Advertisements

Danilo garante vitória do Corinthians em Bogotá

Disputando uma partida apenas razoável, justificada pela dificuldade em jogar na altitude de Bogotá, o Corinthians venceu ao fraco Milionários, por um a zero, assumindo a liderança de seu grupo na Libertadores.

Danilo, mais uma vez, foi decisivo, ao contrário de Cassio, que quase entregou o jogo para o adversário.

Absolutamente irreconhecível, o Timão passou trinta minutos da primeira etapa no campo defensivo, assistindo os colombianos jogarem.

Uma das piores exibições da equipe de Parque São Jorge no últimos tempos, que não conseguia acertar sequer dois passes seguidos.

Não fosse o Milionários tão medíocre e a situação poderia realmente ter ficado complicada.

Para se ter ideia, com quase 70% de posse de bola, a maior parte no campo ofensivo, os colombianos criaram apenas uma jogada de gol, em batida de Montero, bem defendida por Cassio, aos 6 minutos.

O Corinthians melhorou um pouco após jogada de Sheik pela esquerda, aos 31 minutos, batendo cruzado para defesa de Zapata.

Criou então, mesmo sem forçar muito, duas outras oportunidades.

Aos 38 minutos, quando Pato recebeu bom passe de Danilo, na área, e bateu de primeira, com o goleiro defendendo bem, e aos 42 minutos, novamente com o meia alvinegro, que cortou um zagueiro na entrada da área e bateu com perigo à esquerda do gol.

No segundo tempo, o Corinthians voltou bem melhor, equilibrando as ações no gramado, criando mais possibilidades no ataque.

Levou um susto, porém, aos 4 minutos, quando Cassio falhou em batida de Montero, da intermediária, mas, por sorte, a bola beijou o travessão.

Aos 7 minutos, respondeu, quando Romarinho levantou na cabeça de Danilo, mas a bola desviou na zaga, passando com perigo à esquerda de Zapata.

Na tentativa de dar mais movimentação ao ataque, aos 11 minutos, Tite sacou Pato, que pouco pegou na bola, colocando Jorge Henrique.

E, no mesmo minuto, o atacante corinthiano tabelou com Alessandro e rolou para Danilo, da entrada da área, abrir o marcador.

Que estrela !

Novo susto, aos 20 minutos, quando Cassio, com seu tradicional hábito de “caçar borboletas” em cruzamentos, quase entregou o gol para o ataque adversário.

Com o placar favorável, Tite mexeu novamente na equipe, aos 28 minutos, sacando Romarinho e colocando Edenilson, fortalecendo a marcação de um Corinthians que começava a dar mostras físicas de estar sentindo os efeitos da altitude.

Deu tempo ainda para Cassio, em partida terrível, rebater bola fácil, chutada da entrada da área, que Paulo André salvou antes que os atacantes colombianos pudessem concluir.

Com o time cansado, Chicão entrou no lugar de Sheik, já nos acréscimos, para segurar o jogo e ganhar alguns segundinhos.

Apesar de sofrer alguma pressão no final, o Corinthians se portou bem, plantado na defesa, garantindo os três pontos.

Resultado que proporcionou a classificação à próxima fase, e a moral elevada para lutar pela sempre importante primeira colocação do grupo.

*E o Galo, hein ? Venceu por 5 a 2 aos argentinos do Arsenal Sarandi, em grande atuação de Ronaldinho, garantindo os 100% de atuação, ajudando ainda ao São Paulo, que tem missão dificílima amanhã, na altitude de La Paz, contra o The Strongest.

Advertisements

Facebook Comments

21 Responses to “Danilo garante vitória do Corinthians em Bogotá”

  1. MOSQUETEIRO Says:

    Rumo ao Bi Campeonato!!!

  2. Antonio Gremista Says:

    E o podcast de segunda feira?

  3. Marco_Palmeirense Says:

    Por falar em curicano

    Deputado evangélico consegue aprovar moção de repúdio a ditador da Venezuela por homofobia. Ou? Cadê Jean Wyllys? Cadê os outros esquerdistas da comissão? Por que nunca protestaram contra os homofóbicos islâmicos ou de esquerda?

    O deputado João Campos (PSDB-GO), que é evangélico, propôs uma moção de repúdio, informa Gabriel Castro na VEJA.com, ao ditador da Venezuela, Nicolás Maduro (sim, ele é um ditador!) por conta de declarações escancaradamente homofóbicas. Maduro passou a espalhar que seu adversário na eleição presidencial, Henrique Caprilles, é gay. Num de seus comícios, ao lado da mulher, mandou bala: “Eu, sim, tenho mulher, escutaram? Eu gosto de mulheres”.

    Alguém se opor ao casamento gay é mero exercício de opinião, especialmente quando, como é o caso do deputado Marco Feliciano (PSC-S), nada pode fazer a respeito. O Supremo já tomou uma decisão. O casamento é um jeito que a sociedade encontrou de organizar a família. Há quem entenda — é a maioria da sociedade brasileira — que deva ser constituído de homem e mulher. Há os que divergem. Mesmo sendo minoria, os divergentes venceram o embate. Agora, o que resta é só intolerância com quem não concorda com eles.

    Muito bem! Os direitos essenciais da cidadania política têm um status superior. Afirmar que alguém não pode disputar um cargo público porque é gay caracteriza, sim, homofobia. Há mais: as leis, também as venezuelanas, não preveem essa restrição. Quando Maduro afirma que Caprilles não pode ser presidente porque não tem mulher — sugerindo que o adversário é homossexual —, está alimentando uma forma odienta de discriminação.

    E o que as nossas valorosas esquerdas fizeram a respeito? Nada! Toda aquela gente que passou a promover baderna na Câmara — muitos deles funcionários de deputados do PT e do PSOL, pagos com dinheiro público — não deu a menor pelota para o assunto. Ao contrário: está com o chavismo e não abre! Se é para combater “a direita”, os nossos “progressistas” podem se juntar, eventualmente, a homofóbicos. O marqueteiro de Maduro é João Santana, homem do PT. Em 2008, na disputa de Marta Suplicy com Gilberto Kassab, ele levou ao ar a pergunta: “Kassab é casado? Tem filhos?” Sabem o que fez o sindicalismo gay? Ficou de boca fechada.

    “Ah, a moção proposta por um deputado evangélico é apenas uma provocação”, poderia dizer alguém. Ainda que fosse. Por que ela não foi proposta por petistas e psolistas? Sim, meus caros, há sete petistas lá: Érika Kokay, Domingos Dutra, Nilmário Miranda, Padre Ton, Janete Rocha Pietá, Luiz Couto e Vicentinho. Há ainda dois representantes do PSOL: além de Jean Wyllys, Chico Alencar.

    Uau! Nove “progressistas” reunidos não tiveram o bom senso, já que tão amantes da causa, de propor ao menos uma moção de repúdio? Não! Por que não? Porque são todos filobolivarianos, ora essa! Nenhum país latino-americano, diga-se, perseguiu tanto os gays como Cuba. Vejam, a título de ilustração, o bom filme “Antes que Anoiteça”, de Julian Schnabel, que conta a história do escritor Reinaldo Arenas, implacavelmente perseguido na ilha porque era… gay! Ainda hoje os homossexuais são tratados como lixo em Cuba.

    Quando é que se ouviu uma palavra desses “progressistas” que querem rasgar a Constituição e o Regimento da Câmara para tirar de lá, n o grito, o deputado Feliciano? Nunca! Entrei no site Jean Wyllys para ver se ele havia se manifestado sobre as declarações de Maduro. Nada! Não há uma vírgula.

    “Os brasileiros não têm de se meter em assuntos externos; basta que tratem dos assuntos internos”, poder-se-ia objetar. Uma ova! Os petistas que estão na comissão — e, por meio do silêncio, também os psolistas — assistiram inermes aos abraços calorosos de Lula com Mahmoud Ahmadinejad, aquele que já declarou que não há homossexuais no Irã porque isso é coisa da decadência ocidental. Talvez pudesse mesmo haver mais sem o regime dos aiatolás: muitos gays foram condenados à morte, pendurados em guindastes, em praças públicas.

    Há uma gigantesca diferença entre se opor ao casamento gay porque se tem uma concepção de família incompatível com essa conformação ou combater o tal PLC 122 (eivado de absurdos) e promover a perseguição aberta, escancarada, metódica aos gays. Os esquerdistas que estão na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara são coniventes, por seu aplauso ou por seu silêncio, com regimes que perseguem e matam homossexuais — ou que anunciam, em palanque, que eles não podem exercer cargos públicos em razão de sua condição.

    É convicção?
    Então resta a pergunta? É a convicção que move a gritaria e o linchamento no Brasil? Não! É o oportunismo. Na madrugada, escreverei um texto demonstrando que algo mais está em jogo nesse embate — e até esquerdistas admitem que a questão de gênero é, no fundo, mero pretexto para uma outra batalha.

    Por Reinaldo Azevedo

  4. Mario Guallyer Says:

    O Cassio além de ótimo goleiro, possui aquilo que todos que defendem o gol necessitam, a palavra mágica SORTE, isso não é para todos, mesmo em uma partida que não foi tão bem, não levou nenhum Gol, quando não esta em um dia bom, a sorte esta ao seu lado, logicamente ela acompanha os vitoriosos como ele.

  5. Marcello Says:

    E o Cassio quase toma um frangasso!!! kkkkkkkkk

  6. Lampião Says:

    Curica não joga nada faz tempo.

    O SPFC só perdeu por pura sorte curicana, SPFC jogou bem melhor.

    Libertadores rumo ao Atletico MG, assisti o jogo ontem, Ronaldinho Gaucho é foda!

    SPFC não sei se passa pra próxima fase, está difícil! Se passar tem chance de ganhar a Liberta também, tem mais time que o Curica, por exemplo!

  7. Tom Says:

    Realmente o Timão jogou muito mal ontem , especialmente no 1o. tempo.

    O Tite escalou mal a equipe , pois Romarinho estava nitidamente fora de posição e perdidinho em campo . Ali deve jogar Jorge Henrique , já que o Renato Augusto está lesionado.

    Porém ainda está com sorte de campeão ! E a sorte só acompanha os competentes !

    VAAAAAAAAAAAI CORINTHIANS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Tom Says:

    E o sum paulo só vai se classificar graças ao Atlético Mineiro … isto se ganhar hoje em La Paz …

  9. Luis Sérgio Manfrim Says:

    Parabens ao Galo.. eu como sãopaulino tenho que admitir que o Atletico é o melhor time do pais hoje!!!

  10. Alex Franco Says:

    CORINTHIANS CIRURGICO !!!!

  11. GOMAO Says:

    Gostaria de saber do preparados fisico do CORINTHIANS, por que Romarinho, Emerson, Pato estavam mortos em campo, em contra partida Danilo com toda idade estava impecavel, não vou considerar a entrada do Ednilsom. e Jorge Henrique que já entraram cansados. Os bambis devem estar com muita saudade do Danilo, ele e decisivo, e sabe jogar a Libertadores. Com relação ao Cássio, e um goleiro pessimo mas que em jogos decisivos tem uma estrela que não abandona ele nunca.

  12. Renato Says:

    Timinho retranqueiro, mais uma vez conta com a sorte. Viram o Milionários deitar e rolar e num lance de sorte, Danilo, ex SPFC conseguiu a proeza que parecia impossível até então, 1 gol, um mísero golzinho. Timinho pequenininho este hein? E logo logo o Cássio vem mostrando a que veio….

  13. Alex Franco Says:

    Domingo passado ganhamos das “MULHERES RICAS” ontem ganhamos dos MILIONARIOS, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  14. Jessé Says:

    A ausência do guerrero e do Renato Augusto pesam muito para o corinthians. O pato esteve perdidaço ontem, assim como o Romarinho. De fato, Jorge Henrique tem que ser Titular enquanto não volta o Renato.
    Porém o que mais chama atenção é que a marcação, que foi o ponto forte ano passado, não está funcionando. Antes o time marcava na intermediária adversária, e não permitia que a bola chegasse na área. Ontem o milionários trocou passes na frente da área corinthiana.
    Enfim, o time precisa retomar o mesmo espírito do ano passado, brigador, se quiser algo nessa libertadores

  15. BI MUNDIAL FIFA!!!! Says:

    E a bambizada fica doida de ver o Danilo moendo no Timão e eles pagando milhões pra um enganador como o Ganso.

  16. Leandro Says:

    Lampião Disse:
    abril 4, 2013 às 8:38 am

    Se o Corinthians que é o atual campeão da Libertadores, lider de seu respectivo grupo nessa competição e atual campeão mundial não está jogando nada, não sei qual time está jogando…

  17. Leandro Says:

    Renato Disse:
    abril 4, 2013 às 9:38 am

    A sorte sempre está ao lado do trabalho. O resto é choro de recalcado.

  18. Lhpnando Says:

    Mimimi o time joga feio,mimimi o time tomou sufoco, mimimi nAo mereceu ganhar…..continuem secando cambada de chorao

  19. EU - ABSOLUTIS VERITAS Says:

    E o Danilo EX-JOGADOR DO GOIÁS, com passagens por times irrelevantes, atuando no atual BI-CAMPEÃO MUNDIAL OFICIAL, resolveu mais uma vez para o TIMÃO.

    O time não jogou bem, mas por ser competente venceu, lidera o grupo e está classificado para a próxima fase sem depender de outros resultados!!

  20. SemPapoFurado Says:

    realmente Lampião, vc esta certo

    O SPFC jogou como NUNCA e PERDEU como SEMPRE

  21. V. Campos de Santamariana Says:

    Há uma grande tendência da mídia esportiva, principalmente a paulista, em minimizar as conquistas do Corinthians. Na vitória contra o S Paulo, se o Timão tivesse jogado sem goleiro o resultado teria sido o mesmo, pois o Cássio não pegou nenhuma bola, nem fácil nem difícil. Mas a mídia, quase toda correu a dizer que o S Paulo jogou melhor, que merecia isto ou aquilo, que não foi pênalti e uma porção de bobagens mais. No jogo em Bogotá foi a mesma coisa. O Millonarios ficava com a bola e o alvinegro ficava com as melhores chances de gol, inclusive a que fez. Está difícil de a mídia entender que o Corinthians joga taticamente assim desde 2008, deixando o adversário se iludir com um domínio estéril mas quem constrói a vitória é o Timão. O exemplo mais recentes são as memoráveis vitórias do ano passado sobre o Vasco, o Santos, o Boca, o Al Ahli e o Chelsea.

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: