Advertisements
Blog do Paulinho

Presidenciável do Corinthians é executado por calote de R$ 7,4 milhões

Em 03 de outubro de 2019, a família Ferrari vendeu ao dono da Kalunga, Paulo Garcia, candidato eterno à presidência do Corinthians, um imóvel rural, protegido com hipoteca, em Pontal do Araguaia, no estado de Mato Grosso do Sul.

O valor: R$ 9 milhões.

O acordo previa pagamento em três parcelas: sinal de R$ 3,2 milhões e o restante, R$ 5,8 milhões, divididos em duas vezes, corrigidos pela avaliação oficial do preço da arroba de Boi.

Na data, a dívida correspondia a 40.559,94 arrobas.

Garcia pagou o sinal, ficou devendo R$ 324 mil da segunda parcela (R$ 429,3 mil atualizados) e deu calote integral na terceira, que, com a alta do preço do Boi, passou a custar R$ 6,1 milhões.

A tudo isso, soma-se a multa contratual de R$ 900 mil (10% do valor do contrato).

Total da pendência: R$ 7,4 milhões.

Após diversas e frustradas tentativas de cobrança, a família Ferrari se viu obrigada a instaurar procedimento processual e, até o momento, encontra dificuldades em citar o devedor.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: