Advertisements

Morreu Kalu, o ‘Garrincha’ do futebol amador

Morreu, anteontem (23), aos 68 anos, o genial Kalu, nascido Edson Marconi Auricchio, lenda do futebol amador, que atraia multidões para presenciar sua arte nas quadras e gramados no bairro do Brás e adjacências, em São Paulo.

Um sujeito ímpar, querido por diversas gerações que, desde ontem, lotam o velório da Quarta Parada para homenageá-lo.

Quando garoto, tive a honra de jogar com ele, contra e a favor, e, sempre que podia, deslocava-me para vê-lo ‘brincar’ de futebol.

Fosse nos dias atuais, seria titular de qualquer equipe do planeta.

Não fossem os esquemas de quadrilhas do esporte, que selecionam, desde sempre, os que pagam mais em detrimento dos melhores, Kalu teria brilhado, também, profissionalmente.

Nas minhas memórias de infância, tomava dois jogadores como os ‘Pelé’ e ‘Garrincha’ da região, pessoas de personalidades e gerações distintas, mas imenso talento.

Dono de uma técnica que dominava todos os fundamentos, goleador, decisivo, de raciocínio rápido e futebol absolutamente vertical, o ‘Rei’ era o tímido Juninho, que, após o apito da arbitragem, se soltava para, esportivamente, ‘liquidar’ adversários.

Um gênio, assim como o extrovertido Kalu, que era mais habilidoso, incapaz de jogar feio, clássico, dono de dribles desconcertantes, respeitador dos desejos dos muitos que iam a seu encontro para assistir aquele ‘Garrincha’, aplaudido até pelos adversários (inclusive em meio aos jogos).

Que meu ídolo descanse em paz e sua família, também de boleiros, possa encontrar a força necessária para superar tão relevante perda.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: