Advertisements

Presidente do Corinthians avaliza novo acordo, milionário, que favorece Fernando Garcia e Andres Sanches

O leitor do Blog do Paulinho, sempre bem informado, conhece, há tempos, a ART Sports, uma das empresas satélites de Fernando Garcia, utilizada para cooptar jogadores das equipes de base do Corinthians, e, vez por outra, esconder ligações do agente com alguns atletas profissionais.

Associados a eles, há tempos, está o ex-presidente do clube, Andres Sanches.

Comprovaremos, na sequência, a ligação entre as partes.

Oficialmente, o ‘dono’ da ART é Nilson de Moura, no CNPJ nº 11.240.155/0001-11, sob a razão social ‘Nilson Simplício Assessoria Esportiva Ltda’, e nome fantasia ‘ART Sports Management’.

São dezenas de atletas ligados a essa gente no Timão.

Em 2015, por exemplo, havia 32.

Hoje em dia, fala-se em torno de 20.

Recentemente, em reunião com a organizada Gaviões da Fiel, o atual presidente do Corinthians, Duílio ‘do Bingo’, prometeu que o clube não mais negociaria com Fernando Garcia.

Mentiu.

O fez através de Nilson de Moura, num procedimento de confissão de dívida, no valor de R$ 4,1 milhões, assinado em 27 de abril, utilizando como base a negociação do lateral Guilherme Arana, notoriamente agenciado pela Elenko, de Fernando Garcia.

Fora essa quantia, R$ 3,3 milhões já foram pagos quando da transação do lateral, em 2017, para o Sevilla, sob a gestão Roberto Andrade.

Ou seja, a comissão total, até esse cálculo, era de R$ 7,4 milhões.

Esse acordo – de parcelamento da dívida – está inserido no contexto da manjada combinação com Fernando Garcia de processar o Corinthians, com o consentimento de seus cartolas, para receber os valores através de penhoras e bloqueios, com direito a acréscimo de juros e multas, furando a fila doutros pagamentos mais relevantes da agremiação.

Na última segunda-feira (06), configurado o calote, Nilson entrou na Justiça contra o clube para receber a quantia, agora R$ 400 mil mais cara, transformando o negócio em R$ 4,5 milhões.

Valores que, tudo indica, poderão parar nos bolsos de Fernando Garcia e, dizem, também no de Andres Sanches.

O Corinthians, recentemente, teve os bens e receitas bloqueados noutro processo promovido, nos mesmos termos e combinações, com a B2F, outra empresa satélite de Garcia, porém mais escancarada, porque registrada em nome de seus sócios da ELENKO SPORTS.

5% de toda a renda do Timão, por decisão judicial, está entrando nos bolsos desse grupo.

Agora, com esse novo procedimento, da ART, mais um pedaço do bolo será destinado à satisfação financeira de Fernando Garcia e seus cartolas associados.

Convocação de Guilherme Arana às Olimpíadas de Tóquio é comemorada pela ELENKO, embora Duílio ‘do Bingo’ tenha assinado confissão de dívida com a ART


Trechos do Contrato de Confissão de dívida, assinado em 27 de abril, por Duílio do Bingo


A comprovação de proximidade, e promiscuidade, entre Andres Sanches, Fernando Garcia e Nilson de Moura

O Blog do Paulinho conseguiu comprovações fotográficas, de anos distintos, da estreita relação entre os sócios Andres Sanches, Fernando Garcia e Nilson de Moura, detentores, em determinado momento, de três dezenas de atletas, entre base e profissional, registrados no Corinthians.

Alguns deles: Malcom, Petros, Uendel, Guilherme Arana, Cleber, Arlindo, Luiz Fernando, Guilherme Mantuan, Matheus Cassini, Felipe, Lucas, Luis Galvão, Marcio PC, Arthur, Franklin, Lucas Balardin, Gabriel Speto, Lucas Minele, Marquinhos, Matheus Souza, Renan Guedes, Gabriel Souza, Willian Arão, Denner e Henrique Teixeira.

Selecionamos as fotos mais íntimas:

Almoço, fora do ambiente do clube, no restaurante Octávio, na região dos Jardins, em São Paulo


Andres Sanches pega ‘carona’ no voo da ELENKO, de Fernando Garcia, acompanhado de Nilson de Moura, da ART, e dos ‘donos’ da B2F, empresas satélites do irmão de Paulo Garcia:


Outros momentos de confraternização de Andres Sanches e Nilson de Moura, inclusive no camarote presidencial da Arena de Itaquera:


Os donos da ART e da B2F divertem-se a bordo do avião da ELENKO, de Fernando Garcia:


Outros momentos de proximidade entre ART, B2F e ELENKO


Nilson de Moura apoiando a eleição de Roberto Andrade, presidente que permitiu a circulação de mais de 30 jogadores da Elenko/ART/B2F no Parque São Jorge, com a conivência do então diretor Duílio ‘do Bingo’.

Ambos retornaram ao Timão, trocando de cargos, e avalizaram a recente confissão de dívida que se transformará, em breve, em bloqueio de bens e recebíveis.

Nos comentários da postagem, no facebook, observamos a alegria de Nilson com a frase: “Vamos arrebentar”, e a presença de Fernando Garcia, tratando-o, em tom de brincadeira, como “puxa-saco’, evidenciando, ainda mais, a proximidade:


Foto de 2015, com Eduardo Cornacini, funcionário de Nilson e Fernando Garcia, cercado de atletas da base do Corinthians:


FERNANDO GARCIA E O SÓCIO CONDENADO POR TRÁFICO INTERNACIONAL DE COCAÍNA

Registro de ontem (11), com Fernando Garcia e seu sócio/investidor Ângelo Canuto, vulgo ‘Padrinho’, que esteve preso por tráfico internacional ao ser flagrado enviando meia tonelada de cocaína, através de conteiner do Porto de Santos, ao Exterior:

Abaixo, Padrinho, quando da recente convocação olímpica, ‘cuidando’ de Arana e Claudinho para Fernando Garcia:

Padrinho na Elenko

Padrinho e os ‘donos’ da B2F, na sede da ELENKO

Anos atrás (antes da prisão), Padrinho, no CT do Corinthians, acompanhando a assinatura de contrato do jogador Luciano, que depois, coincidentemente, passou a ser assessorado pela ELENKO

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: