Advertisements

Calote de IPTU pode ter revelado imóvel ‘cuidado’ por agente, mas que seria de Andres Sanches

André Campoy

André Campoy é conhecido no Parque São Jorge por prestar-se ao papel de intermediário de Andres Sanches quando o cartola precisa realizar determinados negócios e não pode aparecer.

Dizem, sob boa remuneração.

Há quem diga que a parceria se dá não apenas em transações de jogadores, mas também em compra de bens.

Recentemente, Campoy – por Andres, segundo fontes, fechou negócios com o agente Lima – por Augusto Melo, em manobra que ajudou a eleger Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves presidente do Corinthians e, obviamente, rendeu frutos a todas as árvores.

No final de 2011, surgiu a informação de que Andres Sanches, para movimentar parte de dinheiro que não poderia aparecer, estaria comprando imóveis e deixando em nome das construtoras, guardando consigo os famosos ‘contratos de gaveta’, que lhe garantiriam a propriedade.

Por razões óbvias, são dificílimos de serem rastreados.

Quando aparecem, em regra, é por descuido do preposto.

Recentemente, Lucas Sanchez, filho de Andres, assumiu a compra de um imóvel com a Max Casa Empreendimentos Imobiliários no mesmo sistema: documentação em nome da construtora e contrato de gaveta para assegurar a propriedade.

No Imposto de Renda, claro, nenhuma menção ao negócio.


Abaixo detalhes sobre essa história:

Deslize do filho revela cobertura de R$ 2 milhões que Andres Sanches tentou ocultar (blogdopaulinho.com.br)

Confira o “contrato de gaveta” do imóvel de Andres Sanches, assinado pelo filho, Lucas (blogdopaulinho.com.br)


O mesmo parece estar acontecendo com Campoy.

Em 2011, quando o agente, segundo testemunhas do Parque São Jorge, enfrentava dificuldades financeiras, surgiu um apartamento à Rua Francisco Otaviano, no bairro da Mooca, dizem, comprado com o dinheiro de Sanches.

No documento, porém, a propriedade é da ‘Polar Bear Even Empreendimentos’.

Um ano depois, o cartório prenotou na Certidão que o número correto do endereço do imóvel era ’19’ e não ‘1487’, como anotado anteriormente.

Pequena busca na Prefeitura encontrou o responsável pelo pagamento de IPTU do apartamento de nº 42 deste endereço: André Campoy.

Aliás, imposto que ele também deixou de pagar e está sendo cobrado na Justiça pela Prefeitura.

Eis o erro que, em tese, pode ter permitido a revelação do bem.

Em 2018, assim como nos anos anteriores, Campoy declarou-se isento de imposto de renda.

R$ 50 mil seria o preço para jogar nas categorias de base do Corinthians – Blog do Paulinho


Declaração de isenção de Imposto de Renda de André Campoy


Registro de imóvel em nome da construtora:


IPTU do imóvel em nome de André Campoy


Fachada do imóvel

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: