Discussão sobre possíveis dirigentes de futebol esquenta campanha eleitoral do Corinthians

Dentre os assuntos mais comentados nos bastidores das campanhas políticas dos três candidatos a presidência do Corinthians está a definição do futuro diretor de futebol alvinegro.

O cargo somente perde em importância – se é que perde, para o do próprio presidente, superando, por larga margem, ao de figurativos vices-presidentes.

As especulações mais presentes são:

  • Eduardo ‘Gaguinho’ Ferreira (Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves);
  • Sergio Janikian e Fernando Alba (Mario Gobbi);
  • Rubens Gomes, o Rubão (Augusto Melo)

Todos são duramente criticados, por todos os lados, sob acusações diversas, quase todas ligadas ao estreito relacionamento com agentes de jogadores.

Somente no próprio grupo são defendidos, embora não sejam, também neles, unanimidades.

De todos, somente Rubão não fez parte da gestão ‘Renovação e Transparência’, tendo ocupado a última vice-presidência de futebol do ex-presidente Alberto Dualib, em 2007.

Nenhum candidato a presidente, até o momento, veio a público confirmar ou desmentir esses nomes, alguns alegando estratégia política (de revelar os quadros somente após as eleições) outros porque temem perder apoio ao fazê-lo.


OUTRO LADO

Resposta de Rubens Gomes:

Nunca foi conversado nada sobre isso com o Augusto, nem me prometido nenhum cargo, nem a mim, nem a ninguém.

Não tenho a menor pretensão de assumir diretoria.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.