Advertisements

Farra Olímpica

 

O Ministério do Esporte está gastando mais R$ 6 milhões, sem licitação, para o “projeto” Olímpico brasileiro de 2016.

Orlando Silva Junior e Carlos Arthur Nuzman divertem-se com o dinheiro público.

Confira abaixo.

Facebook Comments
Advertisements

7 comentários sobre “Farra Olímpica

  1. Vinicius Duarte

    Lei .8666/93 (lei das licitações)

    “art. 24 – É dispensada a licitação:

    …IV – nos casos de emergência ou de calamidade pública, quando caracterizada urgência de atendimento de situação que possa ocasionar prejuízo ou comprometer a segurança de pessoas, obras, serviços, equipamentos e outros bens, públicos ou particulares, e somente para os bens necessários ao atendimento da situação emergencial ou calamitosa e para as parcelas de obras e serviços que possam ser concluídas no prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias consecutivos e ininterruptos, contados da ocorrência da emergência ou calamidade, vedada a prorrogação dos respectivos contratos;…”

    O pessoal entendeu mal… Viram que O COB era uma calamidade pública e assinaram a dispensa.

  2. CONTRA A IMPUNIDADE

    Precisamos lembrar ao senhor Paulinho, dono do blog, que nós torcedores e trabalhadores que pagam impostos e suas contas em dia; nós que participamos de eleições e tentamos nos fazer representar da melhor maneira possivel, estamos INDIGNADOS com a demora referente ao processo de apuração e punição dos responsáveis pelo caso do gás na semi-final do campeonato paulista de 2008.
    Mesmo após o JORNAL LANCE ter divulgado que durante as escutas telefônicas no caso da máfia dos ingressos, foram encontradas/criadas provas ( gracações de conversas ) do envolvimento de torcedores e dirigentes da Sociedade Esportiva Palmeiras, estranhamente notamos “morosidade” no processo.
    Gentilmente solicitamos ao caro jornalista, que nos informe, cobre, investigue.
    Nós não queremos de forma alguma ter gente desta espécie vestidos de representantes mascarados de pessoas de bem em nosso meio.

    QUE SE INVESTIGUE, QUE JULGUEM E PRINCIPALMENTE QUE PUNAM OS RESPONSÁVEIS.

    NÃO A IMPUNIDADE !!!

  3. Rafaela

    A propósito, o Ministério do Esporte vulgarmente conhecido como Ministério Tapioca agora só pensa naquilo: liberar dinheiro para o Nuzman e o COB encherem mais os bolsos. Alguem precisa avisar o Presidente Lula que o botaram um bode na sua sala: a prestação de contas dos Jogos Panamericanos que também foi feita sem licitação, claro, era caso de calamidade pública ou será que era porque os Comunistas que não sabem ler e cumprir a Lei? Será que eles estão acima das Leis ou não gostam de cumpri-las. O pior dessa historia é que tudo isso é patrocinado pelo nosso suado dinheirinho dos impostos de cada dia.

  4. Rodrigo L

    Repúdio à homofobia do programa eleitoral da Marta

    Se você conhece um pouco de etimologia, sabe que política vem de pólis, cidade em grego. Mas se não sabe, talvez saiba que o animal político a que se refere Aristóteles é aquele que se preocupa com o bem comum. Fragmentações partidárias de lado, a função do político deveria ser zelar pelo espaço público que irá administrar. Obviamente, se teoria e prática convergissem numa só idéia e realidade, este texto não existiria. Eis o ponto.

    Domingo passado foi um dia raro. Mais importante que Nossa Senhora, as Crianças, o Descobrimento da América ou o primeiro aniversário do meu gato caçula – o Ludovico – foi a TV ter ficado ligada. Nem sei que horas eram quando apareceu a vinheta da candidata Marta Suplicy questionando o misterioso passado de Gilberto Kassab. De início, nada de anormal, pois de fato é importante acompanhar a trajetória pública de quem será o grande responsável pela condução da cidade. O problema é que a coisa não parou por aí. O locutor petista indagava se Kassab era casado e se tinha filhos. Partindo do pressuposto de que a Marta não nasceu ontem, o bom entendedor percebe de cara que se anunciava – a todos que ainda não sabiam – o homossexualismo do candidato do DEM.

    Trata-se de baixaria. Ainda que o coordenador da campanha tente disfarçar, a verdade é que a candidata ultrapassou os limites que deveria haver entre o particular e o público. Até aí, nenhuma novidade. Na década de 1930, Sérgio Buarque de Holanda, no seu Raízes do Brasil, já destacava a confusão entre o público e o privado como característica do “homem cordial”. Alguns poderão se espantar: mas a Marta que sempre defendeu a minoria… Isso que dá a minoria não se defender com suas próprias armas.

    Nada do que eu escrevi indica que o Kassab será um bom prefeito. Nem acho que valha a pena alimentar esse tipo de sentimento. Já escrevi aqui sobre a nociva dependência do indivíduo em relação ao Estado, mas não pretendo me repetir. Um sujeito cujo blog sempre recebe minha visita resumiu muito bem essa idéia: Em política, só o ceticismo em relação ao Estado salva.

    Link da baixaria: http://www.marta13.can.br/videos_comerciais.php?videoId=457

  5. Edson

    Caro Paulinho,
    Que vergonha! Sou professor de Educação Fisica e na minha escola falta o mais elementar para uma aula desta disciplina, materiais esportivos porque nossa escola não possue de recursos financeiros para comprar materiais, como bolas, uniformes, apitos e etc. Então nossas crianças ficam a ver navios…
    Quando vejo uma noticia desta, que o nosso Ministério do Esporte distribui dinheiro desta forma para publiciade e sem licitação, tudo fora da Lei, assim não dá..ISSO É UMA TREMENDA VERGONHA!
    Paulinho esta foi demais! Grande furo de reportagem!

  6. Alexandre Amaral

    Breve biografia d Orlando Silva;

    Ontem: Comunista e Presidente da UNE

    Hoje: Fanfarrão do cartão corporativo – comprovou-se q gosta muito d fazer refeições nos 2 dos mais famosos e caros restaurantes dos Jardins (Bela Cintra e Le Vin Bistro)* onde a média dos dos pratos servidos gira em torno d R$150,00, em um deles pagou 500 pila e no outro 200, é claro, sempre pagando c/ o cartão “sustenta mamata”.

    Por isso, esse comunista d boutique e a corja petista são a materialização daqle famoso apotegma:

    “O desejo de todo oprimido ao chegar ao poder não é a sociedade igualitária, mas sim tornar-se opressor”

    *Sei pq li. Apesar d ser sãopaulino ñ tenho cacife p frequentar tais lugares rsrsrs

    abs

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: