Advertisements
Anúncios

Corinthians vence a Ponte Preta com tranquilidade e está nas semifinais do paulistinha

Sem muito esforço, o Corinthians até se poupou na fácil vitória contra a Ponte Preta, em Campinas, por quatro a zero.

Teve alguma dificuldade no início, quando o adversário imprimiu bom ritmo, mas assim que abriu o marcador, tratou de fazer o que quis no restante do jogo.

Tivesse forçado e a diferença de gols seria ainda maior.

A Ponte Preta dominava uma partida extremamente truncada, até os 30 minutos da primeira etapa, marcando melhor, mantendo a posse de bola, e criando duas oportunidades.

Uma com Chiquinho, aos 3 minutos, que entrou nem na área, mas bateu à esquerda de Danilo, e outra com Willian, aos 11 minutos, bem defendida pelo arqueiro corinthiano.

Porém, após duas jogadas de Guerrero, em menos de um minuto, tudo mudou.

Aos 31 minutos, o avante alvinegro tabelou com Romarinho, brigou com a zaga, ganhou e bateu cruzado, à direita de Edson Bastos.

Depois, aos 32 minutos, Guerrero bateu da intermediária, Bastos bateu roupa e Romarinho não perdoou.

O Corinthians ficou, então, mais tranquilo no jogo, ampliando ainda o marcador, aos 38 minutos, em nova falha do goleiro, que aceitou chute em seu canto de Sheik.

Com dois a zero atrás, a Ponte tentou diminuir o prejuízo e criou duas boas oportunidades, com Chiquinho, aos 41, e, a mais aguda, quando Willian bobeou e perdeu o gol de cabeça, sozinho, na marca do pênalti, aos 46 minutos.

O segundo tempo começou com o Corinthians cadenciando o jogo, determinando o ritmo necessário para manter a vitória que já se desenhava.

Teve a vida ainda mais facilitada quando, aos 9 minutos, a arbitragem marcou pênalti absolutamente inexistente em Sheik.

Convertido, um minuto depois, por Guerrero.

A Ponte se descontrolou, perdeu a cabeça, e Baraka, após pisar em Romarinho, foi justamente expulso aos 14 minutos.

Daí por diante, foi só esperar o tempo passar.

Houve tempo ainda para Pato perder dois gols feitos, aos 37  e 39 minutos, em bolas bem defendidas por Edson Bastos, uma delas cabeçada na pequena área, após boas tramas de todo o ataque.

E, aos 44 minutos, driblar toda a defesa, o goleiro, e finalizar o marcador com um golaço.

O Corinthians está classificado para a semifinal do paulistinha, e vai com moral para a dura batalha do meio de semana, contra o Boca Juniors, pela Copa Libertadores.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: