Juvenal no Tribunal

Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo, presta depoimento hoje, no STJD, sobre o caso “Del Nero”.

Rubens Approbato Machado, presidente do STJD, o convocou por suas declarações de que a Federação Paulista teria “armado” o caso visando favorecer o Palmeiras em uma eventual construção de estádio para a Copa do Mundo de 2014.

Estaremos de olho.

Facebook Comments

39 comentários sobre “Juvenal no Tribunal

  1. Marcos Ricardo Justo

    Juvenal tá coberto de razão.

    As Periquetes foram quem armaram esta safadeza aí, juntamente com o
    Del Nero, que é conselheiro delas.

    Não existe nada nem parecido com a sujeira que é o time das Periquetes Meretrizes.

  2. Hilton Biller

    Ahhh se fosse na Italia….

    Mas como aqui o melhor eh sempre quem paga mais, tudo isso que vem sendo “esquecido (ha ha)” por grande parte da midia, e devera acabar numa grande PIZZA PORTUGUESA…

    Ah se fosse o Corinthians…

  3. Hilton Biller

    O pior eh que tem tricolor cara de pau mesmo, que depois de TUDO o que aconteceu, da forma MEDIOCRE e DESONESTA que ganharam o titulo, ainda tem a pachorra de insinuar esquemas de Traffic ou algo do tipo…se tornam pateticos!!

  4. Justiceiro

    Declarações mentirosas do cachaceiro, já que o presidente da FPF não tem bom relacionamento com a cúpula alviverde e defende o projeto de construção de um novo estádio, tendo inclusive se reunido com dirigentes do Corinthians para fazer isso em conjunto.

    Mas vamos continuar acompanhando os desdobramentos do caso Madonna… Quer ver que não dá em nada?

  5. geraldo lina

    Esse negocio de dizer que vai acabar em pizza eh conversinha fiada dos velhos imbecis do blog que sabem “MUITO BEM” que o SAO PAULO FC nao tem culpa.
    Sorte ter um homem de bem como o Rubens Approbato Machado ( apesar do nome do meio ser italiano e o mesmo ser corinthiano ), no caso, assim segundo suas palavras: “Poderemos dar um esclarecimento a este pais do que realmente aconteceu”:

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/0,,MUL924629-9825,00-APPROBATO+QUER+OUVIR+JUVENCIO+TAMBEM+SOBRE+INSINUACOES+ENVOLVENDO+DEL+NERO.html

    E nao me venham dizer que o DEL NERO nao se dah bem com a cupula do MERETRICIO, porque ele eh nada mais nada menos que CONSELHEIRO VITALICIO DOS SEPs.

    O Wagner Tardelli, arbitro que teve seu nome colocado no meio dessa sujeira pretende processar o presidente da FPF:

    http://www.futebolinterior.com.br/news.php?id_news=66190

    SE EXISTE VITIMA EM MAIS UMA ARMACAO ESCROTA E SUJA DOS SEPs EH O SAO PAULO FC.

    QUE SEJA ESCLARECIDO E QUE A JUSTICA SEJA FEITA.

    *** ******
    FORA DEL NERO
    FORA SUJEIRA
    FORA JOSE SERRA

  6. tiago

    del nero é um palmerense como qualquer um, proteje os interesses do time,mesmo que prejudiquem os adversários, é invejoso como todo bom palmerense,é carente de títulos e por isso tenta ofuscar o brilho das conquistas do seu vizinho mais bem sucedido mas até aí tudo bem,todo mundo já sabe disso mesmo, o pior mesmo é essas porquinnhas infelizes ficarem dizendo que o del nero não tem nada a ver com o palmeiras, querem enganar a quem?
    qual é o time que é protegido pelo del nero eo serra?
    qual time que o integrante de uma torcida organizada pode fazer o sorteio de uma arbitragem?
    eu acho que é aquele que foi beneficiado pelo arquivamento do caso do gás de pimenta,ou aquele que tem um treinador que foi supostamente agredido pela torcida (é claro que é muito mais fácil colocar a culpa do fracasso depois de grandes investimentos na torcida) e que infelizmente as imagens que poderiam solucionar o caso desapareceram misteriosamente ou aquele time que só consegue patrocinador com a ajuda do “carequinha” e que ainda mente sobre o real valor pelo fato de ter vergonha de receber menos que os rivais .
    hhahahahhaahahahahaha
    enquanto existir torcedores desse tipo aí, cruz de savoia , midia palestrina e etc. minha alegria esta garantida.

    VIVA O NOVO GUARANI !!!!!!

  7. Rafael Machado

    Tá de olho também no caso do gás?!

    E continue mesmo olhando para este caso que a FPF presepeira iniciou…

    Ahhh tinha lhe perguntado sobre se o delegado tinha alguma ligação com o palmeiras ou a FPF (não sei se vc se recorda).

    Ontem (ou antes de ontem) o Juca postou em seu blgo que ele, o delegado, foi agraciado com o cargo de auditor do TJD/SP.

    Estranho não!?

  8. hiran

    Estava na hora dessa síndrome de vítima e da verborragia dos dirigentes da SPFW terminar. Eles falam o que querem, na hora que querem, e ninguém faz nada. Bem, não fazia, porque agora estão fazendo (eu acho).

    Pra deixar bem claro, QUALQUER “agrado” enviado para autoridades ou terceiros que possam, direta ou indiretamente, ajudar o presenteador é, se não ilícito, no mínimo imoral. Não sei o que esses “dirigentes modelo” ficam gritando que não fizeram nada de errado.

  9. Diego Salem

    Com todo o respeito, o Sr. Juvenal Juvêncio não tem a menor condição de falar em público. As pessoas próximas deveriam avisar-lhe.

  10. PEDRO PAULO

    JJ deve estar brincando, porque a WTorre não tem $ e nem credibilidade para fazer obras no Parque Antárctica, além do que, ninguém sabe o que vai sobrar após a atual crise financeira, no que diz respeito aos investimentos para a COpa 2010.

  11. geraldo lina

    DIEGO DO ALEM, eu nao sei qual o clube o senhor simpatiza, mas pelo nome deve ser o time do capeta jah que o senhor eh do ALEM.

    O JJ eh lideranca entre os clubes do Brasil, sendo ateh interlocutor para assuntos de cotas de televisao, nao venha falar nada de um homem honrado que tem seus hobbies como apreciar um bom whiskey.

    Melhor um presidente com atitude do que um sem culhao como no caso de andres sanches ou della monica, ou ainda ditador como o marcelo teixeira.

    Mas deixando de lado as caracteristicas pessoais de cada um, de uma olhada soh no curriculo de cada mencionado.

    Precisa dizer mais ??? Acho que nao.

    *** ******

  12. Marcos

    Art. 221. Oferecer queixa infundada ou dar causa, por erro grosseiro ou sentimento pessoal, à instauração de inquérito ou processo na Justiça Desportiva.

    PENA: suspensão de 90 (noventa) a 360 (trezentos e sessenta) dias ou, tratando-se de entidade de administração ou de prática desportiva, multa de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) a R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais).

    ____________________________________________________________

    Este é o art. 221 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Então, espero que o Juvenal Juvencio prove de forma concreta todas as acusações que ele fez contra o presidente da FPF, numa tentativa de eximir o SPFC de responsabilidade no nebuloso escândalo do envelope são paulino.

    Se ele não conseguir prova tudo, ele tem que ser suspenso, com determina a lei. E tb se faz necessário que o tal diretor são paulino da FPF ( o que pediu demissão ) seja convocado e que tb apresente as suas provas, pois ele acusou não só o presidente da FPF, mas tb a Traffic e o Palmeiras. Então, tem que provar tudo.

    Mas parece que existe um cheiro de pizza no ar…..

    E a propósito o Juvenal declarou que ” dá ingressos a quem quiser ” e o SPFC já confirmou que deu ingressos para a FPF……

    Realmente, a situação do SPFC neste caso é delicadíssima. Se esse tribunal for sério e cumprir a lei à risca, terá que investigar minuciosamente qual a finalidade destes agrados promovidos pelo SPFC e exigir que Juvenal e Ataíde apresentem provas concretas.

  13. geraldo lina

    MARCOS, o show da MADONNA eh agora no proximo fim de semana eu acho. O 6-3-3 foi pago com ingressos, eu acredito no palmeiras campeao do mundo e no corinthians campeao da LIBERTADORES.
    Tah bom assim pra voce ?

    Preciso te mandar ir se catar ?

    *** ******

  14. EÐUARÐO 6-3-3

    Abaixo, apresento algumas estatísticas desde 1971.

    Maior Nº de Pontos

    São Paulo SP 1442

    Internacional RS 1390

    Cruzeiro MG 1338

    Maior Nº de Jogos

    Vasco RJ 995

    Flamengo RJ 986

    Internacional RS 985

    Maior Nº de Vitórias

    São Paulo SP 451

    Internacional RS 435

    Cruzeiro MG 414

    Maior Nº de Empates

    Vasco RJ 303

    São Paulo SP 291

    Corinthians SP 285

    Maior Nº de Derrotas

    Flamengo RJ 303

    Botafogo RJ 298

    Fluminense RJ 297

    Maior Nº de Gols Pró

    São Paulo SP 1537

    Vasco RJ 1471

    Cruzeiro MG 1423

    Melhor Média de Gols Pró

    São Paulo SP 1.57

    Palmeiras SP 1.49

    Vasco RJ 1.48

    Pior Média de Gols Pró

    Colatina ES 0.22

    Guará DF 0.25

    Operário PR 0.33

    Melhor Saldo de Gols

    São Paulo SP 464

    Palmeiras SP 380

    Internacional RS 351

    Pior Saldo de Gols

    Paysandu PA -196

    Sergipe SE -166

    Vitória BA -139

    Maior % de Vitórias

    São Paulo SP 45.93%

    Palmeiras SP 45.70%

    Ferroviária SP 45.00%

    Menor % de Vitórias

    Catuense BA 0.00%

    Guará DF 0.00%

    Malutrom PR 0.00%

    Maior % de Empates

    Malutrom PR 50.00%

    Pinheiros PR 48.39%

    Juventus SP 44.44%

    Menor % de Derrotas

    São Paulo SP 24.44%

    Ferroviária SP 25.00%

    Santo André SP 25.00%

    Maior % de Derrotas

    Taguatinga DF 87.50%

    Catuense BA 75.00%

    Guará DF 75.00%

    Maior Nº de Gols Contra

    Vasco RJ 1160

    Flamengo RJ 1111

    Cruzeiro MG 1102

    Melhor Média de Gols Contra

    Novo Hamburgo RS 0.78

    São José SP 0.89

    Pinheiros PR 0.90

    Pior Média de Gols Contra

    Taguatinga DF 2.63

    São Bento SP 2.20

    Piauí PI 2.16

  15. Carlos Almeida

    A coisa mais divertida é ler os comentários neste blog, quendo o assunto é o SPFC. Impressionante o número de palmeirenses frustrados que frequentam este pedaço. Você está de parabéns Paulinho, pois nenhum outro corintiano, conseguiria isto. Como eles não tem um blog confiávrl, o do PVC, não e´, ficam navegando atrás de notícias. Vocês são ridículos.

  16. Marcos

    Abaixo, algumas estatísticas desde a FUNDAÇÃO de cada um dos clubes.

    ____________________________________________________________

    Vamos analisar dois rankings interessantes do futebol brasileiro, publicados em 2007, pelo RSSSF ( link abaixo ), que retratam o desempenho dos principais times do Brasil, ao longo de sua história, uma vez que há um cômputo geral de todas as partidas realizadas por cada time.

    O primeiro é um “ ranking absoluto ”, com o total de jogos de cada equipe, o segundo é um “ ranking relativo ”, que leva em consideração o aproveitamento médio de cada equipe, ao longo de sua história.

    RANKING ABSOLUTO

    Os números se referem pela seguinte ordem: pontos, jogos, vitórias, empates, derrotas, gols pró, gols contra, saldo de gols e percentual de aproveitamento de pontos
    1º Flamengo 9879 5414 2876 1251 1287 11019 6535 4484 60,82
    2º Palmeiras 9620 5170 2783 1271 1116 10210 5864 4346 62,02
    3º Santos 9476 5272 2756 1208 1308 11248 7063 4185 59,91
    4º Grêmio 9287 4826 2782 941 1103 9952 4889 5063 64,14
    5º Vasco 9211 5012 2685 1156 1171 9987 5842 4145 61,25
    6º Inter 9144 4679 2681 1101 897 9788 4766 5022 65,14
    7º Corinthians 9027 4967 2604 1215 1148 9702 5903 3799 60,57
    8º Fluminense 8842 4943 2565 1147 1231 10029 6118 3911 59,62
    9º Atlético-MG 8823 4710 2570 1113 1027 9272 5079 4193 62,44
    10º Botafogo 8459 4827 2429 1172 1226 9588 6175 3413 58,41
    11º São Paulo 8409 4694 2399 1212 1083 8859 5330 3529 59,71
    12º Cruzeiro 7881 4272 2282 1035 955 8297 4673 3624 61,49

    RANKING RELATIVO

    Os números se referem à média de pontos por jogo, média de jogos por ano, percentual de vitórias, percentual de empates, percentual de derrotas, média de gols marcados, média de gols sofridos e média de saldo de gols
    1º Internacional 1,95 47,74 57,29 23,53 19,17 2,09 1,018 1,07
    2º Grêmio 1,92 46,85 57,72 19,49 22,85 2,06 1,013 1,04
    3º Atlético-MG 1,87 48,06 54,56 23,63 21,80 1,96 1,07 0,89
    4º Palmeiras 1,86 55,59 53,82 24,58 21,58 1,97 1,13 0,84
    5º Cruzeiro 1,84 49,67 53,41 24,22 22,35 1,94 1,09 0,84
    6º Vasco 1,83 55,07 53,57 23,06 23,36 1,99 1,16 0,82
    7º Corinthians 1,83 51,20 52,42 24,46 23,11 1,95 1,18 0,76
    8º Flamengo 1,82 56,39 53,12 23,10 23,77 2,03 1,20 0,82
    9º São Paulo 1,79 65,19 51,10 25,82 23,07 1,88 1,13 0,75
    10º Santos 1,79 55,49 52,27 22,91 24,81 2,13 1,33 0,79
    11º Fluminense 1,78 47,07 51,89 23,20 24,90 2,02 1,23 0,79
    12º Botafogo 1,75 46,86 50,32 24,28 25,39 1,98 1,27 0,70

    Fonte: http://paginas.terra.com.br/esporte/rsssfbrasil/miscellaneous/rkgcb.htm

    Detalhes interessantes: dentre os times paulistas, o Palmeiras é o que apresenta os melhores números. Pela análise destes, fica muito claro que o título de Campeão do Século XX, realmente, não foi à toa.
    Notamos, em uma breve comparação entre os 4 times paulistas, que o Santos é o que mais marcou gols, seguido pelo Palmeiras. O saldo de gols do Palmeiras é o maior, seguido pelo do Santos. O pior saldo é o do SPFC. O Palmeiras também apresenta maior percentual de vitórias, ao passo que o SPFC tem o menor. O Palmeiras tem o menor percentual de derrotas. O Palmeiras também apresenta maior média de pontos por jogo, um pouco superior ao Corinthians. Também são do Palmeiras as maiores médias de gols marcados e de saldo de gols.
    Em suma, dentre os 4 grandes paulistas, o Palmeiras é que o apresenta os melhores números, de uma maneira geral.

  17. Marcos

    O PLACAR GERAL DAS DECISÕES INDICA UMA GRANDE GOLEADA ALVIVERDE CONTRA O TIME DE JARDIM LEONOR – PALMEIRAS 6×3 SPFC

    Amigos blogonautas, tendo-se em vista que ” torcedores ” do time sem data de aniversário, a saber, o time dos vira-casacas ( conforme o livro Veneno remédio – o futebol e o Brasil – página 36 ), andam publicando, indevidamente, equivocado histórico das decisões entre o Palmeiras e tal agremiação obscura, venho, por meio desta mensagem, resgatar a verdade e a realidade histórica dos fatos.

    Ao longo da história, o Palmeiras e o time dos vira-casacas sem aniversário se enfrentaram em 9 jogos decisivos, ou seja, que decidiram títulos. Em outras palavras, em 9 oportunidades, os dois times se enfrentaram numa situação em que, ao final destas partidas, um dos dois se tornaria campeão. Abaixo, está a relação de todos eles, sendo que o Palmeiras ganhou 6 e a agremiação menor ganhou apenas 3 títulos após tais confrontos.

    1) Palestra Itália 1×0 SPFC – Campeonato Paulista de 1933

    2) Palestra Itália 4×1 SPFC – Campeonato Paulista de 1940

    3) Palmeiras 3×1 SPFC – Campeonato Paulista de 1942

    4) SPFC 1×0 Palmeiras – Campeonato Paulista de 1946

    5) Palmeiras 1×1 SPFC – Campeonato Paulista de 1950

    6) SPFC 1×0 Palmeiras – Campeonato Paulista de 1971

    7) Palmeiras 0x0 SPFC – Campeonato Paulista de 1972

    8 ) SPFC 2×1 Palmeiras – Campeonato Paulista de 1992

    9) Palmeiras 0x0 SPFC – Campeonato Brasileiro de 1973

    Em suma, o Palmeiras ganhou sobre o SPFC o Campeonato Brasileiro de 1973 e os Campeonatos Paulistas de 33, 40, 42, 50 e 72. O inverso aconteceu em 46, 71 e 92. Então, o placar geral das decisões indica uma boa goleada alviverde: Palmeiras 6×3 SPFC.

    É importante destacar duas decisões: 1971 e 1942. Em 1971, o SPFC ganhou graças a um gol legítimo que foi roubado do Palmeiras, tantas vezes comentado e reprisado nos programas esportivos. O título paulista de 1971 faz jus às tradições são paulinas de ganhar sempre com roubo e ajuda da arbitragem; portanto, podemos dizer que este de 1971 é o típico título são paulino. Por outro lado, a decisão do Paulista de 1942 foi a primeira partida em que o ex-Palestra Itália fez com o seu novo nome, Palmeiras. Nesta, o Palmeiras ganhava por 3 a 1 e poderia ampliar o placar, pois iria cobrar um pênalti. Foi quando o SPFC FUGIU de campo, pra evitar a humilhação de uma goleada. À época, a fuga covarde do time sem aniversário foi amplamente satirizada e, de forma bem humorada, relacionada ironicamente com a sua sigla, a qual, devido ao fato inusitado, passaria a significar “ Somos Pernetas Fugimos de Campo ”.

    Notamos, ao menos, uma melhora, ainda que precária, na condição moral desta agremiação. É que, em 16 de março de 2008, este mesmo time apanhou de 4 a 1 ( inclusive, com direito a sofrer gol de pênalti nos momentos finais ) deste mesmo Palmeiras e, mesmo levando baile e tomando “ olé ”, permaneceu em campo até o apito final.

    PS: E se aparecer alguém pra contestar as verdades históricas que estão relacionadas acima, fica registrado que as informações referentes aos confrontos decisivos Palmeiras x SPFC foram extraídas do livro “ A História do Campeonato Paulista ”, da Publifolha, cujos autores são Valmir Storti e André Fontenelle. Ou seja, está tudo comprovado documentalmente, segundo a melhor obra acerca do tema.

    Abaixo, algumas fichas técnicas de 3 decisões históricas, inclusive a da final roubada do Paulistão de 1971.

    08/12/1940 – PALESTRA ITÁLIA 4 x 1 SÃO PAULO – CAMPEONATO PAULISTA
    Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho – Pacaembú – São Paulo / SP – Brasil
    Árbitro: Elpídio Fiorda
    Palestra Itália (São Paulo/SP): Gijo, Carnera, Junqueira, Carlos, Oliveira, Del Nero, Luizinho, Canhoto, Etchevarrieta, Lima, Pipi – Técnico: Caetano de Domênico
    São Paulo (São Paulo/SP): Pedroza, Juarez, Squarza, Felipelli, Lola, Orozimbo, Mendes, Jofre, Hemédio, Remo, Paulo
    Gols: Pipi (Palestra Itália), 13 min, Etchevarieta (Palestra Itália), 44 min primeiro tempo, 8 min, Luizinho (Palestra Itália), 31 min, Hemédio (São Paulo), 44 min segundo tempo

    20/09/1942 – PALMEIRAS 3 x 1 SÃO PAULO – CAMPEONATO PAULISTA
    Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho – Pacaembú – São Paulo / SP – Brasil – Público: 55.913 pagantes – Renda: 231:239$000
    Árbitro: Jaime Janeiro Rodrigues
    Palmeiras (São Paulo/SP): Oberdan, Junqueira, Begliomini, Zezé Procópio, Og Moreira, Del Nero, Cláudio, Waldemar Fiúme, Villadoniga, Lima, Echevarrieta – Técnico: Armando Del Debbio
    São Paulo (São Paulo/SP): Doutor, Piolin, Virgílio, Lola, Noronha, Silva, Luizinho, Waldemar de Brito, Leônidas, Remo, Pardal – Técnico: Vicente Feola
    Expulsão: Virgílio (São Paulo)
    Gols: Cláudio (Palmeiras), 19 min, Valdemar de Brito (São Paulo), 23 min, Virgílio (São Paulo) (contra), 43 min primeiro tempo, Echevarrieta (Palmeiras), 14 min segundo tempo

    27/06/1971 – PALMEIRAS 0 x 1 SÃO PAULO – CAMPEONATO PAULISTA
    Estádio Cícero Pompeu de Toledo – Morumbi – São Paulo / SP – Brasil – Horário: 16h00 – Público: 103.887 pagantes – Renda: Cr$ 913.196,00
    Árbitro: Armando Marques (SP)
    Palmeiras (São Paulo/SP): Leão, Eurico, Luís Pereira, Minuca, Dé, Dudu, Ademir da Guia, Edu, Leivinha, César, Pio (Fedato) – Técnico: Mário Travaglini
    São Paulo (São Paulo/SP): Sérgio, Forlan, Jurandir, Arlindo, Gilberto, Édson, Gérson, Pedro Rocha (Carlos Alberto), Terto, Toninho Guerreiro, Paraná – Técnico: Osvaldo Brandão
    Cartões vermelhos: Fedato, Eurico (Palmeiras)
    Gol: Toninho Guerreiro (São Paulo), 6 min primeiro tempo

  18. Marcos

    O PLACAR GERAL DAS DECISÕES INDICA VANTAGEM ALVIVERDE SOBRE O TIME DO PARQUE SÃO JORGE – PALMEIRAS 7×6 CORINTHIANS

    Amigos blogonautas, é sabido que o Dérbi ( Palmeiras x Corinthians ) é o principal clássico do futebol brasileiro, conforme já atestaram o famoso site FootBallDerbies.com e também um dos principais veículos de comunicação do mundo, a rede norte-americana CNN. Fato que, evidentemente, não causa surpresa a qualquer pessoa que esteja minimamente familiarizada com o futebol.

    O Dérbi é capaz de levar públicos vultosos às arquibancadas, mesmo se a partida em si não é decisiva. Foi assim em 1989, em partida de fase meramente classificatória do Campeonato Paulista, quando mais de 102000 assistiram à vitória alviverde por 2 a 0. Idem em 1993, quando ambas as equipes já estavam classficadas para a fase semifinal do Paulistão, ocasião em que cerca de 93000 torcedores presenciaram a vitória corintiana por 3 a 0. E também em 2008, em partida da 1ª fase do Campeonato Paulista, quando cerca de 49000 torcedores assistiram ao triunfo palmeirense, pelo placar mínimo, com gol do Mago Valdívia.

    Pois bem, feitas estas observações introdutórias, passemos ao objeto deste comentário, ou seja os clássicos envolvendo Palmeiras e Corinthians que decidiram títulos, ou seja, aqueles que, ao seu término, iriam indicar um dos dois como campeão da competição em disputa. Palmeiras e Corinthians se enfrentaram em 13 jogos decisivos finais, ou seja, que decidiram títulos. Em outras palavras, em 13 oportunidades, os dois times se enfrentaram numa situação em que, ao final destas partidas, um dos dois se tornaria campeão. Abaixo, está a relação de todos eles, sendo que o Palmeiras somou 7 triunfos contra o Corinthians e este acumulou 6 sobre o Campeão do Século XX.

    TÍTULOS PALMEIRENSES OBTIDOS CONTRA O CORINTHIANS

    1) Palestra Itália 2×1 Corinthians – Campeonato Paulista de 1936

    2) Palestra Itália 3×1 Corinthians – Campeonato Paulista de 1938 – Edição Extra

    3) Palmeiras 3×1 Corinthians – Torneio Rio-SP de 1951

    4) Palmeiras 1×0 Corinthians – Campeonato Paulista de 1974

    5) Palmeiras 4×0 Corinthians – Campeonato Paulista de 1993

    6) Palmeiras 1×0 Corinthians – Torneio Rio-SP de 1993

    7) Palmeiras 1×1 Corinthians – Campeonato Brasileiro de 1994

    TÍTULOS CORINTIANOS OBTIDOS CONTRA O PALMEIRAS

    1) Corinthians 4×1 Palestra Itália – Campeonato Paulista de 1929

    2) Corinthians 4×1 Palmeiras – Torneio Rio-SP de 1942

    3) Corinthians 1×1 Palmeiras – Campeonato Paulista de 1954

    4) Corinthians 1×0 Palmeiras – Torneio Rio-SP de 1954

    5) Corinthians 2×1 Palmeiras – Campeonato Paulista de 1995

    6) Corinthians 2×2 Palmeiras – Campeonato Paulista de 1999

    Então, podemos verificar que o placar geral indica vantagem palmeirense por 7 a 6. Destas decisões, comentaremos, brevemente, quatro, sendo duas vencidas pelo Palmeiras ( 1974 e 1993 ) e duas vencidas pelo Corinthians ( 1954 e 1999 ).

    Em 1954, o Dérbi decidiu o famoso título do IV Centenário, intensamente comemorado e valorizado à época. Uma curiosidade marcante daquela partida que terminou empatada por 1 a 1 é que Palmeiras, de forma surpreendente, atuou com camisas da cor azul, ao invés do tradicional verde. O título de 1954 marcou o início de uma fila de títulos que somente mais de duas décadas depois.

    Em 1974, o Corinthians estava pra completar 21 anos sem conquistar o Campeonato Paulista e, novamente, encontrou o Palmeiras na final da competição. A partida, disputada num estádio do Morumbi lotado de corintianos, terminou vencida pelo Palmeiras, o que impediu que a fila alvinegra terminasse naquele ano.

    Em 1993, a situação já havia se invertido e quem estava na fila era o Palmeiras. Depois de ter perdido para o Corinthians na fase classificatória ( 3×0 ) e na primeira partida final ( 1×0 ), com a polêmica comemoração de Viola, imitando um ” porco “, o Palmeiras chegou ao jogo final extremamente pressionado, necessitando de uma vitória no tempo normal e um empate na prorrogação. Conseguiu mais do que isso, fazendo 3 a 0 no tempo regulamentar e 1 a 0 na prorrogação, numa atuação de gala. Este é considerado por muitos palmeirenses como o título mais importante da história do clube.

    Em 1999, poucos dias após ter o Palmeiras vencido o título da Copa Libertadores, viram-se, novamente, frente a frente, os dois maiores times do Brasil, na final do Paulistão. Na primeira partida, extremamente polêmica, o Corinthians venceu por 3 a 0, com a tradicional ajuda do apito. Na segunda partida, com o título praticamente garantido, o placar apontava 2 a 2 quando o Edílson começou a fazer ” embaixadinhas “, logo após ter feito o gol de empate. Foi o suficiente pra desencadear a maior ” batalha campal ” do futebol brasileiro, das últimas décadas. Com a pancadaria generalizada, o árbitro resolveu dar a partida por encerrada e o Corinthians ficou com mais um título.

    Abaixo, disponibilizo as fichas técnicas destas quatro partidas históricas.

    06/02/1955 – CORINTHIANS 1 x 1 PALMEIRAS – CAMPEONATO PAULISTA DE 1954

    Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho – Pacaembú – São Paulo / SP – Brasil
    Árbitro: Esteban Marino (URU)

    Corinthians (São Paulo/SP): Gilmar, Homero, Alan, Idário, Goiano, Roberto Belangero, Cláudio, Luizinho, Baltazar, Rafael Chiarella, Simão – Técnico: Oswaldo Brandão
    Palmeiras (São Paulo/SP): Laércio, Manoelito, Cação, Nilo, Waldemar Fiúme, Dema, Liminha, Humberto Tozzi, Ney, Jair Rosa Pinto, Rodrigues – Técnico: Aymoré Moreira
    Gols: Luizinho (Corinthians), 10 min primeiro tempo, Ney (Palmeiras), 7 min segundo tempo

    22/12/1974 – PALMEIRAS 1 x 0 CORINTHIANS – CAMPEONATO PAULISTA 1974

    Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo – Morumbi, em São Paulo/SP
    Árbitro: Dulcídio Wanderley Boschillia
    Público: 120.522 pagantes pagantes.
    Gol: Ronaldo aos 24 minutos do segundo tempo.

    Palmeiras: Leão; Jair Gonçalves, Luís Pereira, Alfredo Mostarda e Zeca; Dudu e Ademir da Guia; Edu, Leivinha, Ronaldo e Nei.
    Técnico: Oswaldo Brandão.
    Corinthians: Buttice; Zé Maria, Brito, Ademir e Wladimir; Tião e Rivellino; Vaguinho, Zé Roberto, Lance e Adãozinho (Pita).Técnico: Sylvio Pirillo.

    12/06/1993 – PALMEIRAS 3 (1) x (0) 0 CORINTHIANS – CAMPEONATO PAULISTA
    Estádio Cícero Pompeu de Toledo – Morumbi – São Paulo / SP – Brasil – Público: 104.401 pagantes – Renda: Cr$ 18.154.900.000,00
    Árbitro: José Aparecido de Oliveira (SP)
    Palmeiras (São Paulo/SP): Sérgio, Mazinho, Antônio Carlos, Tonhão, Roberto Carlos, César Sampaio, Daniel Frasson, Edílson (Jean Carlo), Zinho, Edmundo, Evair (Alexandre Rosa) – Técnico: Wanderley Luxemburgo
    Corinthians (São Paulo/SP): Ronaldo, Leandro Silva, Marcelo Djian, Henrique, Ricardo Evaristo, Ezequiel, Marcelinho Paulista, Paulo Sérgio, Adil (Tupãzinho / Wílson), Viola, Neto – Técnico: Nelsinho Baptista
    Cartões amarelos: Roberto Carlos, Mazinho, Zinho, Edmundo (Palmeiras), Henrique, Marcelo Leandro, Ronaldo, Neto (Corinthians) – cartões vermelhos: Tonhão (Palmeiras), Henrique, Ronaldo, Ezequiel (Corinthians)
    Gols: Zinho (Palmeiras), 36 min primeiro tempo, Evair (Palmeiras), 28 min, Edílson (Palmeiras), 38 min segundo tempo, Evair (Palmeiras) (pênalti), 10 min primeiro tempo prorrogação

    20/06/1999 – PALMEIRAS 2 x 2 CORINTHIANS – CAMPEONATO PAULISTA DE 1999

    Estádio Cícero Pompeu de Toledo – Morumbi – São Paulo / SP – Brasil – Horário: 16h00 – Público: 59.700 pagantes
    Árbitro: Paulo César Oliveira (SP) – Assistentes: Válter José dos Reis (SP), Francisco Rubens Feitosa (SP)
    Palmeiras (São Paulo/SP): Marcos, Arce, Cléber, Roque Júnior, Júnior, Rogério, Zinho, Alex (Agnaldo, depois Galeano), Evair, Paulo Nunes, Oséas – Técnico: Luiz Felipe Scolari
    Corinthians (São Paulo/SP): Maurício, Índio, Gamarra, Nenê, Silvinho, Rincón, Vampeta, Ricardinho, Marcelinho, Edílson, Fernando Baiano (Dinei) – Técnico: Oswaldo de Oliveira
    Cartões amarelos: Arce (Palmeiras), Rincón, Maurício, Marcelinho Carioca, Edílson (Corinthians) – cartão vermelho: Cléber (Palmeiras)
    Gols: Marcelinho Carioca (Corinthians), 35 min, Evair (Palmeiras), 36 min, 40 min primeiro tempo, Edílson (Corinthians), 29 min segundo tempo

    PS: As fontes são o livro “ A História do Campeonato Paulista ”, da Publifolha ( cujos autores são Valmir Storti e André Fontenelle ), os sites ” Palmeiras RFB “, ” Ponto Verde ” e RSSSF ( quando podia ser consultado…. ).

  19. geraldo lina

    pessoal, eu nao tenho saco pra estatisticas, ateh porque to fazendo um dossie cala a boca pra uma pessoa.
    serah que alguem pode rebater esse EXTRA-TERRESTRE ?
    abracos
    *** ******

  20. geraldo lina

    porque extra-terrestre ?

    porque eh verde, pequenininho, cabecudo e pensa que poe medo em alguem…

    8)

    *** ******

  21. Carlos Augusto

    SEMPRE É BOM LEMBRAR , AFINAL DE CONTAS EXISTEM PESSOAS QUE NÃO SABEM LER CORRETAMENTE

    AVE SÃO PAULO
    (marca registrada, exclusivo da torcida do São Paulo)

    – O LEGÍTIMO SUPER CAMPEÃO DO BRASIL
    – O PRIMEIRO HEXA CAMPEÃO DO BRASIL
    – O PRIMEIRO TRICAMPEÃO DA HISTÓRIA DO BRASIL
    – O LEGÍTIMO GANHADOR DA TAÇA DE BOLINHAS PELA 2ª VEZ
    – RECORDISTA ABSOLUTO EM ACÚMULO DE PONTOS DO CAMPEONATO NACIONAL
    – CLUBE QUE MAIS FORNECEU JOGADORES PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA
    – RECORDISTA BRASILEIRO DE PARTICIPAÇÕES CONSECUTIVAS EM LIBERTADORES
    – O MAIOR CONQUISTADOR DE TORNEIOS INTERNACIONAIS DO BRASIL
    – TRI CAMPEÃO MUNDIAL DE FUTEBOL
    – TRI CAMPEÃO DA LIBERTADORES DA AMÉRICA

    – THE GREAT CONQUEROR OF THE BRAZILIAN CHAMPIONSHIP IN ACCUMULATED POINTS ( FIFA )
    – THE SAO PAULO FC IS THE JEWEL OF THE CROW OF THE BRAZILIAN FOOTBALL
    (BBC- London)
    – SAO PAULO FC DÉMONTRE SON POUVOIR ENCORE UNE FOIS , TRI CHAMPIONNE DU
    BRÉSIL (Le Monde)

    – AVE SÃO PAULO , TÚ ES GRANDE, TÚ ÉS FORTE , ÉS A CASA DOS DEUSES DA VITÓRIA E DOS CONQUISTADORES

    – AQUÊLES QUE NÃO PERTENCEM A TÍ , QUE SE CURVEM E TE REVERENCIEM

    – TUA ONIPOTÊNCIA INCOMODA A TÔDOS QUE GOSTARIAM DE SER COMO TU

    – ÉS MAGNÂNIMO COM O SEU PERPÉTUO MANTO DE 3 CORES

    – CORES QUE ENVOLVEM TÔDAS AS PAIXÕES QUE CRIASTE

    – PAIXÕES QUE SE UNEM EM VOLTA DE TUAS CONQUISTAS

    – AVE SÃO PAULO, TUA NAÇÃO TE AGRAÇA COM TEU HINO, E SEU GRITO DE GUERRA

    “Salve o tricolor
    paulista,
    Amado clube brasileiro
    Tu és forte, tu és grande
    Dentre os grandes, és o primeiro.

    Oh, Tricolor,
    Clube bem-amado,
    As tuas glórias
    Vêm do passado.

    São teus guias brasileiros,
    Que te amam eternamente,
    De São Paulo tens o nome
    Que ostentas dignamente.

    Oh, Tricolor…

    (Segunda Parte)
    Trazes glórias luminosas
    Do Paulistano imortal,
    Da Floresta também trazes
    Um brilho tradicional.

    Oh, Tricolor…

    São Paulo, clube querido,
    Tu tens o nosso amor,
    Teu nome e tuas glórias
    Tem honra e resplendor.

    Oh, Tricolor…

    Tuas cores gloriosas
    Despertam amor febril
    Pela terra bandeirante
    Honra e glória no Brasil

    Oh, Tricolor…

    AVE SÃO PAULO , OBRIGADO POR EXISTIR !

    NOSSA HOMENAGEM AO ETERNO MESTRE TELE SANTANA
    1991 – Campeão Paulista (São Paulo)
    1991 – Campeão Brasileiro (São Paulo)
    1992 – Campeão Paulista (São Paulo)
    1992 – Campeão da Taça Libertadores da América (São Paulo)
    1992 – Campeão Mundial de Clubes (São Paulo)
    1993 – Campeão da Taça Libertadores da América (São Paulo)
    1993 – Campeão da Supercopa da Libertadores (São Paulo)
    1993 – Campeão da Recopa Sul-Americana (São Paulo)
    1993 – Campeão Mundial de Clubes (São Paulo)
    1994 – Campeão da Recopa Sul-Americana (São Paulo)
    1994 – Campeão da Copa Conmebol (São Paulo) Na verdade esse título foi ganho com o Muricy…
    1995 – Copa de Clubes Brasileiros Campeões Mundiais (São Paulo)

    – Cidade de Barcelona (ESP): 91
    – Ramón de Carranza (ESP): 92
    – Teresa Herrera (ESP): 92
    – Cidade de Barcelona (ESP): 92
    – Cidade de Santiago (CHI): 93
    – Santiago de Compostela (ESP): 93
    – Troféu Jalisco (MEX): 93
    – Cidade de Los Angeles (EUA): 93

    NOSSA HOMENAGEM AO DISCÍPULO DO MESTRE : MURICY RAMALHO

    Campeonato Paulista: 1975
    Campeonato Brasileiro: 1977
    Campeonato Mexicano: 1983
    Copa Conmebol: 1994
    Copa da China: 1998
    Campeonato Pernambucano: 2001
    Campeonato Pernambucano: 2002
    Campeonato Gaúcho: 2003
    Campeonato Paulista: 2004
    Campeonato Gaúcho: 2005
    Vice Campeão Brasileiro: 2005
    Campeonato Brasileiro: 2006
    Campeonato Brasileiro: 2007
    Campeonato Brasileiro: 2008

    E A TÔDOS OS TÉCNICOS QUE FIZERAM NOSSA HISTÓRIA :

    – Alberto Zarzur
    – Alexi Stival
    – Alfredo Ramos
    – Amílcar Barbuy
    – Armando Del Debbio
    – Armando Federico Renganeschi
    – Aymoré Moreira
    – Carlos Alberto Parreira
    – Carlos Alberto Silva
    – Otacílio Pires de Camargo
    – Conrado Ross
    – Darío Pereyra
    – Flávio Costa
    – Francisco Ferreira de Aguiar
    – Béla Guttmann
    – Jorge Gomes de Lima
    – Jair Rosa Pinto
    – José Carlos Serrão
    – José Macia
    – José Poy
    – Emerson Leão
    – Leônidas da Silva
    – Levir Culpi
    – Manuel Raimundo Pais de Almeida
    – Mário Sérgio Pontes de Paiva
    – Muricy Ramalho
    – Nelsinho Baptista
    – Osvaldo Alvarez
    – Osvaldo Brandão
    – Oswaldo de Oliveira Filho
    – Paulo Autuori
    – Paulo César Carpeggiani
    – Ramón Platero
    – Remo Januzzi
    – Roberto Rojas
    – Rubens Francisco Salles
    – Rubens Minelli
    – Sylvio Pirillo
    – Telê Santana da Silva (o mestre)
    – Valdir Joaquim de Moraes
    – Vicente Feola
    – Zezé Moreira

    AGRADECEMOS A TÔDOS VÔCES QUE FIZERAM DO SÃO PAULO O MAIOR CLUBE DO MUNDO.

    AVE SÃO PAULO!

    CONTRA TUDO E CONTRA TÔDOS
    CONTRA A QUADRILHA DO GÁS
    CONTRA A FPF ALIADA A QUADRILHA DO GÁS
    CONTRA O MARCO POLO DEL NERO, O IRRESPONSÁVEL

    É A VITÓRIA DO BEM CONTRA O MAL

  22. Kiko

    VAI UM DOS MEMBROS DA QUADRILHA DO GÁS , VEJAM A DECLARAÇÃO DO PRESIDENTE DO STJD

    “Nos depoimentos que foram colhidos, não há envelope nenhum, até porque, se houvesse, teria de ser apresentado. Se algo fosse entregue na Federação deveria ter sido apreendido. Por isso estou achando estranho. Vamos apurar se a denúncia foi uma leviandade ou se foi coisa séria”, concluiu o presidente do STJD.”

    O MARCO POLO ATUOU PROL QUADRILHA DO GÁS E A CASA VAI CAIR , CHEGA DE SUJEIRA VERDE NO FUTEBOL, NO ULTIMO PAULISTINHA ELES GANHARAM O CAMPEONATO AS CUSTAS DE PENALIDADES DADAS A FAVOR , LOGICAMENTE COM AJUDA DO MARCO POLO .

    17/12/2008 20:12:12
    Proibição de presentes a árbitros surpreende STJD
    17/12/2008 18:44:00
    No STJD, Juvenal critica Del Nero e confirma presença em show
    17/12/2008 16:40:07
    IML diz que tiro causou morte de são-paulino no DF
    17/12/2008 16:02:00
    Renato Silva: “Quero ganhar tudo que for possível”
    17/12/2008 15:42:00
    Dirigente do Flu minimiza saída de Washington
    17/12/2008 14:54:50
    Anderson pode trocar São Paulo pelo Flamengo
    17/12/2008 14:18:54
    Fluminense perto de renovar com Conca
    17/12/2008 14:09:52
    Botafogo quer retornos de Juninho e André Lima
    16/12/2008 17:26:01
    Caso Tardelli: STJD ouve Juvenal nesta quarta
    16/12/2008 13:39:26
    Washington e Renato Silva, os presentes do Tricolor

  23. Kiko

    VAI CAIR UM DOS MEMBROS DA QUADRILHA DO GÁS , VEJAM A DECLARAÇÃO DO PRESIDENTE DO STJD

    “Nos depoimentos que foram colhidos, não há envelope nenhum, até porque, se houvesse, teria de ser apresentado. Se algo fosse entregue na Federação deveria ter sido apreendido. Por isso estou achando estranho. Vamos apurar se a denúncia foi uma leviandade ou se foi coisa séria”, concluiu o presidente do STJD.”

    O MARCO POLO ATUOU PROL QUADRILHA DO GÁS E A CASA VAI CAIR , CHEGA DE SUJEIRA VERDE NO FUTEBOL, NO ULTIMO PAULISTINHA ELES GANHARAM O CAMPEONATO AS CUSTAS DE PENALIDADES DADAS A FAVOR , LOGICAMENTE COM AJUDA DO MARCO POLO .

  24. Kiko

    O IDIOTA DO MARCO POLO MENTIU PARA O STJD

    Rio de Janeiro (RJ) – Em depoimento na sede do superior Tribunal de Justiça Desportiva, na tarde desta quarta-feira, o presidente do São Paulo Juvenal Juvêncio novamente culpou o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero, pela polêmica envolvendo o afastamento do árbitro Wagner Tardelli do jogo que decidiu o título do Campeonato Brasileiro ao Tricolor.
    “O Marco Polo Del Nero disse à CBF que tão logo teve notícias se comunicou com o Ministério Público e obteve dela uma posição de troca da arbitragem, sendo que ele esposava essa opinião. Já em nota oficial, o MP diz que, quando procurado pelo Del Nero o sugeriu que ele procurasse a Comissão de Arbitragem. Ou seja, os comunicados oficiais se chocam”, acusou o mandatário são-paulino, segundo o site Justiça desportiva.

    O relator do inquérito que investiga o “Caso Tardelli”, Virgílio Vidal, só esperava o depoimento de Juvenal Juvêncio para analisar o imbróglio e enviar a conclusão ao presidente do STJD, Rubens Approbato Machado, que examinará o relatório e promete até o fim de dezembro definir se denunciará alguns dos envolvidos no caso.

    Antes do presidente são-paulino, foram ouvidos pelo tribunal Del Nero e seu vice, Reinaldo Carneiro Bastos, Sérgio Corrêa, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, o árbitro Wagner Tardelli e as secretárias da Federação Paulista de Futebol e do São Paulo.

    Um dia antes da partida entre São Paulo e Goiás, pela última rodada do Brasileirão, o presidente da entidade paulista denunciou a existência de um envelope que seria enviado a Tardelli, o que provocou o afastamento do árbitro da partida que definiu o hexacampeonato nacional ao Tricolor.

    Logo na véspera da partida surgiu a notícia de que o envelope continha ingressos do show da Madonna, que será realizado no estádio do Morumbi neste mês. O São Paulo negou envolvimento no caso e rompeu relações com a FPF. Após seu depoimento no STJD, Juvenal confirmou presença no evento da popstar. “Sim, irei”, resumiu.

    O dirigente também confirmou a possobilidade de jogar o Campeonato Paulista com um time reserva por causa da relação conturbada com a Federação. ”Podemos sim jogar como time reserva. Mas ainda vou ver isso. E se não jogar com o time reserva farei isso em respeito aos contratos que temos, sobretudo com a televisão”, ressalvou.

    Já sobre o STJD, Juvenal elogiou a postura do órgão no ‘Caso Tardelli’. ”O tribunal, na figura do relator Virgílio Val, tem se mostrado bastante empenhado e sério, sem nenhuma pirotecnia. Tenho visto muita seriedade e competência jurídica na condução deste Inquérito”, finalizou

  25. Marcos Ricardo Justo

    SEMPRE É BOM LEMBRAR , AFINAL DE CONTAS EXISTEM PESSOAS QUE NÃO SABEM LER CORRETAMENTE

    AVE SÃO PAULO
    (marca registrada, exclusivo da torcida do São Paulo)

    – O LEGÍTIMO SUPER CAMPEÃO DO BRASIL
    – O PRIMEIRO HEXA CAMPEÃO DO BRASIL
    – O PRIMEIRO TRICAMPEÃO DA HISTÓRIA DO BRASIL
    – O LEGÍTIMO GANHADOR DA TAÇA DE BOLINHAS PELA 2ª VEZ
    – RECORDISTA ABSOLUTO EM ACÚMULO DE PONTOS DO CAMPEONATO NACIONAL
    – CLUBE QUE MAIS FORNECEU JOGADORES PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA
    – RECORDISTA BRASILEIRO DE PARTICIPAÇÕES CONSECUTIVAS EM LIBERTADORES
    – O MAIOR CONQUISTADOR DE TORNEIOS INTERNACIONAIS DO BRASIL
    – TRI CAMPEÃO MUNDIAL DE FUTEBOL
    – TRI CAMPEÃO DA LIBERTADORES DA AMÉRICA

    – THE GREAT CONQUEROR OF THE BRAZILIAN CHAMPIONSHIP IN ACCUMULATED POINTS ( FIFA )
    – THE SAO PAULO FC IS THE JEWEL OF THE CROW OF THE BRAZILIAN FOOTBALL
    (BBC- London)
    – SAO PAULO FC DÉMONTRE SON POUVOIR ENCORE UNE FOIS , TRI CHAMPIONNE DU
    BRÉSIL (Le Monde)

    – AVE SÃO PAULO , TÚ ES GRANDE, TÚ ÉS FORTE , ÉS A CASA DOS DEUSES DA VITÓRIA E DOS CONQUISTADORES

    – AQUÊLES QUE NÃO PERTENCEM A TÍ , QUE SE CURVEM E TE REVERENCIEM

    – TUA ONIPOTÊNCIA INCOMODA A TÔDOS QUE GOSTARIAM DE SER COMO TU

    – ÉS MAGNÂNIMO COM O SEU PERPÉTUO MANTO DE 3 CORES

    – CORES QUE ENVOLVEM TÔDAS AS PAIXÕES QUE CRIASTE

    – PAIXÕES QUE SE UNEM EM VOLTA DE TUAS CONQUISTAS

    – AVE SÃO PAULO, TUA NAÇÃO TE AGRAÇA COM TEU HINO, E SEU GRITO DE GUERRA

    “Salve o tricolor
    paulista,
    Amado clube brasileiro
    Tu és forte, tu és grande
    Dentre os grandes, és o primeiro.

    Oh, Tricolor,
    Clube bem-amado,
    As tuas glórias
    Vêm do passado.

    São teus guias brasileiros,
    Que te amam eternamente,
    De São Paulo tens o nome
    Que ostentas dignamente.

    Oh, Tricolor…

    (Segunda Parte)
    Trazes glórias luminosas
    Do Paulistano imortal,
    Da Floresta também trazes
    Um brilho tradicional.

    Oh, Tricolor…

    São Paulo, clube querido,
    Tu tens o nosso amor,
    Teu nome e tuas glórias
    Tem honra e resplendor.

    Oh, Tricolor…

    Tuas cores gloriosas
    Despertam amor febril
    Pela terra bandeirante
    Honra e glória no Brasil

    Oh, Tricolor…

    AVE SÃO PAULO , OBRIGADO POR EXISTIR !

    NOSSA HOMENAGEM AO ETERNO MESTRE TELE SANTANA
    1991 – Campeão Paulista (São Paulo)
    1991 – Campeão Brasileiro (São Paulo)
    1992 – Campeão Paulista (São Paulo)
    1992 – Campeão da Taça Libertadores da América (São Paulo)
    1992 – Campeão Mundial de Clubes (São Paulo)
    1993 – Campeão da Taça Libertadores da América (São Paulo)
    1993 – Campeão da Supercopa da Libertadores (São Paulo)
    1993 – Campeão da Recopa Sul-Americana (São Paulo)
    1993 – Campeão Mundial de Clubes (São Paulo)
    1994 – Campeão da Recopa Sul-Americana (São Paulo)
    1994 – Campeão da Copa Conmebol (São Paulo) Na verdade esse título foi ganho com o Muricy…
    1995 – Copa de Clubes Brasileiros Campeões Mundiais (São Paulo)

    – Cidade de Barcelona (ESP): 91
    – Ramón de Carranza (ESP): 92
    – Teresa Herrera (ESP): 92
    – Cidade de Barcelona (ESP): 92
    – Cidade de Santiago (CHI): 93
    – Santiago de Compostela (ESP): 93
    – Troféu Jalisco (MEX): 93
    – Cidade de Los Angeles (EUA): 93

    NOSSA HOMENAGEM AO DISCÍPULO DO MESTRE : MURICY RAMALHO

    Campeonato Paulista: 1975
    Campeonato Brasileiro: 1977
    Campeonato Mexicano: 1983
    Copa Conmebol: 1994
    Copa da China: 1998
    Campeonato Pernambucano: 2001
    Campeonato Pernambucano: 2002
    Campeonato Gaúcho: 2003
    Campeonato Paulista: 2004
    Campeonato Gaúcho: 2005
    Vice Campeão Brasileiro: 2005
    Campeonato Brasileiro: 2006
    Campeonato Brasileiro: 2007
    Campeonato Brasileiro: 2008

    E A TÔDOS OS TÉCNICOS QUE FIZERAM NOSSA HISTÓRIA :

    – Alberto Zarzur
    – Alexi Stival
    – Alfredo Ramos
    – Amílcar Barbuy
    – Armando Del Debbio
    – Armando Federico Renganeschi
    – Aymoré Moreira
    – Carlos Alberto Parreira
    – Carlos Alberto Silva
    – Otacílio Pires de Camargo
    – Conrado Ross
    – Darío Pereyra
    – Flávio Costa
    – Francisco Ferreira de Aguiar
    – Béla Guttmann
    – Jorge Gomes de Lima
    – Jair Rosa Pinto
    – José Carlos Serrão
    – José Macia
    – José Poy
    – Emerson Leão
    – Leônidas da Silva
    – Levir Culpi
    – Manuel Raimundo Pais de Almeida
    – Mário Sérgio Pontes de Paiva
    – Muricy Ramalho
    – Nelsinho Baptista
    – Osvaldo Alvarez
    – Osvaldo Brandão
    – Oswaldo de Oliveira Filho
    – Paulo Autuori
    – Paulo César Carpeggiani
    – Ramón Platero
    – Remo Januzzi
    – Roberto Rojas
    – Rubens Francisco Salles
    – Rubens Minelli
    – Sylvio Pirillo
    – Telê Santana da Silva (o mestre)
    – Valdir Joaquim de Moraes
    – Vicente Feola
    – Zezé Moreira

    AGRADECEMOS A TÔDOS VÔCES QUE FIZERAM DO SÃO PAULO O MAIOR CLUBE DO MUNDO.

    AVE SÃO PAULO!

    CONTRA TUDO E CONTRA TÔDOS
    CONTRA A QUADRILHA DO GÁS
    CONTRA A FPF ALIADA A QUADRILHA DO GÁS
    CONTRA O MARCO POLO DEL NERO, O IRRESPONSÁVEL

    É A VITÓRIA DO BEM CONTRA O MAL

  26. hiran

    O SPFW é tão desprovido de biografia e história que acha que o futebol no Brasil começou a partir de 1971. Para elas, é como se antes não houvesse nada….

    Coitadas

  27. geraldo lina

    HIRAN, o SAO PAULO FC foi fundado em 1935, entao obviamente que o futebol nao nasceu em 1971.

    Agora essa questao voce deve discutir com a FIFA e CBF, nos os saopaulinos nao temos culpa se tais instituicoes nao consideram TACA BRASIL e ROBERTAO como campeonato brasileiro.

    Deve ser duro estar metendo goleada e tomar a virada neh meu querido ??? Soh que voce nao contava com alguem que jah nasceu GIGANTE: O SAO PAULO FC.

    *** ******

  28. geraldo lina

    CARLOS AUGUSTO e KIKO.

    SAUDACOES TRICOLORES

    2009 PROMETE PRA DESESPERO DO MERETRICIO

    __X__

    Depois do que eu acabo de saber, a partir de agora eu assino assim:

    ***(*) ******(*)

    Abracos

    PS. Se confirmado o meio campo do MAIOR DO MUNDO, esse pais vai tremer…

    8)

  29. Ricardo Lopes - Original

    Não sei ainda Geraldo, ela disse que tem pedir autorização pro Lina, capiche hahahahahahahaha

  30. Ricardo Lopes - Original

    Geraldo, O SPFW nasceu natimorto, agora falta você comparar com JC que ressucitou.

    Aleluia.

  31. geraldo lina

    AINDA BEM QUE VOCE SABE MEU FILHO, KI QUEM MANDA LAH SOU EU.
    HUAHUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUHA
    8)

    JAMAIS COMPARARIA O DEUS VIVO COM O SAO PAULO.

    AGORA PRA QUEM NASCEU NATIMORTO, TER UM 6-3-3 ATEH QUE NAO
    EH NADA MAL.

    DO OUTRO LADO DO MURO, A DEBANDADA GERAL E IRRESTRITA CONTINUA

    *** ******

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas