Falsa advogada engana “clientes” no bairro do Brás

Recebemos a denuncia, oriunda da Sra. Nilsa Tardio, 84 anos, de que uma falsa advogada estaria atuando, há tempos, no bairro do Brás, e também nos principais Fóruns de São Paulo.

Esta que, ao ser descoberta pela denunciante, teria tentado agredi-la com correntes, no corredor do prédio em que ambas residem.

Na ocasião foi lavrado um boletim de ocorrência em que a “Doutora” Hermi Abreu Silva realmente é qualificada como “advogada”.

Para tal, apresentou uma carteirinha da OAB provisória, para estagiários, com prazo expirado.

Um equívoco grave cometido pela 12ª DP do bairro do Parí, que sequer checou como deveria a documentação, deixando ainda que outro crime, o de falsidade ideológica, fosse cometido às barbas da polícia.

Hermi, que atuou muito tempo na Igreja Universal, de Edir Macedo, realiza trabalho “advocatício” para angolanos e outros desavisados do bairro, segundo a Sra. Nilsa.

Abaixo, verificamos que documentação de ESTAGIÁRIA da falsa profissional de direito está CANCELADA.

Para piorar ainda mais, verificamos que o número de OAB 164686, provisório e cancelado, utilizado pela “advogada” como se fora definitivo, pertence a um advogado de verdade, o Dr. Mauricio Rodolfo Ciampaglia.

Situação que, evidentemente, pode lhe causar sérios transtornos profissionais.

Mais um caso de vigarice, entre tantos existentes, num país em que a cultura de levar vantagem é tratada como corriqueira em nossa sociedade.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.