Advertisements
Blog do Paulinho

Acusado por ‘fake-news’, chefe das Redes Sociais do Corinthians se cala na CPI dos Aplicativos

Daniel Braga

Por indicação de Edgard Soares, conselheiro do Corinthians que recebeu milhões de reais para produzir e espalhar ‘fake-news’ em defesa do governo Bolsonaro, ainda na gestão Andres Sanches, o Corinthians contratou a empresa ‘Social QI’, que, desde então, tornou-se responsável pelo monitoramento de tudo o que se fala sobre o clube nas mídias sociais.

O vínculo permaneceu após a posse de Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves.

A ‘Social QI’ é conhecida por abafar crises de seus contratados através da criação de perfis falsos no instagram, facebook, twitter, etc, utilização de robôs digitais para comentários depreciativos em páginas de jornalistas que, eventualmente, estejam criando problemas, além de diversas outras ações violentas nos bastidores da internet.

Seu proprietário, Daniel Braga – que possui status de Diretor em Parque São Jorge – foi o criador do slogan ‘Bolso-Dória’, que ajudou a eleger o Governador de São Paulo.

Trabalhou também com Michel Temer.

Recentemente, a ‘Social QI’ foi flagrada pela ‘Agência Pública’ espalhando diversas ‘fake-news’, através de perfis fajutos, em desfavor de motoqueiros do aplicativo ‘IFOOD’, que protestavam contra as terríveis condições de trabalho.

Ontem, Daniel Braga e sua parceira comercial, a Benjamin Comunicação – ambas atuantes no Corinthians, foram convocadas a depor na CPI dos Aplicativos, da Câmara Municipal de São Paulo.

Desde o início dos trabalhos, foram os únicos a permanecerem em silêncio.

O vereador Marlon Luz, vice-presidente da CPI, definiu os responsáveis pelas mídias sociais do Corinthians com uma frase curta e certeira:

“É o tipo de empresa que políticos ou empresas contratam pra fazer ‘jogo sujo’.

Daniel, apesar desse constrangimento, terá bastante trabalho, nos próximos dias, para guiar seus robôs no objetivo de desviar o foco da quase certa eliminação na Copa Libertadores da América.


Abaixo, os trechos principais da participação do ‘diretor de fake-news’ do Corinthians na CPI dos aplicativos:

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Acusado por ‘fake-news’, chefe das Redes Sociais do Corinthians se cala na CPI dos Aplicativos

  1. Pingback: Filho de Superintendente de Marketing do Corinthians fundou empresa de ‘fake-news’ contratada pelo clube – Blog do Paulinho

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: