Kassab – o mascate

Por SEBASTIÃO NERY

O prefeito de São Paulo Gilberto Kassab surgiu das sicilianas maquinações de José Serra e logo se revelou um incontrolável mascate da política nacional.

Pôs-se no balcão de qualquer negocio a qualquer preço  e saiu vendendo o que podia e o que não podia: ele mesmo e a Prefeitura.

De pechincha em pechincha, de trapaça em trapaça, adquiriu prefeitos, vereadores e liderecos pelo pais a fora e fundou um partideco que é um balcão de fornecimento de legendas.

Conta Ilimar Franco,do “ Globo”:

– “O prefeito de São Paulo e presidente do PSD, Gilberto Kassab, articula com a direção do PT concorrer a vice-governador ou ao Senado, numa aliança que excluiria o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) da chapa de 2014”.

Inacreditável é que a nota do Ilimar saiu e ninguem do PT levantou a voz para protestar conta tamanha ignomínia.

De um partido presidido  pelo deputado paulista Rui Falcão (que os amigos chamam de Rui Vampiro) pode-se esperar tudo.

Mas trocar um político da seriedade, do nível e da respeitabilidade do senador Suplicy por um comerciante de legendas eleitorais é ultrapassar os limites do tolerável.

O PT quer trocar Borba Gato por um barba de gato.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.