Palmeiras nega-se a mostrar auditoria a conselheiros

Um dos discursos que marcou a campanha de Arnaldo Tirone, quando ainda era candidato a presidente do Palmeiras, foi a promessa de realizar uma auditoria nas contas do clube.

“Doa a quem doer”, dizia.

Porém, anos após assumir a presidência, fala-se que a tal devassa foi realizada, porém quase ninguém teve acesso aos resultados.

Alguns conselheiros do clube imploram para ter os documentos em mãos, mas são constantemente ignorados.

O intuito, parece, é o de que tudo caia no esquecimento, sem que possíveis aliados políticos, antes adversários, sejam atingidos.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.