Advertisements

DIS articula para prejudicar o Santos

Não é de hoje que as relações entre o grupo Sondas, dono da DIS, detentora de 55% do jogador Paulo Henrique Ganso, praticamente inexistem.

Notinhas plantadas por jornalistas venais, durante os últimos anos, já colocaram o atleta em diversas equipes do país.

O interesse, óbvio, era o de desestabilizar politicamente o clube, gerido por desafetos de Marcelo Teixeira, amigo pessoal de Delci Sonda.

Ocorre que, desta vez, segundo informações de bastidores, existe realmente a possibilidade de saída do jogador.

Num golpe armado com o Internacional de Porto Alegre, que serviria para os verdadeiros compradores, um grupo de investidores estrangeiros, ligados ao empresário Franck Henouda (ligado comercialmente a um ex-matador da Máfia Ucraniana, dono do Shahktar Donetsk), pudesse pagar menos pelo negócio.

Sim, porque há uma multa menor para negócios realizados no Brasil e outra bem maior para transações com o exterior.

O Internacional, ligadíssimo também a Henouda, serviria de ponte para o negócio, e ainda teria o atleta jogando em seu clube por algum tempo.

Cabe agora ao presidente do Santos, que de bobo nada tem, checar a informação e impedir que o clube seja vítima deste verdadeiro “chapéu” internacional.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: