Advertisements

A magnífica orquestra de 1982

Absolutamente fantástico o vídeo que publicamos abaixo, realizado por um fã holandês, com dedicatória a Telê Santana, para homenagear a magnífica Seleção de 1982.

Assista.

Impossível conter a emoção.

Facebook Comments
Advertisements

55 comentários sobre “A magnífica orquestra de 1982

  1. Everton Amorim

    Essa seleção de 1982 é superestimada,
    ganhou da URSS de virada no final do jogo e com 2 penaltis não marcados para os soviéticos, cometidos pelo Luisinho, quando estava 1×0 ainda para eles

    Ganhou da “grande” seleção da Escócia de virada

    Ganhou da seleção de pescadores, pedreiros, bancarios e outros da Nova Zelândia, não exisatia futebol profissional lá.

    Ganhou de uma envelhecida e enfraquecida Argentina cheia de brigas internas e que vinha de uma derrota para a Itália e estreou na Copa perdendo para a Bélgica.

    E quando pegou um time de verdade foi engolida taticamente, só assistir o jogo e ver que a Itália sempre teve o controle e o domínio do jogo, que seria 4×2 se o juiz não anulasse um gol legal do Antongniolli alegando impedimento, inexistente.

  2. JOE MAGNO

    NUNCA TORCI TANTO… CONTRA O BRASIL!

    COMO VIBREI COM OS GOLS DO “CARRASCO” PAOLO ROSSI.

    ANTES QUE OS ENFERMOS MENTAIS ME ATAQUEM, QUERO DIZER QUE NUNCA ACREDITEI NESSA BALELA DE ‘PÁTRIA DE CHUTEIRA’

    JOE MAGNO
    OS FUZILEIROS NAVAIS LUTAM POR VOCÊ!

  3. louis

    vc não entende nada de futebol imbecil , esta seleção entrou para a história do futebol não pelos resultados ,mas sim pela beleza do futebol que praticava ……… futebol é arte ,resultados podem ser bons ou ruins ,pense antes de postar asneiras….

  4. JOE MAGNO

    NUNCA TORCI TANTO… CONTRA O BRASIL!!

    COMO VIBREI COM OS GOLS DO “CARRASCO” PAOLO ROSSI.

    ANTES QUE OS ENFERMOS MENTAIS ME ATAQUEM, QUERO DIZER QUE NUNCA ACREDITEI NESSA BALELA DE ‘PÁTRIA DE CHUTEIRA’

    JOE MAGNO
    OS FUZILEIROS NAVAIS LUTAM POR VOCÊ!

  5. JOE MAGNO

    SÁBIAS PALAVRAS!

    NÃO PODEMOS ESQUECER QUE HAVIA NO BANCO UM BUCANEIRO CONTADOR DE PIADAS, UMA INVENÇÃO CHAMADA TELÊ SANTANA, IDOLATRADO POR UMA TURMA DE MARGINAIS.

    JOE MAGNO
    OS FUZILEIROS NAVAIS LUTAM POR VOCÊ!

  6. Viajante Oficial

    Futebol F-A-N-T-A-S-T-I-C-O. É o que trata o post. Em nenhum momento fala em pátria de chuteiras. Voce esta com a mente enferma.

  7. wilson

    foi a melhor seleção que eu vi jogar. nunca alguem vai conseguir montar um time igual ou melhor do que aquele. quem viu o gol do eder ou o gol do junior contra a argentina. existe alguma coisa maior que nós desconhecemos e que nao deixou aquele time ganhar a copa de 1982. passarao 100 anos poucos se lembrarao dos jogadores que ganharao a copa de 94 2 2002, mas todos se lembrarao de tele,zico e cia.

  8. Viajante Oficial

    A melhor seleção brasileira de todos os tempos. Prefiro não ganhar uma copa e jogar o verdadeiro futebol. O mundo inteiro
    se rende até hoje ao futebol F-A-N-T-A-S-T-I-C-O jogado por Leando,Oscar,Luisinho, Junior,Cerezo,Socrates,Falcão,Zico,Serginho e Eder.

  9. A VERDADE

    Esta boa seleçao foi eliminada porque a Italia jogou melhor , tanto q foi a campea do torneio .

  10. edu

    Voce esta correto, mas souberam fazer o marketing desta seleção….não ganhou absolutamente nada!

    E o paulinho ainda se emociona…..

  11. Marcos100% tricolor6-3-3

    Nunca mais consegui torcer tanto pelo Brasil. como torci por essa seleção de 82, foi com ela q aprendi a gostar do futebol arte, 1982 aliás foi o ano em q aprendi a gostar de futebol, curiosamente não foi pela vitória do meu time, mas pelo futebol praticado pela seleção de 82 (derrotada) e pelo São Paulo (também derrotado)… nunca acreditei nessa balela de q a torcida aumenta com as vitórias de um time…. a torcida só aumenta pelas imagens q ficam gravadas na retina de uma criança, pode ser um só lance, um só momento uma única imagem que seja marcante, mesmo q
    este momento ocorra numa derrota….

  12. Marcos100% tricolor6-3-3

    Hoje mesmo contra times muito inferiores o Brasil não conse
    gue jogar bonito….

  13. Marcos100% tricolor6-3-3

    A única vez na minha vida q chorei por causa de futebol foi após o apito final dessa partida….

  14. Ricardo

    Vejo que fora o Louis, o resto não entendeu nada. A derrota da seleção de 82, foi a derrota do futebol bonito, bem jogado, sempre para frente. Perdendo ou ganhando…

  15. Geraldo "JASON" Lina

    Claro que o senhor torceu para o Paolo Rossi.
    O senhor e seu clubinho pararam no tempo em 1942, com suas camisas pretas e seus fasci littorio, esperando a comenda do Duce chegar…
    Tsc, tsc, tsc.

  16. Divanio

    Futebol mágico!Isso sim era futebol, isso sim era seleção. O resto é conversa fiada!

  17. Divanio

    Futebol mágico e fantástico jogado por esta seleção! Isto sim era jogar bola, o resto é balela!

  18. ALEXANDRE ALVES

    ESSA SELEÇÃO A DE 70,94, 2002 FORAM AS MAIORES SELEÇÕES DA HISTORIA.
    AS SELEÇÕES DE 94 E 2002 TINHAM CRAQUES NÃO NA MESMA PROPORÇÃO QUE A DE 82 MAS TINHAM.
    PAULINHO VI UMA ENTREVISTA DO TAFAREL QUE O MESMO DIZIA QUE A SELEÇÃO DE 94 E 2002 FORAM CORNETADAS PELOS LOBYSTAS DE ROMARIO E OS FRUSTRADOS FALCÃO, VALDIR PERES, E OS DE 70 GERSOM, PELÉ, E OUTROS QUE TORCERAM CONTRA COM MEDO DO ESQUECIMENTO, COM SEU CONHECIMENTO JORNALISTICO ISSO PROCEDE PAULINHO?
    TAFAREL FOI MAIS ALEM DIZENDO QUE JAMAIS TRABALHARIA NA IMPRENSSA DIZENDO QUE A PODRIDÃO É GIANTESCA.

  19. ALEXANDRE ALVES

    CARO EVERTOM VC SE ESQUECEU DE UM DETALHE CONTRA A ITALIA RASGARAM A CAMISA DO ZICO E O JUIZ NÃO DEU PENALTY, JUNTO COM O PENALTY EM JOÃO PAULO DO GUARANI EM 86 FORAM OS MAIS RIDICULOS E NÃO MARCADOS DA HISTORIA.
    É SO OLHAR NO VIDEO QUE QUEM ENTERROU AQUELA SELEÇÃO FOI O FRANGUEIRO VALDIR PEREZ, QUE TUDO QUE CHUTAVAM SE FOSSE NA DIREÇÃO DO ENTRAVA, E O CEREZO QUE ERROU UM PASSE DE 3 METROS DANDO NO PÉ DO ADVERSSARIO.
    LOGO DEPOIS FOI PARA ITALIA ACHO QUE LÁ APRENDEU A DAR OUTRAS COISAS TAMBÉM EXEMPLO SEGUIDO PELA FILHO (A) ( LEIA TOINHA CEREJINHA) NÃO É?

  20. Ricardo Pires

    Quando esta seleção de 82 perdeu para a Italia quem perdeu foi o futebol. Se houvesse mais 10 jogos entre essas seleções o Brasil teria levado as outras 9 com toda certeza. foi a partir da VITORIA da ITALIA naquele mundial que mudou se o conceito do futebol. Criou se o libero, criaram times jogando em esquemas somente defensivos 4.5.1, 5.4.1 surgiram os treinadores retranqueiros . O tal de Futebol de resultado… Partidas sem emoção decididas em Penalty aós 120 minutos de tédio total. Pra quem quiser leia e pesquise sobre as copas de 86,90 e 94. hoje todo mundo elogia o Barcelona com suas jogadas rapidas, toques precisos, compactação e marcação na saida de bola. A Seleção de 82 foi o inicio de tudo isso, conforme declara o proprio Pepe Guardiola. O que devemos é nos orgulhar desta seleção que se não foi campea pelo menos deixou uma historia de genialidade para que outros possam desfrutar. Trazendo a historia para os dias de hj… Não vemos nenhum jogador com metade da habilidade que tinham os jogadores do passado. Qualquer time pior que fosse, tinha um Ponta esquerda habilidoso e um camisa 10 genial… Os de hj não sabem nem o basico sabem direito e ja exigem milhoes m em dinheiro… O Futebol Arte deu lugar pra esse monte de Brucutu que só sabem correr e fazer faltas… Sinto saudades da Dinamarca de 86 do Brasil de 82.

    E por ai vai…

  21. Fernando (O original) - Curintchia tudo VAGABUNDO!!!

    DURO É VER UM MONTE DE PERNA DE PAU EM TODOS OS TIMES (CURICA, PALMEIRAS, SPFC, SANTOS, TODOS!) QUE AINDA “CONSEGUEM” VESTIR A AMARELINHA.

    HA ANOS NÃO SE VÊ UM FUTEBOL BONITO E ENTROSADO COMO ESTE, HOJE É FUTEBOL VARZEA!

  22. A verdadeira Verdade

    O time de 82 jogava bonito? Sim… Mas todos os elogios colocados aqui encaixam-se na única seleção que verdadeiramente encantou, deu show, convenceu e VENCEU: o Brasil de 1.970.

  23. cassiano ricardo mendes paiva

    Caro Paulinho,
    antes de mais nada, parabéns pelo seu caráter, coragem, independência, espírito republicano e democrático na cepção do termo. Acompanho sua luta, diáriamente, e quero dizer com o maior reconhecimento, que voce é um digno (e indignado) representante do que há de melhor no jornalismo esportivo deste país, onde destaco atuação modelar de Juca Kfouri e, sem destacar nomes, o exemplo de modernidade e integridade das equipes da radio ESTADÃO/ESPN e da ESPN. O Jornalismo investigativo (esportivo ou de outra área) independente, destemido e incansável é uma das grandes medidas da civilidade republicana de um país, dado que só uma imprensa livre e vigilante pode jogar luz sobre os caminhos obscuros por onde transitam determinadas figuras públicas e causar o desmascaramento daqueles que não respeitam limites éticos, morais, nada e ninguém, por suas ambições e ganâncias. O bom jornalista denuncia mesmo, ás vezes arriscando sua própria segurança e integridade física, mas, corajoso e idealista, enfrenta as piores adversidades em busca da verdade, colocando acima de sua individualidade, uma causa.
    Desgraçadamente, existem vários bajuladores na grande imprensa (na esportiva eles se multiplicam, impressionante!), que acobertam os bandidos que chafurdam na lama e dessa imundície se locupletam, tornando-se cúmplices da sujeirada. Gente pequena, vendida.

    Quanto à seleção de 82, Paulinho, ela é a prova provada de que quando o futebol brasileiro é conduzido de maneira limpa, desprendida, honesta, visando, únicamente, montar uma seleção que represente o nosso melhor – a nossa arte e talento inconfundíveis, num ambiente sincero, livre de vaidades estúpidas e formada por homens íntegros, dentro e fora das quatro linhas, só pode resultar nisso que tivemos o privilégio de ver na Copa de 82 na Espanha. Uma das últimas seleções que tiveram identificação com o povo e que nos emocionaram. Quando olhávamos nos olhos de cada um deles – de Giulite Coutinho até o roupeiro, passando pelos craques e por Telê, sentíamos que todos, indistintamente, traziam dentro de si a pureza e o desprendimento de quem faz as coisas por amor ao que faz, por respeito a quem deles espera um conforto, um gesto, uma atitude e sem nenhum interesse, que não aquele de fazer o melhor pelo melhor caminho e atraves de meios limpos! A saudosa CBF DE 82 era limpa, íntegra, comandada pelo saudoso Giulite Coutinho de quem guardo um troféu de valor intangível! explico:

    era a noite daquele domingo fatídico do vexame da eliminação da “seleção-gangue” do Sr. Ricardo Teixeira na copa de 2006. Lá estava eu, na bancada do programa do Avallone (então na Band), desfiando meu corolário de verdades sobre aquela corja que fazia suas ricas malas na Alemanha, quando um colega, num aparte, colocava TODOS OS DIRIGENTES DA HISTÓRIA DA CBF como gente de caráter questionável. PERA LÁÁÁ!, respondi, e fiz justiça ao Dr. Giulite Coutinho, presidente da CBF em 1982 , a quem, como brasileiro, agradeci, públicamente, como a exceção de integridade, dignidade e grandeza, e que não enriqueceu – nem com o futebol, nem em sua limpa vida pessoal e que, lindamente, num momento, não nos esqueçamos, em que o Brasil ainda vivia sob um regime autoritário e intervencionista,montou aquela equipe de trabalho sob a égide da honestidade, transparência e isenção e a seleção de 82, saiu de cena com o mundo inteiro a aplaudí-la de pé e até hoje é reverenciada por quem gosta do futebol jogado com alegria e leveza – de toques, de dribles, gols e de espírito.

    No dia seguinte, logo pela manhã, toca meu celular e eu atendo:

    – Alô?

    – é o Sr. Cassiano Ricardo?

    – Pois não, é ele mesmo.

    – Bom dia, desculpe pelo incômodo, aqui é a secretária do Dr. Giulite Coutinho, e ele gostaria de dar uma palavrinha com o sr. O sr. pode atendê-lo?

    meu coração disparou….

    – c…claro que sim, meu Deus!

    – Olá, Cassiano, desculpe incomodá-lo, logo pela manhã, é Giulite que está falando, como vai?

    – (quase mudo)

    – Eu assisti o programa em que vc estava ontem e gostaria de lhe agradecer demais a sua lembrança da seleção de 82 e pelas suas palavras elogiosas àquela seleção e à minha pessoa. Fiquei emocionado e não sei se mereço tanta homenagem de sua parte. Mas, fiquei muito feliz e até meio sem jeito, confesso, por alguém lembrar do meu nome e quero muito te conhecer. Quando vc vier ao Rio, por favor, me ligue. Venha ao meu escritório pra eu te dar um abraço, viu?

    Bem,…nosso diálogo, óbvio, seguiu por mais alguns minutos, onde Dr. Giulite Coutinho deixou clara sua indignação com o estado de coisas do atual futebol brasileiro (2006!) e com as pessoas que o comandam (até hoje…). Bem, só sei dizer que não contive minha emoção durante nossa conversa (como agora) não pelo orgulho tolo por EU ter recebido um telefonema do Dr. Giulite, mas, pelo gesto desse homem, que foi tão importante, ter se dignado a conseguir com alguém o número do meu telefone e me ligar pra me agradecer (ele nunca, sequer, soubera de mim, antes de ver aquele programa na noite anterior), simplesmente por eu ter me lembrado dele e da seleção de 82 (às vezes, tão injustiçada – geralmente, por aqueles que, exigem de um time a conquista de um campeonato, não importando os meios). Quanta grandeza e humildade nesse homem.
    Dr. Giulite foi um grande exemplo da diferença entre ser “famoso” e ser importante…de como se pode fazer futebol com honestidade e pureza de propósitos e, no dia da sua morte chorei de revolta pelo “quase nada” de reconhecimento e homenagens que Dr. Giulite teve em vida e pelas punhaladas que tomou dos bandidos que tomaram de assalto a CBF, pouco tempo depois da copa de 82 – de nabis a teixeiras, passando por otávios “piteiras”…(a quadrilha é histórica e atravessa eras, desde a pré-história, lááá na “era Havelangeozóica”, que parece não terminar, nunca…)

    Seleção de 82, Dr. Sócrates, Telê e Dr. Giulite Coutinho:
    e(ternamente) em nossa mais linda caixa de boas recordações desta vida de quem ama o bom futebol e sua gente boa…

    Um forte abraço, Paulinho e me perdoe pelo tamanho do comentário, mas, não pude me conter, tal a emoção que me acometeu, assistindo esse vídeo, pelas lembranças que ele me sucitou.

    cassiano ricardo

  24. Wellington Souza

    COMO É TRISTE VER BRASILEIROS FALAREM COM ORGULHO QUE FICARAM ALEGRES COM UMA DERROTA DO BRASIL.
    ISSO ESCANCARA BEM COMO NOSSO PAÍS É AMADO, POR ESSAS E OUTRAS GRINGOS VEM PRA CÁ E FAZEM DE NÓS GATO E SAPATO, E QUANDO VAMOS PRA LÁ SOMOS CHAMADOS DE LIXO, TRATADOS COM DESDÊM ENFIM.
    SOU CORINTHIANO COM MUITO ORGULHO, MAS FUTEBOLISTA APAIXONADO, E PRA MIM TELÊ SANTANA, RECEBEU COM ENORME JUSTIÇA O TÍTULO DE MESTRE.
    FEZ A SELEÇÃO DE 82 JOGAR POR MÚSICA, PERDEU, MAS PERSISTIU E FEZ O SÃO PAULO DE 1.992 E 1.993 IGUALZINHO, GANHOU SIMPLISMNETE TUDO QUE DISPUTOU.
    MESTRE TELÊ SANTANA, QUE FALTA FAZ O SEU TALENTO EM NOSSO FUTEBOL POBRE DE HOJE11111

  25. Wellington Souza

    DISCORDO SÓ DE UMA COISA TEM TIME DE VÁRZEA QUE DÁRIA UM CORO NESSA PORCARIA DE SELEÇÃO DO MANO!!!!

  26. A VERDADE

    Quer dizer entao q a seleçao de 1982 jogava só com 2 jogadores ? , tipico comentario de quem nao acompamhou esta excelente geraçao de craques , passamos 24 anos sem ganhar a Copa do Mundo , será q em 74 , 78 , 86 e 90 a culpa foi do Valdir Peres e do Toninho Cerezo ? . A Copa do Mundo é um torneio eliminatorio e de tiro curto , nen sempre o melhor ganha , em 1982 fomos eliminados pela melhor seleçao do torneio , o q nao significa dizer q o Brasil nao prestava , esta é a unica verdade . Esta excelente geraçao de craques nao ganhou uma Copa do Mundo , mas nen por isso vai deixar de ser lembrada .

  27. João Carlos

    É deprimente alguns leitores deste espaço, tecerem comentários absurdos menosprezando a Seleção de 82. Tudo bem opinião todos tem e devem ter, mas diminuir aquele timaço de 82 é mostrar que não conhece e nem respeita o bom futebol. Se aquela seleção tivesse conquistado aquela copa, teria definitivamente o respeito que merece. Hoje olhamos essa seleção do Mano correndo em campo, dá vontade de chorar de raiva…….

  28. João Carlos

    compartilho integralmente da sua colocação……o futebol bem jogado morreu no Sarriá!

  29. Curicano Ladrão, um pleonasmo

    Grande depoimento Cassiano Ricardo. Me lembro desse programa da copa.
    Você faz bastante falta na midia. Paz e muita saúde pra você e seus familiares.

    Aproveitando a oportunidade, ja conhecia esse video, e todas as vezes que vejo vou as lagrimas. Que timaço! Na minha opinião a melhor seleção Brasileira de todos os tempos. Futebol arte, sem violencia, jogando o tempo todo pra cima do adversario.

  30. Curicano Ladrão, um pleonasmo

    Bah tche, o Chulapa tava jogando pra caramba. O Valdir deu umas falhadas no primeiros jogos, mas depois se recuperou e não comprometeu mais. Discordo democraticamente da sua opinião, pois ambos estavam em otima fase.

  31. V. Campos de Santamariana

    Concordo com o comentário do sr. Everton Amorim. O jornalismo esportivo brasileiro é mais ou menos como o jornalismo do Velho Oeste Americano. Lá, em um filme, um personagem-jornalista foi informado, anos depois, por outro personagem, de como teria acontecido de verdade a morte de um famoso bandido. Instado, se iria publicar a verdade, respondeu, em tradução livre: ” Aqui é o Oeste, se a lenda for mais interessante que a realidade, publica-se a lenda”. ( Do filme “O homem que matou o facínora”, do magnífico diretor John Ford, com John Wayne e James Stewart). A copa de 82 segue este ritual, transformou-se numa lenda. Só que a realidade é diferente. Aquela seleção tinha três grandes jogadores, Zico, Sócrates e Falcão, dois outros bons jogadores, Cerezzo e Leandro, mas muito mal orientados taticamente em campo. Os demais (W Perez, o lento Luizinho, o cintura grossa Oscar, os toscos Serginho e Eder) eram bem fracos para uma seleção, numa época em que o futebol brasileiro era bem pródigo em bons jogadores. O retrospecto do time até chegar à copa era pífio. Classificação sobre a Bolívia e Venezuela, nas eliminatórias, depois alguns amistosos contra times, não seleções, europeus. Para resumir, em 86 foi a mesma coisa. O nosso afável sr Telê Santana, por conta dessas derrotas, era chamado até 1991, de pé-frio. Inclusive, na decisão do título brasileiro de 1990, no fim do jogo, a torcida sampaulina gritava “fora Telê”, enquanto a corinthiana respondia “fica Telê”! Por conta desse vice, foi para a Libertadores, quando ganhou sobre o Newell’s. Bastou este título para que a mídia esportiva engajada o elevasse à condição de lenda. Quero deixar bem claro que minha análise aqui refere-se apenas ao aspecto profissional e não pessoal dos nomes mencionados. E que quanto ao sr Telê Santana, todas as informações dizem que ele era uma grande pessoa humana, o que também acho, baseando-se em sua corretíssima vida pessoal e familiar.

  32. cassiano ricardo mendes paiva

    Acho que de ladrão, vc não tem nada , Curicano (seria uma corruptela de corintiano?) rsrsrsrs!. vc deve ser um cara bem bacana e bom esportista. todo mundo sabe que sou palmeirense, mas, sei reconhecer, como vc, o que é bom o que e sei dar o devido mérito a quem fez alguma coisa de importante pro nosso futebol e a Democracia corintiana foi um grande explo do que estou falando – desafiadora, iconoclasta, um périplo pela liberdade em tempos bicudos e com um puuta time, onde até o Leão (de quem sou amigo) foi aceito e provou que ainda era o melhor goleiro do Brasil. E, pasmem, o grandioso Dr. Sócrates votou a favor da sua contratação, porque entendia que o Corinthians precisava de um grande goleiro e a boa democracia contempla a diversidade de opiniões e posições políticas.
    Obrigado pelas palavras e um natal com paz e muita saúde pra vc e todos os seus.

  33. Pingback: Giulite Coutinho e a Seleção de 1982 « Blog do Paulinho

  34. Carlitus

    Esta seleção de 82 era uma companhia de espetáculos futebolisticos, mas não tinha competitividade. Todo os jogadores queriam a bola no pé, para “brincar”, mas detestavam correr atrás do adversário para recuperar a bola. Resultdo:dançaram.
    Alguém pode estar perguntando: Mas, o Barcelona ganha de todo mundo dando espetáculo! É verdade.Mas, prestem atenção na movimentação (esforço) dos jogadores do barça quando a bola está com a adversário!
    Eis a diferança.

  35. SALVIBR

    saudades do meu brasil brasileiro!!!
    mas estamos no momento das sombras, onde andres e texeiras sao festejados pelos mentecaptos!!!

  36. Marcos Plebe Rude

    O maior time que ja vi jogar tanto que ganhamos duas copas depois desse time ,mas pergunte a qualquer um qual melhor time.Simplesmente fenomenal,sei que alguns dirão que não ganhou nada,e dai ?

  37. André (@Megalodon_br)

    Essa copa foi a ultima vez que torci pela então seleção brasileira, após 86 nunca mais torci pelo time da cbf, em 86 ainda tive alguma simpatia por causa do Tele e mais alguns lá, mas a seleção já estava empodrecendo com os esquemas.

    Hoje não torço para NENHUM time de confederação seja de futebol, volei, basquete etc, são tudo um bando de jogadores milionários na sua maioria que usam aquilo apenas para ganhar dinheiro assim como todos que pertencem as confederações.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: