Advertisements

Fluminense Tetra-Campeão !!! O Brasil é Tricolor mais uma vez !!! Palmeiras, quase morto

Numa partida com segundo tempo emocionante, o Fluminense venceu o praticamente rebaixado Palmeiras, por três a dois, sagrando-se Campeão Brasileiro.

Fred, novamente, foi o homem do jogo.

E do título.

A equipe carioca ditou totalmente o ritmo da primeira etapa, cadenciando o jogo, enquanto o Palmeiras, desesperado, tentava atacar.

Pouco conseguiu.

O primeiro bom lance do jogo surgiu aos 12 minutos, quando Bruno fez grande defesa em cabeçada de Fred.

Cada vez que o avante do Flu pegava na bola defesa do Verdão entrava em pânico, tamanha sua eficiência na conclusão.

Barcos recebeu boa bola na pequena área, aos 18 minutos, girou em cima de Gum, mas bateu mascado, à esquerda.

Por azar, aos 23 minutos, Henrique teve que sair do jogo após trombada involuntária com seu companheiro Bruno, que atingiu suas costelas.

Com o calor insuportável em Presidente Prudente, a arbitragem decidiu pelo tempo técnico, e, na volta da partida, o ritmo das equipes, que já não era rápido, também caiu.

Mesmo assim, quem tem Fred no ataque, sempre está próximo de grandes emoções.

E foi o que aconteceu.

Aos 38 minutos, após bola levantada na área, Fred, de cabeça, acertou a trave palestrina.

Porém, aos 45 minutos, Wellington Nem recebeu a bola na cara de Bruno, o goleiro fez grande defesa,  mas a bola sobrou para Fred, que não perdoou, ampliando ainda mais o desespero palmeirense.

O Flu voltou ainda mais tranquilo no segundo tempo, encontrando enorme facilidade para encaixar suas jogadas de contra-ataque.

Apático, o Palmeiras mal se movimentava no gramado, até então.

Aos 3 minutos, o anuncio do gol de empate vascaíno, de Alecsandro, que garantia o título ao Fluminense, evidenciado pela comemoração do torcedor carioca, deixou a equipe ainda mais animada.

Dois minutos depois, Rafael Sobis fez o gol do Flu, aproveitando-se de rebote em grande defesa de Bruno, anulado pela arbitragem em impedimento que não existiu.

O que parecia ser o golpe de misericórdia aconteceu aos 8 minutos, quando Fred cruzou pela direita e Mauricio Ramos, tentando cortar, marcou contra.

Sem alternativa, Gilson Kleina tirou Marcos Assunção do time e colocou Luan, partindo com tudo para o ataque.

E o Palmeiras acordou.

Fez seu primeiro gol aos 16 minutos, com Barcos, sempre ele, se aproveitando de bate rebate na área oriundo de cabeçada de Luan.

E empatou, aos 19 minutos, com Patrick Vieira, sem marcação, complementando cruzamento de Correia.

E o torcedor palestrino, que chorava minutos antes, foi da tristeza à esperança, incendiando ainda mais a equipe palmeirense.

A virada quase veio aos 21 minutos, quando Diego Cavalieri fez grande defesa em chute de Maikon Leite.

Trinta minutos e o Fluminense voltou a equilibrar o jogo, tornando a partida ainda mais interessante.

Na pressão, aos 31 minutos, Cavalieri salvou gol certo de Mauricio Ramos, que finalizou quase na pequena área.

Aos 34 minutos, a arbitragem errou novamente contra o Fluminense, ao não marcar pênalti claro de Mauricio Ramos em Marcos Junior.

Dois minutos depois Fred, na pequena área, perdeu gol impossível ao bater na rede pelo lado de fora.

Mas, aos 42 minutos, complementando cruzamento da direita, o Rei do Campeonato, Fred, fez o gol que garantiu o título ao Fluminense.

Para Mano Menezes nenhum botar defeito.

Após o apito final, o torcedor do Fluminense não se aguentou em si e comemorou, em todo o Brasil, mais uma brilhante conquista.

O Brasil é Tricolor, mais uma vez !

Para desespero do Palmeiras, que disputará em 2013 a segunda divisão.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: