Celso Russomano (IURD) não convocou a imprensa para o DNA

O candidato da IURD, Celso Russomano, tem por costume “espetacularizar” os momentos de sua vida íntima que considera importantes para alavancar sua carreira, seja ela a de repórter ou até mesmo a de político.

Filmou, com requintes de sensacionalismo, a morte da própria esposa, e, recentemente, convocou a imprensa para cobrir o exame de ultrassom de sua atual companheira.

Esqueceu-se, porém, de um caso, no ano de 2005, talvez pelo constrangimento ocasionado.

Foi quando solicitou exame de DNA a uma antiga namorada, Daniele Cristiane Sant’ana, descobrindo, naquela data, que o filho esperado na verdade era de outro.

Para quem expos a viuvez e também a paternidade, quem sabe a comprovação do estado de “cornismo” poderia lhe angariar simpatia popular.

Faltou talvez, naquela época, o conselho sempre “angelical” do bispo Edir Macedo, que poderia até evocar o milagre da alteração do DNA, sempre a custo de módicos 10% de colaboração.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.