Advertisements

O ‘Paulo Garcia’ da Portuguesa

Em recente eleição do Corinthians, o dono da Kalunga, Paulo Garcia, fingiu rompimento político com Andres Sanches, mas lançou-se candidato à presidência, justamente com objetivo de ajudá-lo, dividindo os votos da oposição.

O golpe foi bem sucedido.

Sanches elegeu-se com promessa de apoiar Garcia em 2020 (cumprirá?) e a ele cedeu a Presidência do Conselho, através do apoio ao preposto, ex-deputado Goulart.

A história parece se repetir na Portuguesa.

Ex-vice de marketing da gestão Manoel da Lupa, representante de um grupo que desgraçou a Lusa no famoso ‘caso Heverton’, Antonio Carlos Castanheira, segundo informações, simulou desentendimento com o atual mandatário, Alexandre Barros, para a ele favorecer nas eeiçoes, com procedimento idêntico ao adotado pela família Garcia no Corinthians.

O objetivo é minar qualquer possibilidade de vitória da oposição.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “O ‘Paulo Garcia’ da Portuguesa”

  1. Pensei exatamente nisso… Vai dividir os votos da oposição e deixar o caminho livre para o AB acabar com a Portuguesa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: