Advertisements

Bobô é denunciado criminalmente pela tragédia da Fonte Nova

 Da Tribuna da Imprensa

http://www.tribunadaimprensa.com.br/

SALVADOR – Exatos cem dias depois da tragédia da Fonte Nova, na qual sete pessoas morreram quando um trecho do anel superior da arquibancada do estádio desabou, o Ministério Público da Bahia ofereceu denúncia à Justiça, na tarde de ontem, contra o diretor-geral da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), Raimundo Nonato Tavares da Silva (o ex-jogador Bobô), e o engenheiro civil Nilo dos Santos Júnior, ex-diretor de Operações da Sudesb, que foi exonerado no fim de janeiro. Eles são acusados por homicídio culposo e lesão corporal de natureza culposa.

Segundo o promotor Nivaldo Aquino, que cuida do caso, Bobô e Nilo dos Santos Júnior são qualificados como co-autores da tragédia. “Eles não observaram os deveres alusivos à política de manutenção do equipamento desportivo”, explicou.

Sobre a não inclusão na denúncia dos demais citados no inquérito criminal conduzido pela Polícia Civil – o diretor-técnico de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Virgílio Elísio, o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigo Gomes, e o presidente do Esporte Clube Bahia, Petrônio Barradas -, Nivaldo Aquino alegou que a decisão foi tomada depois de uma série de entrevistas e análises de documentos.

“Concluímos que os demais não tiveram responsabilidade pelo evento danoso, pelo menos na esfera criminal”, disse o promotor.

Após a denúncia contra Bobô e Nilo dos Santos Júnior, o MP devolve a ação ao Tribunal de Justiça, que deve distribuir o processo a uma das varas criminais de Salvador nos próximos dias.

A tragédia da Fonte Nova aconteceu no dia 25 de novembro, quando o Bahia recebeu o Vila Nova (GO) em jogo válido pelo octogonal final da Série C do Campeonato Brasileiro. O estádio em Salvador estava lotado e uma parte do anel superior da arquibancada acabou desabando, deixando sete mortos e mais de 50 feridos.

Advertisements

Facebook Comments

4 comentários em “Bobô é denunciado criminalmente pela tragédia da Fonte Nova”

  1. Porque só os “peixes pequenos” é que foram denunciados??
    Os “peixes grandes” mais uma vez escapam da Justiça.
    Deveriam denunciar todos os envolvidos na tragédia ocorrida na Fonte Nova.
    E mesmo os denunciados devem escapar de penas mais duras.
    No máximo irão receber uma “multa” e prestação de serviços comunitários e o caso assim será esquecido.
    Por essas e outras que os nossos principais estádios estão horrivelmente conservados.

    Paulinho: Vamos acompanhar o caso…

  2. O triste dessa trajédia é ter o Bobo envolvido, um cara que demonstrava ser muito correto e inteligente em suas declarações como jogador, talvez esteve no lugar errado, na hora errada.

    Paulinho: Foi irresponsável

  3. Ta certo, afinal de contas ele era o responsável por liberar o estádio. Caso alguem tenha dado um laudo positivo para jogos na Fonte Nova, é só o Bobo mostrar esse laudo técnico e o nome de quem assinou…. agora se ele se deixou ser mais um pau mandado para servir aos interesses de terceiros e mesmo com um laudo negativo liberou o estádio, tem que ser indiciado mesmo!!!

    chega desta besteira que querer defender nossos ídolos, pois como todo mundo eles tb cometem falhas e tem que ser responsáveis pelos seus atos TB!

    Parabens para quem o indiciou!!!!

    Paulinho: Voc~e tem razão

  4. Caro Paulinho,

    Lamento profundamente a morte dos torcedores na Fonte Nova. Vidas humanas não têm prêço.
    Entretanto é necessário separar o joio do trigo. O indiciamento do Bobô não é justo. Êle é um jogador de futebol e não um especialista em patologias da construção. Sou arquiteto de profissão com 31 anos de formado e já trabalhei em Salvador há quinze anos atrás. Na época o estádio já estava em condições deploráveis. Só de passar na porta eu percebi.
    Depois da constituição de 88 o ministério público incorporou poderes que por vêzes é exagerado. Temos visto muitos exemplos disso. Porque êsses nobres advogados não reclamaram antes?
    E têm mais, o órgão responsável por êsses assuntos chama-se Defesa Civil . Os advogados sempre falam muito bonito, arrotam a conhecida verborragia forense sempre aliados aos políticos sem-vergonhas. A maioria dêles é formada em direito.
    Talvez Bobô tenha sido ingênuo, não sei bem, pois não conheço o caso com profundidade. Uma coisa eu aprendi ao longo desses anos de profissão: Quando o país vai bem é hora dos engenheiros e arquitetos que constroem hospitais, escolas, creches, rodovias, portos, etc. Quando o país vai mal é hora dos advogados que falam muito, ganham os tubos, e nada de edificante fazem.

    Um abraço,

    Frederico.

    Paulinho: Caro Frederico. ele era o responsavel, poderia ter evitado

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: