Advertisements

O País dos Asnos

collor-senador

Fernando Colllor foi eleito “imortal” da Academia Alagoana de Letras.

Com a votação mais expressiva de todos os tempos.

O “honesto” nunca escreveu um livro.

Não há dúvidas.

O povo realmente merece sofrer.

Advertisements

Facebook Comments

14 comentários em “O País dos Asnos”

  1. Quando este individuo de nome Collor acintou ao senador Pedro Simon, estava eu ligado na TV senado e observei q. o cara estava totalmente alucinado me pareceu ter dado um karatê no naris velho de guerra.

    zamperetti fiori

  2. Cabe esclarecer que o dito cujo foi eleito porque conseguiu levar 30 dos 40 acadêmicos para a solenidade de votação e recebeu 22 votos a seu favor. O apoio dos integrantes da instituição, formada basicamente por historiadores e literatos, se deu apesar do fato de o senador nunca ter publicado um livro sequer. Para concorrer ao cargo de imortal, Collor entregou apenas uma coletânea de artigos publicados na imprensa. A vitória era tão certa e costurada com antecedência que o parlamentar nem se deu ao trabalho de ir para Maceió assistir à sessão. Quando vc diz que o povo merece sofrer, está se referindo a que povo, o que o elegeu senador, ou o que o elegeu imortal?

  3. Por que o povo merece sofrer ?
    O que existe de povo numa academia de letras ?
    medíocre é o comentário… hehehehe

    ah tá… o povo que elege os membros da academia. Entendi!

  4. Como dizia aquele personagem do Jô Soares: “Me tira o tubo! Me tira o tubo!”.

    Com 22 votos a favor e oito em branco, o senador Fernando Collor de Melo (PTB-AL) foi eleito nesta quarta-feira (2) como imortal da Academia Alagoana de Letras (AAL). A posse do novo integrante, que ocupará a cadeira 20, está prevista para outubro, em data a ser definida pelo próprio ex-presidente da República.

    Milton Ênio afirma que a eleição à Academia era um sonho confesso do ex-presidente. “Esse lugar foi do seu pai [Arnon de Melo] e ele tinha esse enorme desejo. Fernando honra a Academia e pode nos ajudar muito”, afirmou Ênio.

    O ex-governador Divaldo Suruagy analisa que a eleição de Collor é um “reconhecimento público” ao papel do senador como homem público. “A sociedade assim reconhece a figura do ex-presidente para Alagoas”, disse.

  5. Um país onde:

    1- a mediocridade das danças “de bumbum de fora”
    2- dos políticos quase “honestos”
    3- das rainhas dos baixinhos serem ex-rainhas dos altinhos
    4- dos bregas apelativos e pornográficos com suas dançarinas desarrumadas e desnudas
    5- um país que sediará uma Copa do Mundo com milhares de famintos, desabrigados e analfabetos
    6- Carlas, Scheilas, Deboras, Clodovil e muitos outros “notáveis” são mais conhecidos que a prória história do Brasil…

    Não me adimira que esse cidadão seja eleito presidente novamente se lançar sua candidatura.

    Já dizia um sábio: “o povo mecere o comando que tem”.

    Mas devemos nos orgulhar…temos as melhores prostitutas do mundo, as melhores praias, as melhores músicas, paisagens exuberantes, clima maravilhoso, o melhor turismo sexual do planeta, os politicos mais bem pagos, as melhores leis e muitos outros…

    Só não temos:

    memória…vergonha…amor próprio…esperança…dinheiro
    …saúde…segurança…paz…organização e um monte de coisas…

    Mas pra que serve isso? Somos o país do futebol, ora.

  6. O pove realmente merece sofrer? Por quê?

    Participamos da Academia? Não. Votamos no Collar para ele ingressar na AAL? Não.

    Entendo sua indiginação, mas por favor não generalize. Só porque uma maioria de um pequeno grupo de escritores de Alagoas aceitou o ex-presidente, não significa que o povo votariam nele.

    E mesmo que ele tenha sido eleito senador, também não significa o povo brasileiro ou até o alagoano mereçam sofrer. Significa, lamentavemente, que o coronelismo político ainda não acabou.

    No mais, compartilho sua indignição em relação ao Collor.

  7. Por isso e muitas outras coisas que Alagoas eh um dos mais pobres estado do Brasil. O proximo “imortal” deve ser o Renan.

  8. Ora Paulinho, deixe de ser ranzinza… Pense bem: o Collor sem sombra de dúvida MERECE fazer parte dessa seleta e relevantíssima instituição que é a ACADEMIA ALAGOANA DE LETRAS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: