Advertisements

Vergonha no Ministério Tapioca

José de Assis Aragão é membro do CNE, ligado ao Ministério do Esporte.

Ex-árbitro foi também admistrador do Pacaembu.

Sua gestão foi um desastre.

Investigado por corrupção e desvio de dinheiro.

Seu processo rendeu 5000 páginas.

O resultado final nunca veio a publico.

Foi abafado por interferência do pouco honesto deputado Aldo Rebelo, que foi o “padrinho” que o indicou ao cargo.

O esporte brasileiro está cada vez mais nas mãos das mesmas pessoas que por anos o prejudicaram.

O Ministro Tapioca, Orlando Silva Junior, conhece o passado de Aragão e mesmo assim o indicou para o CNE.

Demonstração clara de suas reais intenções no setor.

A indicação de um sujeito como Aragão é uma afronta direta a qualquer cidadão de bem.

A não publicação do resultado do processo do Pacaembu, até hoje engavetado, também é.

Por que Aldo Rebelo estaria tão preocupado com uma simples sindicância interna de um estádio em São Paulo ?

Muito estranho.

Facebook Comments
Advertisements

6 comentários sobre “Vergonha no Ministério Tapioca

  1. cris gardner

    Nunca houve uma denuncia sequer ou abertura de sindicância na camara contra o Aldo
    Por mais que a podridão no seu partido assim como todos.
    Se tiver provas mais claras gostaria que fosse mais objetivo ou as mostrasse Paulinho

    Paulinho: É só abrir as 5000 páginas que elas aparecem.

  2. LULA

    Veja como você fala do Aragão, o grande destaque tricolor da bem-sucedida campanha de 1986!

  3. euclydes zamperetti fiori

    Senhor Cris Gardner, Aragão e seus metodos deveriam de ser eliminados das esferas esportivas + estamos na era deslavada da corrupção generalizada e abençõada pelo braço curto e seus seguidores, espero q ñ seja seu caso.
    abraços e td de bom
    zamperetti fiori
    cidadão e
    ex-árbitro de futebol

  4. Alessandro Torino

    Esse meliante do Aragão é o mesmo que expulsou o Reinaldo (que estava machucado em campo) após ele marcar o gol de empate do Atletico-MG contra o Flamengo na decisão do Brasileirão de 1980. A justificativa foi que ele comemorou o gol junto à torcida(???????????). Com 11 contra 10, o urubu “venceu” por 3×2. Uma das maiores vergonhas da arbitragem do futebol em todos os tempos. Só não rendeu a polêmica devida pois aquela decisão foi o 1o. título nacional do Flamengo, início da sua verdadeira projeção nacional, curiosamente tendo ao seu lado a TV Globo e o Governo Militar. Isso quase ninguém lembra, nem relembra! Ou é melhor ficar calado, né?

  5. RICARDO C G

    PARA UM MINISTÉRIO ENVOLVIDO DIRARIAMENTE EM ESCANDALOS , QUE ENVERGONHAM A QUALQUER PESSOA HONESTA E QUE DESEJA O DESENVOLVIMENTO DO ESPORTE, SÓ PODEMOS ESPERAR NOMEAÇOES E INDICAÇÕES DE PESSOAS DESTE NÍVEL,OU MELHOR SEM QUALQUER NIVEL .O ESPORTE ESTA FADADO A ACABAR NO BRASIL, AFINAL O PALACIO DO PLANALTO POUCO ESTA LIGANDO PARA O ESPORTE, POIS SE DESEJASSE QUE O ESPORTE DESENVOLVESSE E QUE O BRASIL SE DESTACASSE NESTA AREA AS DECISÕES SERIAM BEM DIFERENTE DAS QUE ESTÃO SENDO TOMADAS.NA PIOR DAS HIPOTESES TODO O STAFF DO COB E MINISTERIO DO ESPORTE JÁ ESTARIAM NA RUA OU SOB A CUSTODIA DO GOVERNO.É UMA PENA PORQUE ENQUANTO FAZEM TODA ESTA Z….,RECURSOS PUBLICOS ESCORREM PELOS “RALOS” E MUITA COMUNIDADE QUE PODERIA ESTAR REVELANDO ATLETAS ESTA REVELANDO OTIMOS TROMBADINHAS.FAZER COM QUE CADA VEZ MAIS O POVO DEPENDA DO GOVERNO É A ORDEM DO DIA. BRASIL NÃO É DE TODOS NÓS>

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: