Os cartolas que os Gaviões esqueceram

Enquanto os jogadores de futebol do Corinthians passavam apertado no aeroporto de Guarulhos, pressionados por ‘valentões’ dos Gaviões da Fiel, o presidente Andres Sanches e seu diretor de futebol Jorge Kalil, o ‘Totó’, passeavam tranquilamente pelo saguão, acompanhados pelo ‘leão de chácara’, o ex-PM Caveira.

Foram ‘esquecidos’ pelos torcedores, apesar de não se tratarem, propriamente, de pessoas desconhecidas.

Relatos dão conta de que não subiram no mesmo ônibus dos jogadores agredidos, abandonando-os à própria sorte.

Covardia à parte, há quem garanta ser política de Sanches combinar o ‘arrocho’ de torcedores nos jogadores, que acabam por encontrar ‘os culpados de sempre’, desviando, em consequência, o foco da má-administração alvinegra.

Facebook Comments
Advertisements

One Reply to “Os cartolas que os Gaviões esqueceram”

  1. Esse não tem dúvida… colocar o ônibus onde colocou… Andres não se escondeu, fez o que planejou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.