Advertisements

R$ 500 mil a ZERO

Por MARCELO DAMATO

http://blogs.lancenet.com.br/alemdojogo/

Quando Ronaldo foi contratado pelo Corinthians, a frase mas repetida era: se, do ponto esportivo, a contratação é uma incógnita, como negócio já é um sucesso. Quem criticava até dizia que o Corinthians estava pondo o marketing na frente da parte esportiva.

Passado um mês, o que aconteceu? O Corinthians já gastou pelo menos R$ 500 mil com Ronaldo: R$ 140 mil de salário, R$ 70 mil de encargos, R$ 260 mil de direitos de imagem e mais pelo menos R$ 30 mil em variados custos extras, de viagens, assinatura de contrato, taxas disso e daquilo e outras coisas mais.

Quando Ronaldo gerou para o Corinthians no primeiro mês? Zero.

O Corinthians não fechou nenhum contrato de patrocínio, seja de camisa, seja de calção, seja de mangas.

A famosa venda de camisas não rendeu nem um mísero centavo ao clube, pois em 2008 a venda não atingiu o valor mínimo de 500 mil peças anuais, segundo o próprio departamento de marketing. Só a partir desse patamar é que o clube começaria a receber royalties.

Nenhum jogador assinou contrato com o Corinthians por sua  causa. A declaração de Kléber de que o presidente do Dynamo o queria no clube, para jogar com Ronaldo, se revelou uma balela – os ucranianos nem quiseram ouvir falar em empréstimo.

Nenhum jogador aceitou ganhar menos para ir para o Corinthians. Até Souza, que bateu boca com Diego Tardelli sobre quem seria o parceiro do Fenômeno no Flamengo, já tinha concordado com R$ 170 mil no Santos e fechou por R$ 175 mil com o Corinthians.

O amistoso para apresentação de craque se revelou outra encrenca. Nenhum clube se sensibilizou em atuar contra o clube do Ronaldo – até porque o próprio não estará em campo.

Ou seja, Ronaldo, até este momento, não deu qualquer retorno material ao clube. Atraiu a atenção da mídia estrangeira? Sem dúvida. Mas essa atenção não teve qualquer forma de materialização, nem mesmo um convite para jogar fora do país.

Para onde quer que se olhe no caixa do clube, o que se vê é nada. O sucesso de marketing ainda é uma expectativa.

A única receita extra à vista é o aumento do preço da numerada do Pacaembu.

Por um pagamento de R$ 400 mil por mês, é bom Ronaldo começar a jogar logo.

Facebook Comments
Advertisements

50 comentários sobre “R$ 500 mil a ZERO

  1. EÐUARÐO 6-3-3

    AH mas os trouxas torcedores do timinho sem estádio gostaram, todos apoiando a contratação do Fofomeno. Só dá ronaldo nos jornais. Os trouxas gostam do seu time na mídia.KKKKKKKKK
    Mas acho que a informação do salário dele está errada. Me disseram que o salário do Ronaldo é de 3 paus por noite. É verdade Paulinho?

  2. Jorge

    Fiel? Mas essa torcida do time da marginal s/n não paga conta nenhuma.

    Fidelidade da boca para fora:

    1- Vendem 20% menos camisas oficiais do que o SPFC (nas piratas são líderes) – Fonte: Painel/Folha de SP.

    2- Consomem menos pay-per-view do que a torcida do SPFC – Fonte: Painel / Folha de SP.

    Onde estão os dízimos dessa fidelidade?

  3. sergio murilo

    Puxa vida ,o Marcelo é um jornalista muito respeitado e sério,em sua coluna no Lance,ele prega profissionalismo e projetos de médio e longo prazo,critica muito fortemente o imeiatiÀsmo,agora ele quer que em plena crise mundial se assine contratos milíonários?estranho,muito estranho.Pelo menos no clássico Timão e SPFC eswta empatado entre o Fenomeno e o Coração valente,ambos ganham 500 mil e até agora não deram retorno algum.Só que o fenomeno dara retorno rápido e Woshington não dará retorno,pelo menos no campo financeiro ,pq é um jogador quenão tem marketing(logo ele que veio a custo zero ,só pela estrutura e 500 mil por mes),mas esse aspecto Marcelo não aborda em sua matéria.Ele poderia ao menos esperar um mes,é espantoso a boa vontade que é tratado o clube de morumbi.

  4. Sidnei

    Essa malfadada “operação Ronaldo”, pode estar sendo o início de um caminho de volta a segunda divisão.

  5. Rafael

    Ao Jorge:

    Claro que a torcida do Corinthians consome menos PPV. A justificativa é que a torcida co Corinthians COMPARECE ao estádios, enquanto a torcidinha modinha dos bambis ficam em casa, sentados no sofá tomando guaraná e comendo pipoca.

    Creio que uma estatística sobre as torcidas que mais comparecem aos estádios e geram maior renda ao clube (bilheteria) seria mais interessante. Não?

    Repeito a opinião do Damato, mas ele queria o que? Que em 1 mês o Corinthians recuperasse todo o investimento, sendo que nenhum jogo oficial foi feito ainda? Os contratos de patrocínio ainda estão sendo fechados, a venda de camisas mal começou, etc. Pouco se sabe a respeito. É melhor ponderar os comentários para não queimarem a l+ingua depois.

  6. Heitor

    Sidnei,
    Esta manobra política do marketing de resultados da atual diretoria, vai leva-los do céu ao inferno em menos de dois meses.
    Até o final deste mes, vai cair a máscara de todo mundo. Aí então, o eleitor inteligente saberá discernir o que é melhor para o Corinthians.
    Certamente, não é pão e circo!

  7. Paulo Henrique

    EÐUARÐO 6-3-3 Disse:
    Janeiro 12, 2009 às 11:54 pm

    …esta foi boa….hahahhahahaha

  8. Marquinhos

    Tem gente comparando ele com o Washington… O Washington foi contratado para dar retorno dentro de campo….

  9. Rafael Costa

    Jorge vc é MENTIROSO,

    Ranking do pay per view

    1º Flamengo – 13,84%
    2º Corinthians – 9,77%(na segunda divisão e com cerca de 60% dos jogos transmitidos pela TV aberta. Imagine esse ano com Ronaldo!)
    3º São Paulo – 9,21%
    4º Palmeiras – 8,23%
    5º Grêmio – 8,17%
    6º Internacional – 6,87%
    7º Cruzeiro – 6,56%
    8º Vasco – 6,46%
    9º Atlético-MG – 5,94%
    10º Fluminense – 5,55%
    Fonte: http://www.lancenet.com.br/noticias/08-12-15/451161.stm?flamengo-lidera-vendas-de-pay-per-view

    Você poderia passar o link com a informação de que os corintianos consomem menos camisas oficiais do que são paulinos já que não encontrei tal notícia na internet. Ou seria mais uma mentira sua?

  10. Jorge

    Conforme solicitação acima, seguem a pesquisa sobre Pay-per-view vendas de camisetas. Todas com fontes confiáveis. Não é “achismo” ou “opinião de torcedor”. São fatos jornalísticos.

    1- Pesquisa do Datafolha encomendada pela Globosat a pedido do C13 aponta o São Paulo à frente do Corinthians no número de assinantes do pay-per-view do Brasileiro de 2008. Fonte Painel FC / Folha de SP 11/01/2009.

    2- Sobre as vendas de camisetas: Coluna do jornalista palmeirense Paulo Vinícius Coelho – PVC – Folha de SP 14/12/2008

    “O Corinthians é quem mais vende na pirataria, mas o São Paulo ganha longe no mercado formal. Vende 500 mil camisas por ano, contra 380 mil corintianas”.

    Saudações do maior do mundo

  11. Paulo Luciano da Silva

    Em relação ao “PPV”, o time que tem todos os seus jogos transmitidos pela TV aberta ficar entre os três maiores do “PPV” é uma proeza.

  12. Lucas Scussel

    sergio murilo,
    aonde que o Whasington ganha 500mil? não ganha nem metade disso. O SP jamais pagaria uma fortuna dessa por qualquer jogador. Existe uma coisa no clube chamada de Teto salarial. Lá a coisa é séria, e ele veio para fazer gols e não midia.

  13. Wilson

    Eu divido que em um ano de contrato que o Ronalducho assinou, se ele fará mais gols que o Adriano fez no São paulo, jogando 5 meses…

  14. Marcos

    INVEJOSOS E IMEDIATISTAS DESTE BRASIL VARONIL, ALEGRAI-VOS!!!

    FAÇAM A SUA FESTA MEDIOCRE E SEM GRAÇA ENQUANTO É VOS DADA A POSSIBILIDADE.

  15. Carlos

    “EÐUARÐO 6-3-3 Disse:
    Janeiro 12, 2009 às 11:54 pm

    … Me disseram que o salário do Ronaldo é de 3 paus por noite…”

    É o mesmo que a sua MÃE recebe? Ou ela recebe 6 paus por dia…?, 3 de manhã e 3 à tarde?

    kkkkkkk kkkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkk
    kkkkkkk kkkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkk
    kkkkkkk kkkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkk
    kkkkkkk kkkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkk
    kkkkkkk kkkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkk
    kkkkkkk kkkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkkk kkkkkk kkkkkk

  16. roger

    Sem dizer também que apenas, 10 % do valor de uma camisa oficial fica com o clube de futebol 90% fica com a fornecedora de material esportivo. Então esta balela de dizer que “enchemos os cofres com vendas de camisas do gordo ” é balela para otarios e desinformados acreditarem!

  17. anderson santos

    Nossa estou doido pra ver esse clubinho e esse gordomeno se estrepando clubinho paulista ( ilha da fantasia , circo) acha que e grande .

  18. Luiz

    Paulinho:
    Sem dúvidas alguma, a contratação do Ronaldo, foi na minha opinião, uma espetacular ação. Com certeza absoluta, qualquer clube do Brasil, sendo conciente, gostaria de ter um jogador com esse pretigio.
    O Ronaldo, tem apenas 32a, está se empenhando muito para recuperar a forma, acredito pelo que ele já fez pelo Brasil, jogando futebol, mereceria o respeito de todos. Se der certo, espero que dê, não sou corinthiano, o clube receberá muito mais em troca do salário fixo (400mil) em beneficios de projeção nacional e mundial. O Ronaldo em forma propiciará amistosos pelo Brasil e mundo que pagarão seu salário em 10x.. Se não der certo, valeu a tentativa e vencerão os abutres de plantão, os quais só sabem ver as coisas pelo lado negativo. Abraços.

  19. SERGIO LUIZ

    Ou seja, Ronaldo, até este momento, não deu qualquer retorno material ao clube. Atraiu a atenção da mídia estrangeira? Sem dúvida. Mas essa atenção não teve qualquer forma de materialização, nem mesmo um convite para jogar fora do país.

    Paulinho, na boa os clubes brasileiros estão uma draga só. Qdo um clube se propõe a fazer algo diferente vêm esta avalanche de críticas.

    Gente o Ronaldo está há 01 mês no corinthians, Ele é jogador de futebol o retorno com Ele será quando Ele começar a jogar. Se Ele for bem em campo será ótimo sim para o Corinthians, prq??? Simples teremos enormes possibilidades de sermos campeões. Seremos lembrados como o Time que recuperou Ronaldo para o Futebol. Se Ele estivesse na concorrência estaria sendo só elogios. O Adriano não deu certo, mas ninguém fala nada. Gente vamos separar as coisas, os problemas do Andrés devem ser sim discutidos mas os acertos, se estes vierem ( no caso Ronaldo ) devem ser reconhecidos. Por favor Paulinho seja mais parcial.

    Sergio

  20. JORGE

    EDUARDO
    NO SEU COMENTÁRIO VOCÊ FALOU EM PAUS…
    CUIDADO PARA NÃO SE ENTUBAR COM ELES…

  21. Rafael de Albuquerque

    Da onde surgiu que Washington ganha 500 mil? já sei foi o honestíssimo Andres que falou que ele custa isso, sergio mauricio, se informe melhor, meu caro

  22. Leopoldo Alves

    Ele é garoto propagenda da eleição. Vaoi ver que vai ganhar um cachê do Kia, o artista.

  23. Andre-ZL

    Jorge, a fidelidade esta nos estadios..sou mais camisa da barraquinha mesmo..e vc que se dane

  24. PH TRICOLOR(Sou Hexa e vc???)

    É Cúrintiânus….. vcs até agora estão contanto com o ovo no C… da galinha.
    Mas, acho que lá pra agosto deste ano o Ronaldo possa jogar uns amistosos com alguns times da nossa América Central, já que nem pagando vcs arrumaram time pra jogar contra aqui por perto.
    Saudações TRI-HEXA.
    P.S.: dor de cotovelo e choradeira são livre.

  25. Devan

    Com toda essa imprensa anti-corinthiana vai contra, tenho certeza que foi uma ótima a contratação.

    A última vez que ese “jornalista” fez comparação semelhante foi com o Tevez.

    Quanta hiprocrisia, além do mais, aparecem uns babacas com informações e fontes infundadas….

    No ano passado o Corinthians vendeu mais camisas oficiais que qualquer time no país.

    Rendas de paper view…sendo que a maioria dos jogos tinham transmissão para São Paulo,,,,,,,,,

  26. Ramón

    Paulinho, depois da contratação do Ronaldo o Corinthians foi citado:
    -ao menos 3 vezes (q eu assisti), no JN, em horário nobre.
    -nos principais jornais da Argentina
    -do Brasil
    -da Espanha
    -da Itália
    -da Inglaterra
    -da Alemanha
    Sabe quanto custa toda essa publicidade? Algumas centenas de milhoes de reais. É muito mais do que qualquer patrocinio de camisa vai gerar pro clube. Sabe quanto o Corinthians pagou por ela? Nada.

  27. Gavione

    Já respondi a esse pseudo jornalista no blog dele e ele não teve como refutar meus argumentos, ficou calado …

    Falei que ele irá morder a língua e que deveria ter esperado o amistoso do dia 17, quando os três patrocinadores serão anunciados juntos com o Escudero … aí vamos encher aquele blogzinho de mensagens … quem viver verá!!!

    A propósito, sou mais o Ronaldo com uma perna só e dez quilos acima do peso do que o Washington quase gol com o coração fudido!!!!

  28. Gabriela

    Avaliação um pouco precipitada e um tanto míope a desse jornalista.

    Todo mundo sabe que a contratação de Ronaldo é um risco. Mas cobrar resultados com apenas um mês ele sendo do clube?? acho precipitado.
    Me parece muito mais um factóide para vender jornais do que uma opinião de alguém entendido no futebol. Não foram feitas partidas oficiais, a temporada nem começou, Ronaldo ainda está se recuperando, vivemos um momento de crise global, o que qualquer mané, em qualquer esquina, entende que dificulta acertos financeiros.
    Por acaso o Arouca já deu algum retorno ao SP? E o washington?
    Acho que esses especialistas deveriam esquecer um pouco o Ronaldo. Deixa o cara treinar, tentar se recuperar…Se no médio prazo ele de fato não jogar bem, o clube não atrair patrocinios, tiver prejuizos, ai sim, podem criticar a vontade. Ahhh espero que a recíproca seja verdadeira e caso o Ronaldo jogue bem, o clube atraia patrocinios e gere lucros, que vocês, especialistas, também estejam prontos para elogiar e bater palmas para o Corinthians…

  29. Alexandre

    E tem gente que acredita no Ronaldo… peloamor…

    O amor é cego, louco e corno.

    Marketing bom é dinheiro no bolso.

    Muitos falavam sobre o quanto o Ronaldo daria ao Corinthians e perguntava, nos maiores blogs logo que Ronaldo foi contratado, indiquem, srs. jornalista, números, cifras, etc.

    Calro, nínguém respondeu. Tudo blá, blá, blá. Merchan e mais merchan.

    Se o Corinthians quer ser reconhecido internacionalmente, que trate de tirar passaporte e isso só será possível quando começar a vencer torneios internacionais.

    O Ronaldo só atrairá receitas para o Corinthians, se jogar.

    Do contrário, o Santos, de Pelé, seria o time mais rico do mundo.

    E, no campo, Ronaldo não renderá, acredito que não jogará sequer os 20% dos jogos anunciados pelo PVC.

    Aliás, o Ronaldo parou de fumar???????????????????????/

    Não será, pois, com o Ronaldo que o Corinthians tirará o seu passaporte.

    Acredito que a contração, como bem postado pelo Paulinho tempos atrás, nada mais é do que senão uma jogada para reeleger o presidente que tem medo.

    E os trouxas corintianos engoliram a história de superação como fazia aquele personagem do Zorra Total ao flagar sua mulher chegando em casa as 5 da manhã sem calcinha.

    Ronaldo, no futebol moderno, é mau negócio.

    Temos que parar com esse negócio de marketing.

    Beckham é um mau exemplo.

    Ronaldo é um mau exemplo.

    Esses cara não jogam mais bola.

    O insumo do futebol é o jogador presente destruindo em campo.

    O resto, bem, é o início do fim do esporte.

    Acreditem.

    Os amantes de futebol que idolatram Beckham e Ronaldo, em face do marketing, não gostam de futebol, ate porque há muito que não veem esses caras jogarem bola.

    Gostam de outras coisas, talvez histórias de novela ou da carochinha.

    Fiel, depois não reclame de dores nos cornos produzidos pelos chifes do gorducho.

    E a piada postado no blog – Ronando recebe por noite três paus… – foi muito boa hahahahahahahaha

    Para quem xingou a mãe de não sei quem por conta da piada, é normal a mulher manter relação sexual com homem.

    Anormal é a relação de homem com homem, não é mesmo????????

    kakakakakakakakakakakakakakakakaka

    Ronaldo é a alegria dos gays da fiel.

    kakakakakakakakakakakakakakakakakaka

    O marketing de Ronaldo será mesmo na Paulista, na tradicional festa dos GLBTS.

    Todos vestidos com camiseta liláz com os seguintes dizeres:

    “Ronaldo pega eu… Eu nunca vou te abandonar”

    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakaka

    Vai vender camisa que não acabará mais….

    Atenção Poa.

    Olha só a dica, ehim?

    Prometo que não irei cobrar nada royalties. Isso é coisa da empresa gorducha.

    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakaka

  30. Carlos Almeida

    Sergio Murilo. Impressionante como vc fala besteira. O maior salário do São Paulo é o do Rogério Ceni e é bem menos que os R$ 500 mil do Ronaldo. Vc se lembra o que falou o pai do Nilmar quando ele estava saindo do Corinthians e podia ir para o São Paulo, não? Então vou dizer: “No São Paulo É PROIBIDO qualquer outro jogador ganhar mais que o Rogério Ceni”. Nem o Adriano ganhou isto (500 mil). Se manca e pare de falar besteira.

  31. Jorge

    Time da marginal sem número:

    Vendem poucas camisas, tem uma miséria de contrato com o fornecedor ( mesmo valor da Lusa. 5 milhões/ano) e não ganham nada no pay-per-view.

    TV aberta não dá retorno financeiro. Recebem da Globo o mesmo que Flamengo, SPFC, Palmeiras e Vasco.

    Não tem estádio, não tem títulos internacionais e sempre pipocam na Libertadores……..

    A torcida ainda é grande, mas está em franca decadência. Até 1990 sempre eram maioria nos clássicos e finais no Morumbi contra o time da casa.

    Hoje, ainda dividem, e a guerra é sempre mano a mano nas arquibancadas, estações de trem e metrô, periferia, Copa SP de Juniores, Presidente Prudente, Rio Preto, Ribeirão, Pacaembu etc….

    Vou a todos os jogos e sei do que estou falando. Já fui inclusive ver o SPFC jogar na fazendinha pela Copa SP de Juniores.

    Na semifinal da Libertadores contra o Palmeiras não tinham 50 mil pagantes.

    No mesmo ano o SPFC colocou 60 mil pagantes contra a Matonense pelo Paulistinha.

    Onde está a fidelidade?

  32. Diogo

    bom paulinho,sua analese dessa vez foi algo razoavel mas voce esta aml informado em alguns pontos e independente disso todos sabem o motivo de voce criticar 100 por cento do que tem sido feito…criticar,fiscalizar SIM perseguir NAO…tomara que apos as eleiçoes seus vinculos externos enfraqueçam e seu blog assuma um carater mais independente e coerente…

  33. Marco

    Seus lunáticos! Todos celerados! Nenhum clube do Brasil vende mais do que 100 mil camisetas oficiais por ano. Nenhum.
    Sobre vendas de PPV deve ser brincadeira. Tvs por assinatura no Brasil, incluindo os pacotes básico do básico (que são os sinais das tvs abertas e nada mais) chegam a uns 2% da população. Desse total de 2% não mais do que 12% paga eventualmente por jogos pelo PPV.
    Um número ridículo.

  34. CARLOS

    MOÇAS:

    CONTENHAM-SE!

    SE NÃO, VOCÊS PODEM ACABAR OVULANDO FORA DE HORA!

    VOCÊS PRECISAM TER MAIS POSTURA, ESSE HISTERISMO DE INVEJA NÃO FICA BEM PARA VOCÊS!

    AFINAL, LEMBREM-SE DO FILMINHO:

    “SPFW, FAL-SOBERANO”

  35. Alexandre

    Ramón, meu caro, quem foi citado? O ronaldo ou o corinthians?

    Aliás, o Corinthians e os demais clubes de futebol, são instituições poucas que não pagam para aparecer em horário nobre, cobram dos órgãos de imprensa para tal.

    Francamente, meu caro.

    Raciocínio um tanto equivocado esse o seu.

    Só faltava o Rosemberberg comprar os espaços da Globo para falar de Corinthians…

    É o inverso.

    O Corinthians cobra da globo.

    socorro!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Meu mundo caiu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  36. Ailton

    Na manhã desta terça-feira, o secretário municipal de esportes, o sãopaulino Walter Feldman, concedeu uma longa entrevista no programa “Jornal Gente”, da Rádio Bandeirantes, onde tratou do cogitado arrendamento do estádio do Pacaembu para o Corinthians.

    Talvez pelo nervosismo de tratar, ao vivo, de uma tema que ele mesmo reconheceu ser polêmico, Feldman acabou caindo em contradição, sem contar a gafe que cometeu.

    A GAFE. Ao defender a opção Pacaembu como estádio corinthiano, Feldman disse que “não existe lugar para construir estádio na cidade de São Paulo”.
    (Afirmação claramente descabida. Vários estudos concluíram pela existência de diversos locais na cidade que comportariam grandes arenas esportivas. Vale lembrar também que, há pouquíssimo tempo, foi inaugurado um novo shopping center em São Paulo, na Av. Francisco Matarazzo, praticamente do lado de outro grande shopping center, em região densamente povoada, e com o trânsito já sobrecarregado.)

    Mas a gafe veio a seguir, quando Feldman acrescentou que “Itaquera é muito longe; apesar de ter metrô, lá não vai ninguém” (caso fosse construído um estádio).

    Que história é essa que, em Itaquera, “não vai ninguém”? Para começar, já tem muita gente (mesmo) na região. Segundo, como o secretário reconheceu, a região é servida por metrô, que é o melhor meio de transporte de massa, ideal para jogos de futebol. E, para arrematar , é muito mais justificável investir na infra-estrutura de Itaquera e região do que no Morumbi. Um grande estádio em Itaquera, servido pelo incremento de vias de acesso (para aliviar a Radial Leste), seria um poderoso catalisador do necessário desenvolvimento econômico da região.

    A CONTRADIÇÃO. Para não exacerbar os ânimos dos anticorinthianos, contrários a qualquer negócio que possa beneficiar o clube do Parque São Jorge (o que nem é o caso, aliás), Feldman fez questão de reafirmar que não se trata de transferência a título definitivo para o Corinthians, e sim de arrendamento por prazo limitado, ainda que com opção de prorrogação. Foi quando Feldman deixou escapar que, findos os vinte ou trinta anos de arrendamento, “o Corinthians devolveria o Pacaembu e poderia então fazer o seu estádio”.

    Quer dizer que agora, em 2009, não se pode fazer um novo estádio em São Paulo (mesmo que haja a necessidade, por causa da Copa – 2014), e daqui a algumas décadas haverá essa possibilidade? Por quê? Vai cair uma bomba na cidade e vai diminuir a população? Ou vão cobrir São Paulo e fazer um segundo andar?

    E MAIS. Na entrevista Feldman disse ainda que, além da ferrenha oposição da população vizinha do Pacaembu, que utiliza as dependências do estádio como academia particular, o arrendamento do estádio para o Corinthians também sofre objeção do Palmeiras, que pretende utilizá-lo nos próximos dois anos, período das obras de modernização do Palestra Itália.

    Assim, Feldman informou que, caso ocorra o arrendamento, o Corinthians não poderia iniciar as necessárias reformas antes de transcorridos dois anos. Ah, o custo da reforma do Pacaembu, segundo Feldman, seria de 200 ou 300 milhões de reais (incumbência de conseguir o montante cabendo ao Corinthians). Sim. Praticamente, o preço de um estádio novo.

    Por mais absurdo que possa parecer, Feldman afirmou haver convencido o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, a aceitar o negócio, o qual teria mudado a sua concepção do Pacaembu, que passou de “opção Z” para “prioridade total”, quanto a ser o novo estádio corinthiano.

    Foi lembrado, também, que o Santos se inspirou na idéia corinthiana de fazer um amistoso de apresentação da equipe, e marcou para o próximo domingo (um dia após o jogo do Corinthians contra o Estudiantes) a sua partida amistosa, no mesmo Pacaembu. O clube santista também marca sua posição, dessa maneira, de usuário do estádio.

    OU SEJA. Não obstante a PPP entre a prefeitura paulistana, dos sãopaulinos Kassab e Feldman, e o São Paulo Futebol Clube, em prol da candidatura do Morumbi como estádio paulista a receber os jogos da Copa – 2014, a manobra de eliminar o “Risco Corinthians” (a viabilização de um novo estádio alvinegro, aproveitando o mote da copa) , através do “sossega-leão” que seria o arrendamento do Pacaembu, parece fadada ao fracasso.

    Senão pelo tirocínio dos dirigentes corinthianos, que se mostraram receptivos à proposta apresentada (se por convicção mesmo ou para dissimular, politicamente, suas reais intenções, ainda não se sabe), pela decisiva reação contrária de grande parte da sociedade: os vizinhos do Pacaembu, que não querem perder seus privilégios; Palmeiras e Santos, para preservarem seus interesses ou barganharem vantagens; os anticorinthianos, que são sempre do contra; e por fim, a quase totalidade da Fiel torcida, que se deu conta do caráter capcioso da transação em andamento.

  37. sergio murilo

    È fato ,o cara entre luvas e sálarios ganha 500 mil ,é que vcs não estão habituados com a crítica .Vcs acreditam que o cara veio de graça,pq o JJ red label falou e a imprensa não questionou,só de luva foi 3 milhões ais sálarios…faz as cobtas…vai dar confusão o dono do SPFC O RC ,como aconteceu com o Ricardinho ou qd tiraram o balcão de venda de camisas dele em que ele não repassava nada para o clube (a versão Poá textil tricolor).

  38. EÐUARÐO 6-3-3

    Carlos
    O CAPETA TE AGUARDA PRA TE SODOMIZAR COM UMA ESTACA NO INFERNO. MORRA HEREGE.

  39. EPAHEI!

    VIXI!!!!
    O DENILSON/GERALDOLINA/FOFONA/EDUARDO 6*-3-1 PIROU DE VEZ!!!
    AGORA BAIXOU A POMBA-GIRA NO BONECO!!!

  40. Ramón

    Alexandre,
    faça uma pesquisa rápida em sites como marca.es, mundodeportivo.com, abola.pt. Você vai ver que a notícia é: Ronaldo assina com o Corinthians. Isso é fato, o nome do clube é SEMPRE citado (até pq a notícia é sobre a contratação do cara.. impossivel falar de uma contratação sem citar o nome do contratante… ou o mundo ta caindo?).

    É lógico que os clubes não pagam por esse espaço na mídia. Quanto o Real Madrid paga diretamente pra ser “vendido” pela mídia como o maior clube do mundo? Nada. Para isso, eles contratam Figo, Zidane, Ronaldo (q coincidencia..), Beckham, e desse jeito o clube passa a ser divulgado na mídia no mundo todo. Se segure na cadeira pra não cair do mundo real, mas a propaganda é mesmo a alma do negócio…

    Pode ser difícil de entender pra quem é leigo… Mas quantas vezes o SP, hexa brasileiro, foi destaque na mídia internacional esse ano? Nenhuma. Quantas pessoas ao redor do mundo leram algo sobre um tal “Corinthians do Brasil, novo time do Ronaldo”? Algumas centenas de milhões. Qual o valor dessa publicidade pro clube? Será que os tais 500 mil de salário pagam por isso? Cara, esse espaço na mídia custa bilhões de reais, meu amigo.. É só multiplicar o preço do tempo da tv em horário nobre por minuto e multiplicar pelo tempo que falaram do Corinthians. To falando grego?

    Tenta pensar um pouco além do “bola na rede” e “jogo aberto”.. Vá além do “patrociniozinho de manga de camisa”.. Ligar o Corinthians a um dos maiores jogadores da história vai trazer publicidade pro clube nos próximos 20 anos ou mais; os 5, 10 milhoes do patrocinio da manga não são NADA comparados a isso.

  41. CONTRA A IMPUNIDADE

    Precisamos lembrar ao senhor Paulinho, dono do blog, que nós torcedores e trabalhadores que pagam impostos e suas contas em dia; nós que participamos de eleições e tentamos nos fazer representar da melhor maneira possivel, estamos INDIGNADOS com a demora referente ao processo de apuração e punição dos responsáveis pelo caso do gás na semi-final do campeonato paulista de 2008.
    Mesmo após o JORNAL LANCE ter divulgado que durante as escutas telefônicas no caso da máfia dos ingressos, foram encontradas/criadas provas ( gracações de conversas ) do envolvimento de torcedores e dirigentes da Sociedade Esportiva Palmeiras, estranhamente notamos “morosidade” no processo.
    Gentilmente solicitamos ao caro jornalista, que nos informe, cobre, investigue.
    Nós não queremos de forma alguma ter gente desta espécie vestidos de representantes mascarados de pessoas de bem em nosso meio.

    QUE SE INVESTIGUE, QUE JULGUEM E PRINCIPALMENTE QUE PUNAM OS RESPONSÁVEIS.

    NÃO A IMPUNIDADE !!!

  42. Ricardo Nogueira

    IBOPE confirma: Fiel é a maior do Brasil no PPV

    Em mais uma prova de que a torcida corintiana é a maior do Brasil, o IBOPE divulgou nesta semana a pesquisa sobre os consumidores do Pay-Per-View, canal pago que transmite todos os jogos do Campeonato Brasileiro de 2009.

    Entre os torcedores que adquiriram os quase 600 mil pacotes para esta temporada, a torcida corintiana predomina: 13,11% são corintianos. Na segunda posição, aparece o Flamengo, com 12,41%.

    Curiosamente, o São Paulo, que não cansa de dizer que espera ultrapassar o Corinthians em número de torcedores, ficou muito atrás na pesquisa. O 3º acaba sendo o Palmeiras.

    Confira a lista dos percentuais dos dez clubes mais citados pelos entrevistados pelo IBOPE:
    1º) CORINTHIANS – 13,11%
    2º) Flamengo – 12,41%
    3º) Palmeiras – 8,79%
    4º) Grêmio – 8,32%
    5º) Internacional – 7,59%
    6º) Atlético-MG – 7,54%
    7º) São Paulo – 7,28%
    8º) Fluminense – 5,74%
    9º) Cruzeiro – 5,61%
    10º) Botafogo – 4,62%

    É o Corinthians sendo o maior também entre a classe média e alta.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: