Advertisements
Anúncios

Náutico admite dívida com o Palmeiras, mas justiça manda retirar da conta juros “crefizenses”

Recentemente, o Palmeiras ingressou na justiça contra o Náutico, cobrando-lhe calote pela transação de empréstimo do jogador Patrick Vieira.

R$ 333 mil queria receber o Verdão.

O clube pernambucano admitiu a pendência em juízo, mas contestou, em embargos, os juros cobrados pelo clube.

A justiça então, ao debruçar-se sobre o contrato, deu razão ao Náutico, por conta de clausula condicionando o acréscimo à variação do IGPM, não ao preço cobrado pela equipe palestrina.

A dívida, que deverá ser paga nos próximos dias, caiu de R$ 333 mil para R$ 326,4 mil.

DESENHANDO: juros “crefizenses” é alusão aos 20% ao mês, cobrados pela patrocinadora do Palmeiras de alguns clientes que tomam da empresa dinheiro emprestado.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: