Advertisements

Kajuru, os cinco dias e a convulsão

Marconi Perillo e Jorge Kajuru

O STF, através de decisão do Ministro Celso de Mello, concedeu prazo de cinco dias ao senador Jorge Kajuru para que se explique na ação criminal promovida por Antonio Baldy, Secretário de Transportes de São Paulo, tratado pelo parlamentar pelas alcunhas “bandido”, “malandro goiano” e “rei do toma lá da cá”.

A contagem iniciou-se dia 19.

Por coincidência, na mesma data, Kajuru, afamado hipocondríaco, teria desmaiado e sofrido convulsões em sessão do Senado, sendo atendido por médicos, companheiros de parlamento.

Ainda hoje, segue internado para ‘observação’ diante da ausência, até o presente momento, de diagnóstico conclusivo.

Há quem relacione o suposto problema de saúde à possibilidade de condenação criminal de Kajuru no STF, que ocasionaria perda do cargo ao senador, mas não são poucos os que apostam em possível simulação, que não seria a primeira na vida do parlamentar.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Kajuru, os cinco dias e a convulsão”

  1. Ah mas é só falar mal do STF, falar que é tudo bandido que pode fazer o que quiser; lavar o $ que quiser…..

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: