Advertisements

Gilberto Dimenstein e Corinthians se livram de condenação em ação de funcionário da Rede Globo

Em novembro de 2019, Luiz Felipe da Silveira Batista, auxiliar de externa do Sportv, canal vinculado à Rede Globo, foi indevidamente tratado como assediador de sua companheira de trabalho, a repórter Fabiola Andrade.

Diversas matérias, com imagens fora de contexto, foram veiculadas, dando a impressão do ilícito.

Ato contínuo, Fabiola desmentiu qualquer comportamento indevido de Luiz Felipe, que, indignado, processou os que considerou responsáveis pela difusão da ‘fake-news’.

Dois deles se livraram de punições: Gilberto Dimenstein, porque a justiça considerou que, apesar de ser dono do site ‘Catraca Livre’, não poderia responder, como pessoa física, pelo possível equivoco da empresa; e o Corinthians, pelo fato da nota de repúdio, publicado em site do clube (o episódio ocorreu no estádio de Itaquera), ter limitado-se a tecer comentários sobre o que já estava publicado, sem juízo de valor sobre o assunto.

Dimenstein teve a ação encerrada sem julgamento e o Timão foi absolvido.

O Catraca Livre, por conta desse erro do advogado do autor, acabou também se livrando.

Os demais réus, todos, foram condenados a pagar, cada um, R$ 20 mil em indenização por Dano Moral.

São eles: UOL, IG e Yahoo.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: