Advertisements

Sobre a recusa em limitar as trocas de treinadores no Brasileirão

Por maioria absoluta, os clubes da Série A do Brasileirão rechaçaram proposta da CBF que limitava a troca de trainadores para, no máximo, uma, durante todo o período do torneio.

Trata-se de aparente confissão de incompetência.

Não à toa o nível do futebol nacional, diante do quadro atual, que promove a instabilidade, mas também a malandragem (nem todos os acertos e demissões de profissionais são inocentes e geram muito dinheiro nas rescisões) é baixíssimo, talvez o pior da história tupiniquim.

O silêncio conivente dos treinadores, em tese, principais prejudicados pela decisão, também é bem revelador.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: