Advertisements

O prêmio de Chico Buarque

O cantor Chico Buarque foi escolhido para receber o prêmio Camões, por sua incontestável contribuição literária à lingua portuguesa.

Por conta disso, terá direito a receber 100 mil euros, além de um diploma assinado pelos presidentes de Portugal e Brasil.

Marcelo Rebelo de Sousa, mandatário lusitano, já cumpriu a formalidade, mas Jair Bolsonaro, que infelicita o Brasil, reluta em fazê-lo.

Tomara não o faça.

Chico Buarque não poderia receber homenagem maior do que a inveja e a falta de cultura de Bolsonaro explicitada num diploma sem a referida assinatura.

Ainda assim, se o presidente brasileiro mudar de ideia e resolver inserir sua digital na honraria, o cantor poderia, e deveria, publicamente, recusá-la, seja riscando por cima com uma caneta ou até passando o famoso ‘branquinho’.

Bolsonaro está, mas passará.

Chico Buarque e sua maravilhosa obra, independentemente de qualquer premiação, são eternos desde o primeiro dia de concepção.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “O prêmio de Chico Buarque”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: