Advertisements

As “vírgulas” do contrato de empréstimo do Palmeiras com a Crefisa

Divulgado ontem (30), o balanço do Palmeiras, referente às contas de 2018. aponta, sem surpreender, que o clube deve R$ 142 milhões à Crefisa.

O contrato, de empréstimo, não de doação como pregava madame Leila Pereira, conselheira alviverde e esposa do dono da financeira, tem “virgulas” preocupantes, também expostas pelo documento.

Diz trecho revelado pela auditoria:

“Com base nos aditivos contratuais celebrados em 2018 entre o Clube e sua patrocinadora master, Crefisa S/A – Crédito, Financiamento e Investimentos, determinadas transações realizadas originalmente como patrocínios foram alteradas para empréstimos vinculados à aquisição de determinados atletas do futebol profissional”

“Com isso foi reconhecido nesta rubrica o saldo da obrigação a pagar acrescido de encargos financeiros (CDI) devidos até a data do balanço”

“A liquidação desta dívida ocorrerá nas seguintes condições e prazos previstos nos correspondentes aditivos contratuais:”

  • a) Em caso de venda do atleta: restituição do saldo devedor (principal e juros) será realizada após o recebimento deste pelo Clube. Caso o valor do recebimento seja menor que o saldo da dívida, o Clube deverá efetuar o pagamento da diferença em até 24 meses”
  • b) Em caso de término definitivo do vínculo trabalhista: O saldo devedor (principal e juros)
    será liquidado em até 02 anos contados da data do término definitivo do vínculo trabalhista entre Clube e atleta”

Mais esclarecedor, impossível.

Se esse tipo de situação ocorreu sem que a turma de madame estivesse, oficialmente, no poder palestrino, chega a dar calafrios imaginar o futuro do Palmeiras quando devedor e credor estiverem de posse da mesma caneta.

Advertisements

Facebook Comments

5 comentários em “As “vírgulas” do contrato de empréstimo do Palmeiras com a Crefisa”

  1. Vocês estão com medo de que. Se ela administrar o clube, como suas empresas, o Palmeiras vai ser gigante sempre

  2. O que chega a dar calafrios é lembrar de 2002 e 2012 respectivamente. Isso me dá até dor de barriga amigo. Oras, QQ clube usa de dinheiro de terceiros para contratação, falar que não há investidores (apesar de ser proibido pela FIFA) é no mínimo leviano de sua parte. A diferença é que o VERDÃO mostra donde vem o dinheiro para contratação. Inclusive, caro bloguista, só houve a fiscalização e consequentemente mudança nos acordos após denúncia de alguém (por incrível que pareça) do próprio Palmeiras (algum saf_ado da época do Tirone e do Mustafá). Portanto jovem, coloque a sua informação como FATOS concretos e que é a realidade do clube e não com as suas impressões pessoas, haja visto que elas dão a entender que você é CUrica!
    Saudações palestrinas.

  3. “chega a dar calafrios imaginar o futuro do Palmeiras quando devedor e credor estiverem de possa da mesma caneta.”
    ridículo o comentário so pode ser um corintiano…kkkk

  4. Por isso que contratam perna de paus a preço superfaturado … assim o valor que a crefisa paga ao Palmeiras sai de graça pois qual o motivo de pagar 25 milhões por um jogador ruim igual ao Carlos Eduardo?
    Simplesmente lavar dinheiro…jogador ruim… se eles pagam quem deveria contratar era o Palmeiras … não a lavanderia Crefisa…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: