Advertisements

Santander cobra calote de R$ 331 mil de cartola corinthiano

Há pouco mais de um mês, no dia 08 de agosto, o Santander ingressou com ação de cobrança contra a ‘Casa Belladonna’, uma distribuidora de cosméticos localizada em Diadema/SP, e seus proprietários.

São eles: João Victor Figueredo (no papel), e, informalmente, o contador Raul Corrêa da Silva, ex-diretor de Finanças do Corinthians nas gestões Andres Sanches e Mario Gobbi.

Em 29 de julho de 2019, a Belladonna tomou R$ 260,5 mil emprestados do banco, com anuência dos citados, que comprometeram-se a cumprir, em caráter solidário, com todas as regras do acordo, principalmente as que dizem respeito ao pagamento das 36 parcelas de R$ 10 mil cada.

Somente a primeira foi honrada.

A pendência, atualizada, está na casa dos R$ 331,3 mil.

Em recente decisão, datada de 26 de agosto, a juíza Erika Diniz, da 1ª Vara Civil de Diadema, no âmbito da ação nº 1008307-30.2020.8.26.0161, concedeu a Raul Corrêa e seu parceiro prazo de três dias para quitação total da pendência.

Em caso de descumprimento, os bens serão penhorados.

Desde então, a Justiça tenta intimar o cartola alvinegro, que não tem sido encontrado no endereço residencial, nem no comercial, a sede da complicada BDO/RCS.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: