Advertisements

Credores da Portuguesa não deverão aderir a acordo proposto pelo clube

Denise Boni de Mattos e Antonio Carlos Castanheira

Na última semana, o presidente Antonio Castanheira divulgou proposta de acordo coletivo para quitação de pendências com todos os credores da Portuguesa.

R$ 250 mil mensais, divididos por mais de três centenas de pessoas.

Ou seja, menos de um salário mínimo para cada.

Ontem, a Dra. Gislaine Nunes enviou mensagem a seus clientes, credores da Lusa, tratando sobre o assunto.

“Bom dia a todos ! Infelizmente, ao menos a informação noticiada acima não bate com a realidade”

“Primeiro que a dívida trabalhista da Portuguesa passa longe dos 50 milhões !”

“Segundo que a conta não fecha !”

“Imagina uma lista de mais de 300 credores com pagamento mensal de 250 mil !! Teremos reclamações que não irão receber nunca ! Mas enfim ! Este infelizmente é o atual cenário”

Em entrevista recente, Castanheira afirmou que não teria problemas em acertar os ponteiros com Gislaine.

Aparentemente, terá.

Enquanto isso, o clube segue utilizando-se de empresa recém-criada, administrada pela vice-presidente Denise Boni de Mattos, para ludibriar a justiça, e seus credores, recebendo valores de patrocínios e premiações que deveriam estar bloqueados.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: