Advertisements

Desvendado o custo do apoio político da IURD em São Paulo

No primeiro turno das eleições à Prefeitura de São Paulo, a facção criminosa IURD apoiou e financiou a campanha do candidato derrotado Celso Russomanno.

Fala-se agora, nos bastidores, que, embora ainda não tenha anunciado oficialmente, se é que o fará, trabalha arduamente para eleger o petista Fernando Haddad, amarrada por acordos políticos firmados com o Governo Federal.

Resta saber se no “preço” deste apoio não serão incluídas as vantagens acertadas com Russomanno, ou seja, desapropriar áreas ao lado da igreja, que seriam extensões naturais de seus imóveis, evitando assim gastos monumentais, que trariam lucro milionário à seita capitaneada por Edir Macedo.

Sem contar a facilitação aos alvarás para a construção do faraônico “Templo dos Otár…, quer dizer, de Salomão”.

Observe, na foto abaixo, o mapa da região em que está localizada a principal fonte de arrecadação da IURD, no bairro do Brás.

 

1- Área em que está localizada a IURD, com frente para a Av, Celso Garcia, lateral esquerda para a Rua Bresser e parte de trás na Rua Dr. Carlos Botelho.

2- Área pertencente a IURD, compreendendo parte da Rua Dr. Carlos Botelho, além da lateral direita na Rua João Boemer. É utilizada como estacionamento, embora não tenha alvará para funcionar.

3- Gigantesca área em que está sendo levantado o “Templo de Salomão”, que pega quase um quarteirão inteiro, excetuando-se um ou outro imóvel. A construção funciona também sem que todos os alvarás estejam em ordem. Russomanno prometeu legalizar tudo numa canetada ao assumir a Prefeitura.

4- Área localizada em parte da Av. Celso Garcia, João Boemer e Dr. Carlos Botelho. É o grande “calcanhar de aquiles” de Edir Macedo. Já tentou de todas as formas incorporar ao patrimônio da IURD, sem sucesso. Em alguns casos pelo fato dos proprietários não precisarem de dinheiro. Em outros, com no caso da Rua Dr. Carlos Botelho, ofereceu milhões ao tradicional “Clube Independência”, que há anos se recusa a negociar.

Russomano prometeu desapropriar toda a área, sob pretexto de construir uma praça, claramente de fachada, que seria incorporada aos imoveis da IURD, sem custo algum para Edir Macedo. Um golpe de mestre nos bolsos da população de São Paulo, beneficiando apenas a facção criminosa citada na matéria.

5- Prédio que a IURD não consegue demolir por força de um morador, que se recusa a negociar seu apartamento para a seita.

6- Imóveis que poderiam também ser incorporados a referida “praça” prometida por Celso Russomanno.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: