Advertisements

Ufa !

 Tive um dia de enlouquecer.

Assim que voltar da Faculdade responderei os comentários.

Obrigado pela paciência.

Advertisements

Facebook Comments

7 comentários em “Ufa !”

  1. Paulinho gostaria de saber se vc tem alguma informação do jogador Rafinha contrato para esse ano que eu nunca mais ouvi falar.

    grato!!

    Paulinho: Está lá, treinando

  2. Paulinho…

    (Uma dúvida minha):

    Se você faz faculdade à noite… Porque às vezes eu te vejo pela internet no CBN Esporte Clube?

    Abração!

    Paulinho: De vez em quando dou uma passada lá….

  3. 25/2/2008 – 20:03 – Atualizado em: 25/2/2008 – 20:03
    Conclusão de inquérito condena dois

    Primeira denúncia relativa a 2008 denunciou um árbitro e um Presidente de Federação
    ISABEL VERGARA
    entre em contato
    Alterar o tamanho da letra
    A- | A+

    Graças a uma declaração em um jornal de Recife, dois homens atuantes no mundo do futebol foram condenados em primeira sessão da Primeira Comissão Disciplinar, do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Uma denúncia foi originada através de uma investigação, no inquérito presidido pelo Auditor do STJD Dr. Alexandre Quadros, que tinha como objetivo apurar um “suposto” esquema de corrupção ou fraude na arbitragem da Série B do Campeonato Brasileiro de 2007. Os fatos apurados pretendiam descobrir se havia uma possível imputação de participação de árbitros num esquema de beneficiamento de equipes.
    Você acompanhou a transmissão desse julgamento aqui no Justicadesportiva, EM TEMPO REAL!
    Na investigação nada foi encontrado que comprovasse o benefício das equipes da Série B. Porém, durante o inquérito, foram detectados elementos que possibilitaram as primeiras denúncias do ano de 2008, no STJD. Os denunciados no processo foram: Carlos Alberto de Oliveira, Presidente da Federação Pernambucana de Futebol, condenado por unanimidade a 30 dias de suspensão e Enéas Eugênio de Aguiar, árbitro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), apenado por maioria de votos, a suspensão de 190 dias. O Relator do processo foi Dr. Henrique César Domenici, que votou no sentido de suspender os dois.
    O Dr. Joaquim Barreto, advogado do Presidente da Federação Pernambucana de Futebol, disse em entrevista exclusiva ao Justicadesportiva que está satisfeito com o resultado, pois a expectativa era uma condenação maior. Mas conversará com Carlos Alberto pra saber se vai entrar ou não com um recurso, para então tentar mudar a jurisprudência e assim não constar esta pena na ficha do condenado.

    Já o advogado Oswaldo Sestário, defensor do árbitro disse: “A Comissão, na verdade, entendeu que o caso teria perdido o objeto. Porém, visando que no futuro o árbitro queira reingressar, o suspendeu e isso ficará constado na ficha dele, já que a punição não vai ter qualquer efeito prático.”

    Carlos Alberto foi denunciado no artigo 188 Parágrafo único (Manifestar-se de forma desrespeitosa, ou ofensiva, contra membros do Conselho Nacional de Esporte; dos poderes das entidades desportivas ou da Justiça Desportiva, e contra árbitro ou auxiliar em razão de suas atribuições, ou ameaçá-los. Quando a manifestação for feita por meio da imprensa, rádio, televisão, internet ou qualquer meio eletrônico, a pena será de 60 a 360 dias), do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Já Enéas, foi incurso no artigo 234 (Falsificar, no todo ou em parte, documento público ou particular, omitir declaração que nele deveria constar, inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que deveria ser escrita, para o fim de usá-lo perante a Justiça Desportiva ou entidade desportiva), do CBJD, que prevê como pena a suspensão de 180 a 720 dias e eliminação na reincidência.

    A denúncia destinada ao Presidente da Federação Pernambucana teve origem após declarações feitas por ele e divulgadas pelo Jornal do Commércio de Recife (PE). “Nesta hora vale tudo. Vocês (jogadores) precisam dar porrada. Do pescoço pra baixo é canela. (…) Árbitro nenhum vai roubar no Arruda (estádio de futebol localizado em Recife). A partir de agora, o juiz vai chegar aqui casado. (…) O senhor Sérgio Correa (Presidente da Comissão de Arbitragem) é um ex-funcionário da Federação Paulista, a serviço de São Paulo”, declarou Carlos Alberto.
    No curso da investigação foi concluído que o denunciado Enéas Eugênio de Aguiar, falsificou o seu diploma de conclusão do curso de árbitro, com a finalidade de ingressar no quadro de árbitros da CBF.

    Paulinho: Obrigado pela dica

  4. Paulinho, será que o Zetti também não é “amigo” do Futebol do Interior… A matéria é bem no estilo que aquele senhor recomendava à redação nos emails que vc divulgou… Fotos com close do “inimigo”… Grande destaque aos pontos negativos… chega ao cúmulo de citar o “choro na Federação”… um nojo…

    http://www.futebolinterior.com.br/news.php?id_news=35958

    Link acima.

    Ah.. sou do interior… e acho que ao contrário do que diz a “nota da redação” na matéria, pessoas como vc não perseguem nosso futebol… mas prestam grande serviço denunciando a bandalheira desses sujeitos!

    Abraço e continue firme na sua luta!

    Paulinho: Zetti é do bem e não quis pagar….

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: