A irresponsabilidade de não adiar Brasil e Venezuela após diagnóstico de COVID-19 em Gabriel Menino

Na última quarta-feira (11), Gabriel Menino foi diagnosticado com COVID-19 e colocado em quarentena na concentração de Seleção Brasileira.

Menos de 48 horas depois, daqui há pouco, seus companheiros de trabalho, com quem conviveu nos últimos dias, entrarão em campo para enfrentar a Venezuela pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Desnecessário elencar os riscos.

Trata-se de enorme irresponsabilidade manter o jogo nesta data diante da grande possibilidade de novas contaminações.

A Casa Bandida afirma que todos os testes nos atletas deram negativo como argumentação tranquilizadora.

Basta rápida pesquisa em pareceres de gente séria da medicina para saber que existe um período de incubação do vírus que, em determinados casos, não são detectados pelos primeiros exames.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.