Advertisements
Anúncios

Reunião do Conselho da Lusa expõe descaso de conselheiros e mentira de Alexandre Barros

Marcada para anteontem (30), a reunião do Conselho Deliberativo da Portuguesa não aconteceu por razão vergonhosa: falta de quorum.

Apenas 27 conselheiros compareceram, comprovando o descaso que facilita a vida de quem, como o atual presidente, faz o que quer na gestão rubro-verde sem ter que prestar contas a ninguém.

Entre os presentes estava Daniel Gil Gomes, filho do famoso apresentador, recém falecido, que revelou uma mentira, contada pela atual administração:

“O nosso último balanço, nós entregamos (na FPF), o de 2015/2016”

“Liguei na Federação Paulista: não precisamos de balanço para participar de nenhum campeonato. A Portuguesa não entregou os balanços de 2017, 2018 e 2019… não há nenhuma sanção… nada que impeça da gente participar”.

Ou seja, Alexandre Barros, sob argumentação de que a não aprovação de balanços levaria a Lusa a ser banida de campeonatos, conseguia fazê-lo utilizando-se do medo de conselheiros, que votavam a favor, mesmo sem acesso às contas, para não prejudicarem o futebol do clube.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: