Advertisements

Eternos poderes

Da “FOLHA”

Por JUCA KFOURI

“Se ao menos os cartolas que se perpetuam mostrassem com clareza do que vivem… “

CARLOS NUZMAN usou mais uma vez de seus truques baixos e anunciou que completará 21 anos como presidente do COB -apesar de o COI não ver com bons olhos que ele acumule também a presidência do Rio-2016.

Nuzman nega o constrangimento, assim como, oficialmente, é óbvio, o COI também o faz.

Bobagem deles, aliás, pois tanto faz como tanto fez o que diga publicamente o COI, pois seus métodos são sobejamente conhecidos mesmo quando imbuídos de preocupações moralizadoras.

Bastou, por exemplo, que João Havelange renunciasse ao seu posto para que a entidade se apressasse em arquivar o inquérito a respeito das propinas da ISL, porque, afinal, ele deixou de ser assunto do COI.

Nuzman também deixará, jubilado aos 70 anos que completará em meados do mês que vem.

E como a Olimpíada-2016 será aqui, melhor conviver com a situação do acúmulo de cargos, inédita em mais de cem anos de Jogos Olímpicos modernos, apesar de ser constrangedora aos olhos do mundo.

Vivêssemos num país mais rigoroso e haveria algum instrumento para, ao menos, exigir que os cartolas, que não são remunerados nas funções que ocupam, mostrassem de onde vêm seus rendimentos, do que vivem.

Porque não é possível que fiquem no trono como ficam -e por meio de estatutos pornográficos para dificultar candidaturas de oposição (história que agora se repete na Confederação Brasileira de Tênis)-, que recebam montanhas de dinheiro público por meio das diversas leis de incentivo ao esporte e não deem satisfação alguma sobre suas vidas particulares à torcida brasileira, com as raras e honrosas exceções de sempre.

Sobre o que Nuzman diz ou deixa de dizer, lembremos que ele é o mesmo cartola que prometeu legados ao Rio com o Pan-2007 e depois, cinicamente e sem corar, justificou a falta deles argumentando que a Odepa (a organização esportiva continental), diferentemente do COI, não os exigia.

Não é por outra razão, aliás, que ele é famoso por usar um perfume de forte odor.

Trata-se de uma loção para cara de pau.

INEXPLICÁVEL

Esta coluna paga um salário de técnico de futebol no Brasil para quem explicar por que grandes clubes do país ainda contratam certos ex-profissionais em atividade. Seja para o time ou seja, principalmente, para o banco.

E com cada multa…

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: