Advertisements

A carta de Andres Sanches

Ontem (26), repercutiu, positivamente, tanto a coluna assinada por Andres Sanches, publicada na FOLHA, quanto a nota do Corinthians, ambas semelhantes, contrárias ao retorno das atividades esportivas em meio à pandemia do coronavírus.

Não poderia ser diferente.

É importante que um clube tão relevante e seu presidente sirvam de exemplo para milhares de torcedores que os seguem, além do reflexo, óbvio, no restante da sociedade.

Seria melhor, porém, se o discurso (que Sanches assinou, mas não escreveu) fosse acompanhado da prática pelo cartola alvinegro.

Dentro do Corinthians, funcionários mais humildes estão sendo massacrados por cortes de salários abusivos, enquanto os que ganham mais seguem com descontos ínfimos, quando são descontados.

Trabalhadores do Parque São Jorge são obrigados a trabalhar, mesmo na quarentena, sob condições absolutamente insalubres e adversas.

Basta pequena busca no Blog do Paulinho para encontrar diversos relatos sobre essa situação.

É compreensível que alguns jornalistas, tomando o referido texto ao pé da letra, elogiem rasgadamente a atitude do dirigente, como ocorreu durante todo o dia de ontem, mas se faz necessário também, impedindo que o consumidor de notícias seja induzido a erro, a contextualização entre fatos e discurso, revelador dos objetivos reais do dirigente.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: