Advertisements

Documento utilizado por Mario Gobbi para tentar se aposentar pode virar alvo da corregedoria

Após diversas negativas judiciais de concessão de aposentadoria ao delegado Mario Gobbi, presidente do Corinthians, que não consegue comprovar o tempo de serviço, a corregedoria da Policia Civil decidiu investigar o assunto.

Segundo fonte ligada ao setor, o órgão recebeu denuncia de que o delegado teria juntado ao processo documentos “fabricados” para auxiliá-lo.

Gobbi é figurinha carimbada nos álbuns dos corregedores, indiciado que foi em diversos inquéritos, quase todos por irregularidades cometidas no DETRAN.

No último mês, após nova negativa judicial, o delegado renovou sua licença prêmio pelo período de três meses.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: