Advertisements
Anúncios

Coluna do Fiori

fiori - dicunto

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

apito limpo

“Algumas lutas são diárias, algumas lutas são de anos, algumas lutas são de todos… E muitas lutas são só nossas”

Adágio de: Iedda Carolina

———————————————————–

Confraternização dos árbitros

Exteriorizo meus sinceros agradecimentos aos componentes da comissão organizadora que promoveu o belíssimo encontro dos árbitros federados formados nos anos 1960 a 2001, realizado na noite da segunda feira 08/10/2018

————————————————————

Poucos se salvam

Não tenho a menor dúvida quanto à fraqueza da maioria dos árbitros inscritos na CA-CBF (sobretudo os integrantes da patota FIFA que não sai das escalas), para aplicarem as leis do jogo quando no exercício da atividade

Defendidos

Como também, por não receberem a devida punição do presidente da CA-CBF, seus assessores, e, mesmo que indiretamente, do teórico e todo poderoso Sérgio Correa da Silva, famoso por seus equilibrismos com os membros das altas cúpulas que administraram e administram corruptamente o futebol brasileiro

—————————————————————

28ª Rodada da Série A do Brasileirão – 2018

Sexta Feira 05/10

Sport 2 x 1 Internacional

Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)

Item Técnico

Pouco exigido. No todo: trabalho admissível.

Item Disciplinar

Cartões Amarelos: 04 para defensores do Sport e 01 para defensor do Internacional

Corinthians 0 x 3 Flamengo

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Item Técnico

Aceitável. Salientando que o nível técnico da contenda foi bem fraquinho

Item Disciplinar

Cartão Amarelo: 02 para corintianos e 01 para flamenguista

Sábado 06/10

São Paulo 0 x 2 Palmeiras

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)

Item Técnico

Detonou as leis do jogo por não ter marcado nenhuma das infrações cometidas imediatamente por Deyverson atacante palmeirense e Sidão, goleiro são-paulino; explico:

1º – No momento que Deyverson fica lado a lado com o goleiro Sidão, intervindo disfarçadamente no movimento do goleiro para despachar à redonda, que:

2º – saiu da linha divisória da grande área, cai no interior da meia lua, Deyverson toca em direção ao gol, de pronto Sidão, fora de sua área toca com as mãos na redonda para desviar a trajetória

Significando que:

– No primeiro momento o boto-branco deveria ter marcado a infração do palmeirense Deyverson;

– No segundo, deveria ter marcado a falta do goleiro Sidão e lhe presentear com o vermelho

Item Disciplinar

Cartão Amarelo: 02 para são-paulinos e 03 para palmeirenses

Copa do Brasil – Quarta Feira 10/10

Cruzeiro 1 x 0 Corinthians

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)

Item Técnico

Trabalho aceitável. Contenda meia boca, conforme o nível atual do futebol brasileiro

Item Disciplinar

Cartão Amarelo: 03 para defensores do Cruzeiro e 03 para defensores do Corinthians

Fechando

No item disciplinar Anderson Daronco soube impor sua condição de representantes das leis do jogo

———————————————————–

Política

Agora sim

 

A imprensa internacional nos conta o que aconteceu na eleição

Está finalmente explicado o motivo pelo qual o deputado Jair Bolsonaro venceu o primeiro turno das eleições presidenciais de 2018. Não é nada do que você pensa. A população nativa, na sua ignorância de sempre, estava achando que Bolsonaro ganhou porque teve 18 milhões de votos a mais que o segundo colocado. Imagine. Acreditar numa bobagem como essa só acontece mesmo com brasileiro, esse infeliz que vive longe dos bons centros do pensamento civilizado, progressista e moderno da humanidade, na Europa e nos Estados Unidos. Obviamente, não temos o nível mental necessário para entender o que entendem os jornalistas, cientistas políticos, sociólogos, filósofos e outros cérebros que habitam o bioma superior de Nova York, ou Paris, e dão a si próprios a incumbência de explicar o mundo às mentes menos desenvolvidas. Tome-se, por exemplo, a televisão francesa. Ali eles sabem exatamente o que aconteceu no dia 7 de outubro no Brasil: Bolsonaro ficou em primeiro lugar na eleição por causa do racismo brasileiro.

Racismo? Como assim ─ que diabo uma coisa tem a ver com a outra? Os peritos da TV francesa explicam. A esquerda e o PT, nos governos do ex-presidente Lula e de Dilma Rousseff, favoreceram a “inclusão dos negros” no Brasil, e isso provocou a ascensão do ódio racial. Revoltados contra os “progressos” que o PT deu para os negros, os racistas brasileiros foram para o lado de Bolsonaro ─ e com isso aumentaram tanto os seus votos que ele acabou ficando em primeiro. Além disso, o “oficial do Exército” (coisa que o candidato deixou de ser há 30 anos), recebeu o apoio da elite rica. Aí fechou o esquema, resumem os comunicadores franceses: somando brancos, racistas e milionários, Bolsonaro acabou com aquela votação toda.

Nada disso faz o menor sentido, mas nenhum mesmo ─ a começar pelo fato de que nem uma investigação do FBI seria capaz de descobrir o que, na prática, Lula e Dilma teriam feito de bom, algum dia, para algum negro de carne e osso. Como seria possível, num país onde apenas 40% da população se declara branca, a matemática eleitoral favorecer quem não gosta de preto? Seria a maioria de pardos e negros, então, que estaria promovendo a ascensão do ódio racional contra si própria? Também é um mistério de onde saíram 50 milhões de racistas para votar em Bolsonaro ─ ou porque o candidato Hélio Lopes, conhecido como “Hélio Negão” e deputado federal mais votado do Rio de Janeiro com 350 mil votos, foi um dos seus maiores aliados na campanha eleitoral. Para piorar, além de negro retinto “Helio Negão” é sub-tenente do Exército, pobre e da Baixada fluminense. Elite branca?

O Brasil seria um fenômeno mundial se houvesse por aqui uma quantidade de ricos e milionários tão grande que conseguisse definir o resultado de uma eleição presidencial. Não dá para entender, igualmente, porque raios o candidato das elites faria a sua campanha de carro e a pé, enquanto o candidato das massas populares, Fernando Haddad, anda de cima para baixo num jatinho Citation Sovereign ─ um dos mais luxuosos do mundo, pertencente ao dono bilionário das Casas Bahia através de sua empresa de taxi-aéreo. (Se Haddad paga pelo aluguel já é ruim ─ de onde está saindo a fortuna necessária para isso? Se não paga é pior ainda.) Não dá para entender por que Bolsonaro não teve um tostão para a sua campanha e o “reformador social” Haddad, homem dos pobres, das massas miseráveis, dos sem-terra e sem-teto, das “comunidades” e das minorias, da resistência ao capitalismo, passou a eleição inteira nadando em dinheiro. Não dá para entender como seria possível existir no Brasil dezenas de milhões de “fascistas”, e “nazistas”, e exploradores do “trabalho escravo”, sem que ninguém tivesse conseguido perceber isso até hoje. Não, não dá para entender nada. Mas não esquente a sua cabeça; não é mesmo para você pensar em coisa complicada. A imprensa internacional, que tudo vê e tudo sabe, está aí justamente para explicar.

J.R. Guzzo – Jornalista e colunista da Veja

—————————————————————–

Finalizando

“A política, quando gera corrupção na célula social, é um verdadeiro câncer que destrói toda a sociedade e os seus valores morais”

Pensamento de: Adelmar Marques Marinho

——————————————————————

Chega de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo

Acorda Brasil

SP-13/10/2018

Confira abaixo o programa “COLUNA DO FIORI”, desta semana, que foi ao ar em nosso canal do YouTube.

Nele, o ex-árbitro comenta assuntos, por vezes, distintos do que são colocados nesta versão escrita:

*A coluna é também publicada na pagina Facebook:  “No intervalo do Esporte”

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: