR, ANALISAR, PARA SE TER CERTEZA. EXISTEM OS PROFISSIONAIS COMO JOSÉ TRAJANO QUE POSA DE BOM MOÇO, MAS CARATER QUE É BOM, NEM PENSAR. QUANDO ESTÁVA NO BOLO COM FARAH, TRANSMITINDO O CAMPEONATO PAULISTA EXCLUSIVO PELA ESPN COM UMA HORA DE ATRASO ERA´SÓ ELOGIO AO CARA, DAVA NOJO, HOJE FORA DA RODA CONTINUA DANDO NOJO COM SUAS CRITICAS DE QUEM NÃO FOI CONVIDADO PARA A FESTA. ESTANDO DENTRO PUXA DEMAIS O SACO, ESTANDO FORA CRITICA DEMAIS O DONO DA FESTA. ESSE É TRAJANO.

  4. Lampião Says:

    Pelas fotos vemos uma forte ligação entre curicanos e a ACEESP.

    Onde tem curicano, tem sujeira, bandidagem, favorecimentos…etcetcetc

  5. MOSQUETEIRO Says:

    Pelos comentarios desse babaca que vejo nas transmissoes do Sportv, da pra perceber que se trata de um safado e puxa saco, o cara é tao fraco que foi rebaixado pra cometar jogos da segunda divisao.

  6. MOSQUETEIRO Says:

    Agora esse Milton Neves é um sujeitinho ordinario, dissimulado e mau carater.

  7. Cleber rodrigues Says:

    Paulinho sou de Belém, aqui todos são unanime q a imprensa paulista tá se superando em termos de bairrismo, incompetencia e parcialidade. Aqui no norte e nordeste ninguem suporta neto, dr osmar, minton neves, renata fan etc etc. Ninguem assiste band. Aqui no norte nordeste existe um complo contra as emissoras de tv. Quando elas falam de clubs paulistas e principalmente do curica, todos desligm a televisão ou mudam de canal..

  8. Terencio Trindade Says:

    Concordo com a questão de ter ou não ter carteirinha da tal de ACESP, mas continuo. Ter ou não diploma de jornalista também não diz nada sobre a qualidade do jornalista. E em tempo, nenhum jornalista deveria entrar de graça em jogos há não ser que estivesse fazendo reportagem de campo ou narrando/comentando os jogos.

  9. FABRICIO Says:

    Rapaz, poucos jornalistas teriam coragem pra denunciar isso, por medo de não conseguir a tal credencial. CADÊ O MP.

  10. Helvio Says:

    Toda vez que vejo o neto me dá vontade de moer a cara dele a pau… sujeito escroto…

  11. lucas Says:

    o que se tornou a ACESSP ?? lamentável isso.. puro preconceito e falta de uma administração séria. que vergonha Paulinho.

  12. Milton Neves não é flor que se cheire | Blog do Luciano Mendes e Silva Says:

    […] O “Pay-per-View” da ACEESP […]

  13. raimundo Says:

    eu detesto esse tal de milton neves esse lixo pensa que é dono do futebol no br.

  14. Cid P Rossi Says:

    Paulinho, na boa, manda esses safados tc e pegar essa carterinha e enfiar no tobas, vc é sério, se não fosse vc, ninguém nunca iria falar do Braghetto, isso é uma quadrilha.

  15. Neil neri Says:

    Os meios de comunicação sao utilizados para modelar e influenciar o comportamento do cidadão.
    Em questões políticas e principalmente no meio do futebol isso e mais evidente.
    Tomemos cuidado!

  16. Daniel Lapa Says:

    sou seu fã leio todo dia seu blog infelizmente ainda hoje temos na herança dos colonizadores a corrupção, ainda somos um país de muitos comandados por poucos e para poucos. Não mude sua forma de reportar pois cada vez mais fica dificíl para esses poucos se esconder dos muitos.

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: