São Paulo mata dois coelhos com uma cajadada

Ao contratar o treinador Ney Franco para dirigir sua equipe principal de futebol, o São Paulo conseguiu acertar duas vezes.

Primeiro porque é um profissional dos mais qualificados, sempre realizando bons trabalhos e que se entrar em sintonia com Renê Simões tem tudo para revolucionar o departamento de futebol do Tricolor.

Depois, porque novamente, sabe-se lá se intencionalmente ou não, estapeou a face da já rasa moral de Andres Sanches na CBF.

O ex-presidente do Corinthians garantiu a diversas pessoas próximas no clube que atrapalharia o negocio do treinador com o São Paulo, impedindo sua liberação.

No final, sequer foi ouvido, sabendo de tudo apenas no momento que Franco comunicou seu desligamento.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.