Advertisements

Curso para acreditar no Queiroz dos Bolsonaros e na inocência do Einstein

Não é necessário possuir cérebro de Einstein para notar que algo está errado no pagamento, em espécie, do sumido Queiroz – aquele, ex(?)-homem de confiança do clã Bolsonaro, ao hospital Albert Einstein por um tratamento médico que seus rendimentos oficiais não permitiriam.

O extrato: R$ 64,6 mil ao hospital, R$ 60 mil aos médicos e R$ 9 mil ao oncologista.

Apenas R$ 5,4 mil foi quitado no cartão de crédito.

Diante dos fatos e evidências, amplamente noticiados à época, e, mesmo que estes não existissem e Queiroz fosse um mero desconhecido, será que, em momento algum, o hospital desconfiou do procedimento ?

Por que o ex-PM, que parece não se opor ao serviço bancário – tanto que utilizou-se de cartão para parte ínfima do pagamento, guarda tamanha quantia fora das agências ?

Advogados de Queiroz dizem que a família “se cotizou” para quitar a despesa.

Não seria mais seguro,  já que o PM de Ouro dos Bolsonaros prefere guardar dinheiro no colchão, assim como outros o fazem até na cueca, que seus parentes efetuassem transferência bancária ao Einstein, para posterior ressarcimento, do que carregar volumosa soma pela cidade?

O hospital aceitaria receber pagamento desta maneira se o cliente fosse o dono deste blog ou algum de seus leitores?

É obvio que para acreditar na versão de Queiroz sobre a origem e as motivações para pagamento em dinheiro, assim como na boa-fé do hospital em recebê-lo, faz-se necessário anos de doutrinação bolsominion em conjunto com a crença nas divinas palavras de Edir Macedo, ou seja, a formação em idiotismo senior, com pós-graduação em Asnismo, não sem antes ter passado pelo curso técnico de indignação seletiva em corrupção.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: