Advertisements

A casa de Martorelli, suposto assaltante do dinheiro dos jogadores, segue desmoronando

Ontem (25), em entrevista coletiva, Felipe Augusto Leite, presidente da FENAPAF, acusou seu antecessor, Rinaldo Martorelli, de desviar, ao menos, R$ 800 mil dos caixas da entidade.

O ex-goleiro palmeirense presidiu a Federação de Jogadores entre 2011 e 2016, concomitantemente ao exercício de poder no Sindicato de Atletas de São Paulo, onde ocupa a cadeira, há décadas, sob acusações semelhantes às apresentadas na entrevista.

Além dos desvios, Martorelli embolsava, indevidamente, 5% de comissão sobre as ações judiciais promovidas em favor dos assistidos pela FENAPAF, descoberta que resultou em sua expulsão do órgão.

Leite, atual presidente, disse que todas as provas de ilícitos foram enviadas aos Ministérios Públicos Federal e também do Trabalho, que já iniciaram investigações.

Outros dois cartolas de Sindicatos foram denunciados pela FENAPAF: Alfredo Sampaio, do SAFERJ, que teria desviado dinheiro para reformar o próprio apartamento, e Jorge Ivo Amaral, do Sindicato Gaúcho, que, assim como o colega do Rio de Janeiro, teria recebido aportes (R$ 1,5 milhão) sem comprovação adequada do procedimento.

Estavam presentes à entrevista e, consequentemente, dando aval às acusações o ex-goleiro do Palmeiras, Fernando Prass, o também ex-arqueiro Marcio (Goiás e Atlético/GO), além do volante Hudson (Fluminense), membros do Conselho Fiscal da FENAPAF.

Ao que parece, a vida de benesses de Martorelli, enfim, poderá se transformar, comprovando-se as acusações, em longa e, dizem, merecida prestação de contas à Justiça.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: