Advertisements

O descaso do Corinthians com funcionários mais humildes continua

André Negão e Andres Sanches

Ontem (16), boa parte da imprensa noticiou que o Corinthians atrasou os salários de seus funcionários mais humildes, justamente os que receberam o maior corte de vencimentos, na casa de 70%.

Enquanto isso, atletas e demais agraciados com contra-cheques acima de R$ 5 mil, perderão apenas 25%.

Assim como ocorre no Governo Bolsonaro, de quem os cartolas alvinegros são adeptos, a primeira vítima do coronavírus, na saúde e socialmente, sempre será o mais pobre.

Nesse contexto, recebemos mensagem desesperada de um trabalhador alvinegro, que não será identificado:

“(…) mais uma vez o mentiroso do presidente Andres Sanches descumpre o que fala aos funcionários… não pagou os salários, corretamente, dos trabalhadores do Parque São Jorge”

“No quinto dia útil teve funcionário que só recebeu R$ 50 e hoje que seria o depositado o restante…. em vez disso diminuíram ainda mais os vencimentos”

“Estamos trabalhando home-office sem receber”

“Por favor divulgue essa safadeza”

“Jogador recebeu inteiro e o departamento de futebol profissional também, sem fazer qualquer esforço”

“(…) para concluir não recebemos nada no vale refeição e alimentação”

“Tenho filhos. Estou passando fome graças a safadeza de Andres e André Negão dentro do Parque São Jorge”

André Negão, além de aliado principal do presidente do Corinthians, é diretor administrativo do clube.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: