Mais uma do marketing: TV Corinthians faliu e fecha as portas no próximo dia 31

Recebi a informação, exclusiva do ótimo repórter Anderson Cheni, de que a TV Corinthians, idealizada pela “genial” cabeça de Luis Paulo Rosenberg, faliu e fechará suas portas já no próximo dia 31.

Vai se juntar a outras iniciativas fracassadas, e iniciadas pelas mesmas cabeças, como, por exemplo, o Jornal “O Fiel”.

Este que acarretou ao clube diversas ações judiciais por calote nos jornalistas contratados, fato que deve ser repetido em mais esse empreendimento.

A TV Corinthians entrou no ar em março de 2011, consumindo, segundo números oficiais, mais de R$ 3 milhões dos caixas alvinegros.

No início contava com 100 funcionários, hoje, sobraram seis, que estão há meses sem receber seus salários.

Cheni informa ainda que o Departamento de Marketing do Corinthians, por absoluta incompetência, nada fez para que a situação pudesse ser revertida e, pior, deixou de responder às constantes críticas de assinantes da programação.

A NET, receosa da inabilidade e falta de experiência do clube para gerir uma emissora de comunicação, recusou-se a transmitir o conteúdo da TVC, porém outras operadoras, como Oi, VIVO e BVCi, embarcaram na roubada, e devem ter problemas com assinantes nos próximos meses.

Rosenberg, mesmo sabedor de todos os problemas, em fevereiro deste ano, após as eleições alvinegras, concedia entrevistas à TV Corinthians, exaltando o “pioneirismo” da emissora:

“Não existe lugar mais apropriado para comemorar essa vitória. Tenho orgulho dessa iniciativa arrojada que é a TV Corinthians, que  colocou o Corinthians na frente dos demais”.

Sim, na frente, disparado dos outros, porém não em matéria de competência, como tenta deixar a entender o atual vice-presidente do clube, mas em numero de reclamações trabalhistas.

O tempo tratou de comprovar que realmente existe “mediocridade” no Corinthians, e nada tem a ver com a equipe de futebol.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.