Advertisements

A luta contra marginais travestidos de jornalistas

Por JOÃO TELÊ

Começou o ano de 2019, eu continuo firme numa batalha pessoal e social, cobrando cobrando a justiça para saber o que acontece com o site “Futebol Interior” e Arthur Eugênio Mathias, os maiores achacadores do futebol brasileiro e da crônica esportiva.

Eu os processo no âmbito civil e criminal.

Por que eles nunca, apesar de diversas evidências, provas e inquéritos, nunca foram intimados, sequer, a prestar depoimento ?

Queremos entender o que acontece, quando toda a sociedade, imprensa, jogadores de futebol (isso é mais sabido do que 2 e 2 sai 4), todos no meio do esporte, sabedores de que eles, donos do site Futebol interior, são marginais e que agem criminosamente há mais de década e nada acontece com eles perante a justiça.

É um absurdo que o restante da crônica esportiva e do meio do futebol – muitos, sabedores dos modos operantes do afamado “Site do Achaque” e de seu mentor, Arthur Eugênio Mathias, vulgo propina, omitam-se, diante de tantas denúncias e provas, que levaram essa gente, tempos atrás, a serem expulsos da ACEESP.

Por que isso acontece ?

Precisamos de uma posição formal da Justiça e também dos delegados de polícia, responsáveis pelas delegacias em que as acusações foram formalizadas, da falta de apuração destes delitos (a quadrilha do Futebol Interior sequer é intimada a depor).

Eles achacam sem o menor pudor, extorquem à luz do dia e continuam impunes para desespero da sociedade e dos profissionais do futebol.

Que em 2019 a obscuridades iluminem-se para que a Justiça, enfim, possa ser feita !

João Marcos Rodrigues dos Santos (João Telê)

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: