Advertisements

Itália e Copa América exemplificam o abismo entre o futebol europeu e o jogo que se pratica por aqui

Ontem (02), Eurocopa e Copa América exemplificaram, em todos os sentidos, o enorme abismo existente no futebol praticado em seus continentes.

A Itália, que soube se reinventar, adicionando à histórica eficiência defensiva um poderio de ataque que beira o emocionante, é a seleção a ser batida no torneio.

Chegará à Copa do Mundo do Catar com grande favoritismo.

Seus adversários, inclusive os piores, são melhores do que a maioria dos que infelicitam a Copa América.

Por aqui, o grande time ainda é o Brasil, embora a Argentina, com Messi – e, somente ele -, por conta disso, não possa ser descartada.

Ambos, porém, jogam esporte diferente do observado em continente Europeu.

Arrastados, com passes laterais, pouca criatividade e demais vícios de um jogo que ficou no passado.

O sistema corrupto que interliga Conmebol às confederações, entre as quais a CBF, desdobra-se, tomando como exemplo o Brasil, nas Federações, que repassam hábitos aos clubes e estes seguem, sem responsabilidades, quase que autorizados a delinquir.

Enquanto na Europa e EUA, locais em que não existem santos, respeita-se a necessidade de preservação do esporte, ainda que não por objetivos necessariamente nobres, por aqui a cartolagem só pensa em devastar tudo e, nesse contexto, esvaziar os caixas das agremiações, tomando emprestado – para endividar os clubes – quando o fundo do poço é atingido.

Se não houver mudança desse sistema, em breve, a América, que antes rivalizava e, por vezes, superava os europeus dentro de campo, serão alocados no terceiro mundo da bola, servindo apenas para fornecer os melhores frutos aos dominantes do mercado.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: